4 maneiras de otimizar seus anúncios no Google Adwords

Fala do Especialista - Thaíse Schmitz

Os anúncios voltados para o marketing digital são uma excelente maneira de atingir determinados grupos de pessoas de forma econômica.

Com as estratégias corretas, você pode gerar reconhecimento de marca, conquistar novos clientes e engajar consumidores que já não estão interagindo tanto com sua empresa.

No entanto, estas campanhas nem sempre funcionam como deveriam ou como você havia planejado inicialmente, certo?

Quando se trata do Google Adwords, a concorrência dos anúncios e outros fatores de qualidade influenciam ainda mais nos seus resultados.

A otimização de anúncios está diretamente ligada à entrega de resultados e essa é uma questão fundamental durante o período de leilão. Se você não atingir o ritmo necessário para estar entre o primeiro e terceiro lugar, você fica para trás. Muitas vezes, não importa quão rápido você corre e sim quanto tempo consegue permanecer correndo.

Trazendo para o campo do marketing digital e, especificamente, do Adwords, muitas vezes tão importante quanto estar em primeiro ou segundo lugar no ranking é aparecer, propriamente, quando seu cliente procurar pelo seu produto.

Se você — assim como eu — já passou pelo aperto de não conseguir maximizar os resultados e atingir a frequência necessária para que o público interaja com seu anúncio, não se preocupe. Aqui estão 4 maneiras de otimizar a entrega dos seus anúncios no Google Adwords.

1) Acompanhe diariamente suas veiculações

Na verdade, eu quis dizer que você deve olhar de hora em hora, ok? Mas eu sei que isso te assustaria — e estamos apenas na primeira dica.

Canais de mídia são diferentes e possuem diferentes particularidades. Se você vê seu anúncio no Facebook gerando diversos cadastros de contato, não ache — nem por um segundo — que o Google Adwords seguirá neste caminho.

O mesmo acontece caso você tenha gerado no mês passado 300 conversões a um Custo por Lead (CPL) de R$ 15,50 cada, por exemplo. Já neste mês o cenário pode ter mudado: novos players podem estar anunciando, os players antigos podem ter aumentado a verba, seu site perdeu rankeamento no Google, o Custo por Clique (CPC) das palavras-chave se tornaram mais caros por conta da sazonalidade, você tinha uma oferta especial que encerrou fazem 30 dias e… Você sabe, as coisas mudam e, infelizmente, nem tudo tem explicação.

Saiba o que fazer com leads originados do Google Adwords

Perceba se seus anúncios convertem mais por meio do celular ou do computador, sábados ou domingos e lembre-se de dar lances maiores para as cidades com melhor Custo por Conversão — caso você tenha uma grande segmentação.

As plataformas de anúncios atuais possuem um sistema de aprendizado incorporado com os dados que você fornece em conjunto com os resultados que você obtém com os anúncios. Dessa forma, elas passam a otimizar o desempenho da campanha.

O objetivo de acompanhar diariamente suas veiculações é justamente evitar surpresas no final do mês e ajudar o algoritmo a entender qual seu objetivo e como atingi-lo.

Se hoje for um dia ruim, amanhã poderá ser melhor. Do contrário, haja!

2) Melhore sua oferta

Pense comigo: você sai de casa para comprar uma nova geladeira e se depara com o mesmo preço em duas lojas diferentes. Os produtos são os mesmos, até onde você sabe… E então, qual você escolheria?

Para tomar uma decisão, você precisaria de mais informações, certo? Quais as opções de pagamento e parcelamento, como funciona a entrega do produto para o seu endereço e, principalmente, o que mais você poderia ganhar caso viesse a comprar na determinada loja.

Na internet, não é diferente. Existem diversas opções e ofertas e, ainda que seu anúncio seja hipersegmentado, você terá concorrentes. Por isso, se diferenciar é primordial para obter resultados satisfatórios.

Como você pode fazer isso? Inclua extensões de frases com o que sua empresa tem de melhor.

Só você tem aquele produto no seu estado? Diga ao seu consumidor que você é exclusivo. Você tem um portfólio imenso com diversos depoimentos interessantes? Mostre ao usuário que ele pode confiar em você.

Aumente seu valor com as extensões e descrições de anúncios e ainda, de quebra, melhore a qualidade e posicionamento médio das suas campanhas.

Leia também:

Como fazer uma boa campanha no Google Adwords

3) Melhore seus lances

Quando falamos de Rede de Pesquisa, os anúncios passam por uma disputa acirrada de “quem vai levar” o primeiro lugar e tudo tem um preço. Se você aumentar o lance das suas palavras-chave, sua campanha poderá permanecer competitiva no leilão por mais tempo.

Muitas vezes, o Google oferece a otimização dos anúncios por meio dos lances automáticos, o que elimina o processo de “adivinhação” sobre qual valor você deve colocar.

Porém, se você quer manter um controle mais rígido sobre seus gastos diários, recomendo que você inicie seus lances de forma manual e ligeiramente acima da recomendação média para a primeira posição.

[E-Book gratuito] Entenda o que sua campanha no Google Adwords precisa

4) Invista no seu criativo

Vamos falar a verdade. Às vezes, seus anúncios não são tão bons assim e, se o conteúdo do seu anúncio não for atraente como deveria, o Google Adwords terá dificuldade para veiculá-lo.

Quando você não estiver obtendo uma exibição de anúncios, suficiente para te manter numa boa posição, tente incorporar diferentes criativos de anúncios ao mix de conteúdo.

Experimente testar banners, vídeos e até mesmo GIFs. Às vezes, isso ajuda a empurrar as plataformas com a entrega, pois começam a trazer um melhor CTR e Taxa de Conversão.

Além disso, esses testes de imagens e chamadas ainda te permitem entender qual a peça criativa que representa melhor o seu negócio e, com o tempo, você poderá montar um banco com informações cada vez mais precisas sobre o que funciona — ou não — para o seu negócio.

Leia também:

Métricas de marketing digital: o que é preciso mensurar

e

10 KPIs que todo gerente de marketing deve acompanhar já

#FalaDoEspecialista

Thaise é publicitária e estrategista de mídias digitais. Formada em Comunicação Social e Pós-Graduada em Comunicação e Marketing Digital. Trabalhou por 9 anos em agências de publicidade e nos últimos 7 dedicou-se integralmente ao Marketing Digital.

Comentários