Como fazer meu site vender mais?

Vendas - Josué Cardoso

Não existe fórmula mágica para fazer seu site vender mais, porém, há sim algumas recomendações básicas que você deve seguir para que isso possa acontecer. É sobre essas recomendações que vamos falar neste artigo. 

Se o seu site está rodando a um bom tempo, mas as vendas e conversões parecem não chegar nunca, este artigo certamente vai te ajudar a mudar essa situação. Vamos lá!

 

Arrume a “casa”

Para vender mais, você precisa primeiro “arrumar a casa”, ou seja, descobrir quais são as deficiências do seu site e buscar solucioná-las. Os dados, neste caso, serão seus grandes aliados. Quantos visitantes você recebe? Quantos permanecem na sua página após abri-la? Não adianta tentar aumentar suas vendas, por exemplo, se o seu tráfego é muito baixo. 

Após realizar um diagnóstico dos gargalos do seu site, trace planos de ação para cada um deles. Crie campanhas com objetivos específicos – vender um produto, gerar leads, tráfego e conseguir assinaturas, mas não misture tudo numa coisa só. 

 

Aplique técnicas de copywriting no seu site

Se você deseja aumentar as conversões de venda do seu site, você precisa conhecer as técnicas de copywriting. Esta modalidade de escrita é focada em persuadir o leitor para realizar uma ação, neste caso, a de comprar. 

Uma landing page, por exemplo, página voltada para conversão, aliada a uma boa copy, pode garantir mais leads e vendas para o seu site, quando embasadas em uma boa estratégia de produção de conteúdo.  Portanto, recomendo que gaste um tempo estudando, praticando e testando técnicas de copywriting.

 

Este artigo pode ser útil para você: 

5 TÉCNICAS DE COPYWRITING PARA VENDER MAIS

 

Adote um design voltado para a conversão

O design é outro elemento que você não pode ignorar na hora de vender. Especialmente em suas landing pages, quanto menos informação visual, melhor. O objetivo do seu design deve ser sempre conduzir o usuário a uma ação. Por isso, se você encher seu layout de informações e imagens, o usuário pode ficar confuso e não converter. 

 

Veja o exemplo abaixo de uma landing page aqui da Eixo:

Como fazer meu site vender mais

 

Realize testes A/B nas landing pages

Uma das grandes vantagens do digital é poder coletar dados sobre tudo. Se você tem em mãos uma ferramenta capaz de metrificar as suas ações, por que não usá-la? É para isso que servem os testes A/B.

Esse tipo de teste consiste basicamente em lançar duas LP’s (landing pages) com pequenas diferenças de design, ou até texto, para averiguar após um certo período, qual converteu mais. 

Com os testes, você pode experimentar layouts diferentes, cores, CTA’S (as chamadas para ação), textos, tudo. O teste é fundamental para que você só adote estratégias que funcionem e não se guie por “achismos”. Se funciona ou não, você com certeza saberá após testar. Por isso, recomendo que sempre faça testes antes de adotar uma LP definitivamente. 

 

Inclua pop-ups em suas páginas mais próximas da conversão

Se você possui uma página de apresentação dos seus serviços, cases de sucesso, dentre outras possibilidades que indiquem um possível interesse do consumidor, crie pop ups de saída para elas. Isso significa que, quando o usuário indicar irá fechar a página, será impactado por um formulário para acionar a sua empresa. 

Aqui, o copywriting também é importantíssimo. Você pode usar apelos, como: “Antes de sair, preencha o seu cadastro para tirar todas as dúvidas com nossos consultores”, ou “Você desistiu? Cadastre-se para receber mais informações sobre nosso serviço”, dentre outras possibilidades.

 

Utilize técnicas de SEO

Nunca, jamais se esqueça de cumprir os requisitos mínimos de SEO! Hoje em dia, com tanto conteúdo, se você não tiver o mínimo para ser rankeado, dificilmente as pessoas vão encontrar seu conteúdo. 

O SEO é um conjunto de estratégias e técnicas que, quando implementadas em seu site, contribuem para que ele seja melhor ranqueado em mecanismos de busca como Google, Bing e Yahoo. Alguns dos elementos mais importantes são:

Palavras-chave

Fazer uma curadoria das palavras-chave mais buscadas no Google para dados temas é praticamente obrigatório. Caso contrário, você corre o risco de produzir um conteúdo sem demanda.  Se você possui uma concessionária e produz um artigo sobre o setor automobilístico para o seu site

Utilize ferramentas como o Semrush ou Google Trends para identificar as palavras mais buscadas e, baseado, nisso, crie um conteúdo rico, capaz de engajar seu público. 

Meta Description

A meta é aquela espécie de “resuminho” que fica embaixo do título do conteúdo nos resultados de busca do Google. Por incrível que pareça, ela conta muito para o rankeamento da sua página. Lembre-se de sempre colocar a palavra-chave na meta description! 

Link Building

Link Building nada mais é do que a ação de conseguir links externos para seu site ou página. Isso garante mais relevância para o conteúdo e aumenta o ranqueamento nos mecanismos de buscas.

URL

A URL é o endereço da sua página. Também é um item significativo para o rankeamento das ferramentas de busca. 

A palavra-chave do seu conteúdo precisa estar na URL, mas cuidado para não criar um endereço muito grande. Isso pode prejudicar o rankeamento. Veja o exemplo abaixo

Como fazer meu site vender mais?

 

É importante pontuar que o SEO, por si só, não vende, porém pode aumentar consideravelmente o tráfego em seu site. Mais tráfego significa mais público, mais leads e, portanto, mais oportunidades de venda. 

 

Acompanhe suas métricas com o Google Analytics

O Google Analytics é uma ferramenta indispensável para monitorar a performance do seu conteúdo. Com ele é possível identificar visitas, taxas de rejeição, o tempo média que as pessoas passam em sua página, além de vários outros indicadores. Dessa forma, você está sempre a par de como está o desempenho do site e o que precisa ser ajustado. 

 

E agora?

Como eu falei antes, cada negócio tem sua particularidade e uma infinidade de variáveis, porém, essas práticas se aplicam a qualquer estratégia de venda online. Mas é claro, essas técnicas só vão funcionar se você cumprir os pré-requisitos básicos do marketing digital: produzir conteúdo relevante que engaja, aumentar o tráfego e conseguir uma base sólida de leads. 

Portanto, se você já passou por toda essa estruturação inicial, tenho certeza que quando aplicar o que eu te mostrei nesse artigo, suas vendas irão aumentar. Mas não se esqueça: no Inbound Marketing os resultados são gradativos e exigem paciência, especialmente no início. 

 

Adote as melhores práticas, acompanhe as métricas do seu site e faça ajustes onde for necessário. Mantenha firmemente esses processos rodando e em algum tempo você começará a ver os resultados. 

Espero que esse artigo possa te ajudar a aumentar suas vendas. Até a próxima!

 

Leia também:

COMO AVALIAR O DESEMPENHO DE UM SITE?

5 DICAS FUNDAMENTAIS PARA AUMENTAR AS VISITAS NO SEU SITE

COMO AUMENTAR O TRÁFEGO ORGÂNICO DO SITE COM INBOUND

Comentários