Marketing Digital para Médicos: guia com dicas de como fazer

Marketing Digital - Raphael Caitano

Hoje em dia já não há mais dúvidas sobre a importância que as estratégias de marketing digital para médicos têm para definir o sucesso de um consultório, clínica ou hospital. Trabalhar bem a presença da sua marca no meio digital é o que fará a diferença para atrair mais pacientes.

No entanto, na área da saúde e da medicina, é necessário ter uma atenção especial na hora de fazer o marketing digital, pois é um campo mais complexo e sensível, comparado a outros segmentos.

O marketing médico tem regras e estratégias diferentes do marketing tradicional: descubra quais são e como pode começar, hoje mesmo, a aplicar o marketing médico na sua carreira ou clínica neste artigo!

Marketing Tradicional: o que é?

De uma forma bem simples, podemos definir o marketing tradicional como a comunicação de uma empresa por meio de meios offline. Porém, esse tipo de marketing está mais do que ultrapassado! Algumas estatísticas que comprovam isso:

  • Entre 2004 e 2014 a maior emissora de televisão do Brasil, a rede Globo, foi de 21,7 pontos para 13,5 em pontos de audiência média, o que equivale a uma perda de 38% de audiência. Já a SBT, que também está entre as maiores emissoras de televisão, perdeu 33% de sua audiência no mesmo período.
  • Enquanto as grandes emissoras perdiam audiência, os canais de TV paga e os regionais cresceram mais de 260%.
  • Mais de 500 000 números de telefone estão cadastrados no Procon para não receber ligações de telemarketing só no estado de São Paulo.

Marketing Digital: a inovação e realidade atual

Enquanto o marketing tradicional está caindo, o marketing digital não para de crescer:

  • Segundo pesquisa a pesquisa Social Media Trends, divulgada em 2019, mais de 90% das pessoas acessam as redes sociais todos os dias e quase 40% gastam mais de 4h por dia nas redes.
  • Segundo a  Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, em 2014, os brasileiros com mais de 16 anos passaram mais de 3 horas por dia na internet.
  • Segundo  a comScore, 74% dos brasileiros pesquisam na internet sobre produtos e ou serviços antes de adquiri-los.

Leia também:

Quanto custa Marketing Digital X Tradicional? Vale a pena hoje?

Tudo isso não deixa dúvidas de que o marketing digital é essencial para médicos, clínicas e hospitais que desejam atrair mais pacientes hoje. Mas como  é que esse marketing digital pode ser aplicado no marketing médico?

Marketing Médico: o que é exatamente?

Quando falamos de marketing médico, falamos da aplicação do marketing digital no setor da saúde. A criação de conteúdos exclusivos para o digital permite o aumento da visibilidade do seu negócio a pacientes que estão à procura dos seus serviços.

Anos atrás, a área da saúde era completamente diferente: os hospitais não tinham que ficar competindo por pacientes da mesma forma que negócios em outros setores competiam por clientes.

Agora a situação é diferente: potenciais pacientes pesquisam na internet por hospitais, planos de saúde, médicos ou especialistas, antes de entrar em contato com o serviço médico.

É essencial que qualquer área da saúde invista no marketing digital. No entanto, o marketing médico tem implicações diferentes e regras diferentes do marketing digital de outras área. Confira algumas orientações abaixo nas nossas dicas especiais.

Marketing Digital para Médicos: 5 dicas essenciais para começar a colocar em prática

Para além da criação de conteúdos escritos, existem várias formas de posicionar o seu negócio (clínica ou hospital) ou especialidade médica na Internet:

1 – Crie uma pagina em uma rede social

Isso está relacionado com a estatística que colocamos mais acima: mais de 90% das pessoas acessam as redes sociais diariamente. Sendo assim, manter uma página oficial do seu hospital, consultório médico ou clinica em alguma rede social é importante para que os seus serviços sejam vistos e encontrados pelos usuários.

Em dúvida sobre qual a rede social ideal para a sua marca? Esclareça neste outro artigo:

Como usar as redes sociais a favor da sua estratégia de Marketing Digital?

2 – Atualização

Um dos aspetos mais importantes do marketing médico é a atualização! Se a última publicação da sua página foi feita meses atrás é bem provável que o usuário duvide que o seu negócio ainda exista.

Aprenda mais em:

Como divulgar sua clínica nas mídias online

3 – Crie um website para o seu Hospital, consultório médico ou clinica

74% dos brasileiros pesquisam na internet antes de contratar um serviço ou comprar um produto. Ter um website oficial é uma das bases de uma estratégia de marketing médico. Tenha um website bem feito que cause uma boa primeira impressão nos seus clientes em potencial.

Leia também:

Preciso de um site: 6 perguntas que você deve se fazer antes de criar um

4 – Otimize o seu website para SEO

Sempre que alguém faz uma pesquisa em um site de busca como o Google, uma lista de sites é apresentada. O SEO é o conjunto de técnicas que ajudam a posicionar melhor o seu site nessa lista de resultados para uma determinada palavra-chave. Sendo assim, quando alguém procurar por “Hospital na Cidade X” ou “Clinica de ortopedia na cidade Y”, o site que tem o melhor SEO para essas palavras-chave é o mais provável de aparecer em primeiro lugar na lista de resultados.

E qual a importância no marketing médico de ser primeiro nessa lista de resultados? De acordo com pesquisas, o primeiro site da lista de resultados recebe 34% dos cliques enquanto o segundo site já só recebe apenas 2,4% dos cliques.

Estes outros artigos podem te ajudar a colocar em prática essa dica:

Palavras-chave: o que são e como usá-las na prática

Como o SEO pode colocar a sua empresa na primeira página do Google

5 – Seja ético ao aplicar o seu Marketing Digital para Médicos!

Lembre-se de manter a ética quando aplicar uma estratégia de marketing médico! O setor da saúde é um setor bem sensível e no qual precisa de seguir algumas regras:

  • Nunca use termos como “o melhor” ou “o único que oferece” pois são contra as recomendações do Conselho Federal de Medicina.
  • Nunca garanta resultados – a promessa médica é perigosa e extremamente inadequada na no marketing médico
  • Sempre se identifique como o responsável pelo conteúdo e nunca divulgue informações incorretas – confirme sempre todas as suas fontes!
  • Sempre que fizer publicidade direta, siga as regras e conselhos do Manual de Publicidade Médica do Conselho Federal de Medicina.

Saiba mais em:

Marketing Médico: o que é permitido fazer com base na Lei?

Conclusão

O poder do marketing digital não pode ser ignorado e deve ser usado inclusive no setor da saúde. Comece a aplicar o marketing digital para médicos no seu negócio para aumentar a sua visibilidade e referência no mercado. O nosso Guia do Marketing Digital para clínicas e hospitais foi criado para o ajudar a perceber qual a melhor estratégia de marketing digital a aplicar ao seu negócio médico.

Clique aqui e baixe gratuitamente o nosso Guia do Marketing Digital para Clínicas e Hospitais

Os tempos mudaram: clínicas, hospitais e consultórios médicos precisam disputar por pacientes como as entidades em outras indústrias fazem. Fique na frente nessa corrida e vá com tudo para cima do marketing médico!

Leia também:

Comentários