O mundo virtual tem ganhado força a cada ano que passa. A conexão com a internet é quase obrigatória e faz parte de diversas horas do cotidiano das pessoas, seja no trabalho, nos estudos ou em momentos de lazer. E é justamente por isso que o Inbound Marketing é tão importante na atualidade e deve ser empregado pelas empresas que querem se destacar da concorrência.

O que é Inbound Marketing?

O termo Inbound Marketing, traduzido livremente, significa “Marketing de Atração”. Tal definição vem do fato de esse conceito ser criado por um conjunto de estratégias que fazem com que potenciais clientes cheguem até a empresa de maneira voluntária, diferentemente do que acontece no Marketing Tradicional.

Todas as ações que compõe o uso do Inbound Marketing têm como premissa a educação de internautas que, depois de passarem por algumas etapas do Funil de Vendas, poderão vir a estar aptos para realizar compras.

Os investimentos feitos nesse tipo de estratégia são importantes porque o comportamento do consumidor mudou muito nos últimos tempos, e a tentativa de empurrar uma mensagem para eles, sem personalização e por meio de uma ação de massa, tornou-se bastante ineficaz.

O que conta agora é a autoridade da marca no segmento em que atua, o bom relacionamento que desenvolve e a solução que é chamada de dor da persona.

O que é Persona e por que preciso de uma?

Diferentemente de público-alvo, a persona é uma representação semirreal de um cliente ideal. Isso significa que quando construída, são observados elementos de clientes reais e de potenciais consumidores que são objeto de desejo da empresa.

Para defini-la, normalmente observa-se características como idade, sexo, formação acadêmica, função exercida, comportamentos diários, dores (problemas enfrentados no dia a dia) e objetivos.

Ter a persona definida em uma estratégia de Inbound Marketing é fundamental para que as ações propostas sejam acertadas e eficientes. Mas não é somente nesse segmento que elas ajudam. Para desenvolver novos produtos e serviços, vender melhor e até mesmo para criar novos posicionamentos de mercado, ter clareza quanto à persona é muito importante.

Ferramentas de Inbound Marketing

Para que cada etapa de ações desenvolvidas no ambiente virtual sejam feitas de forma profissional, é necessário contar com uma série de ferramentas que tornam a efetividade das estratégias mais assertivas. Confira abaixo algumas das principais usadas por quem trabalha na área.

Criação de páginas na web

Considerada uma das ferramentas mais usadas em Inbound Marketing, o WordPress é um sistema de gerenciamento de conteúdo web, que permite a criação, o monitoramento e arquivação de sites e blogs. Com o programa é possível criar também lojas virtuais, revistas eletrônicas, jornais virtuais, dentre outros.

E-mail

A personalização do contato e a manutenção de um bom relacionamento entre marca e persona são duas ações importantes na estratégia de Inbound Marketing. Por isso, contar com um e-mail institucional otimizado com as boas práticas é essencial para complementar as ações das outras ferramentas.

Automação de Marketing

O RD Station é uma plataforma de automação de marketing desenvolvida no Brasil e tem por objetivo ajudar profissionais da área a dinamizar a atividade e a trazer inteligência para as ações propostas.

Com a ferramenta é possível criar fluxos de nutrição, enviar e-mails personalizados, identificar páginas mais visitas em um site, dentre outras funcionalidades que são essenciais para o aprimoramento de estratégias de Inbound Marketing.

CRM

Ferramentas de CRM como o Pipedrive e Runrun.it ajudam gestores e vendedores no desenvolvimento estratégico do contato com potenciais clientes. E quando associadas a outras ferramentas do Inbound Marketing, tornam o processo de faturamento ainda maior.

Monitoramento de resultados

A grande potencialidade do Marketing Digital está nas ferramentas que permitem acompanhar resultados de campanhas em tempo real.

A otimização dos resultados é bastante favorecida quando recursos do RD Station e do Google Analytics, por exemplo, são usados para compreender o comportamento do usuário. Por isso, vale a pena buscar os melhores recursos e usados de maneira constante.

Pesquisas de palavras-chave

Google AdWords e Keyword Tool são duas ferramentas de Inbound Marketing que devem ser usadas para pesquisas de palavras-chave. Com elas é possível ter insights importantes sobre como as pessoas fazem buscas na web e sobre quais expressões usar em cada etapa do Funil de Vendas.  

Inbound Marketing: entenda a metodologia

5 livros sobre Inbound Marketing

Para quem deseja conhecer mais sobre Inbound Marketing, nada melhor do que a leitura de conceitos livros da área. A seguir, conheça nossas melhores indicações!

1 – Convert! Designing Web Sites to Increase Traffic and Conversion de Ben Hunt

Ter um site bonito e atraente não é o suficiente para atrair visitantes e aumentar o número de vendas. Para que os resultados do Inbound Marketing sejam satisfatórios, é preciso unir programação, design, layout e conteúdo de forma a converter usuários da internet em clientes.

E é justamente sobre isso que trata o livro nas 312 páginas. Nele o autor ensina como transformar um site em uma verdadeira ferramenta de conversão.

2 – Inbound Marketing: seja encontrado usando o Google, a Mídia Social e os Blogs de Brian Halligan e Dharmesh Shah

Os autores são os criados do HubSpot, famosa plataforma de automação de marketing.  No material é  abordado o conceito de Inbound Marketing e discutidas estratégias para atrair, converter e vender tendo como base a presença digital.

3 – The New Rules of Marketing and PR de David Meerman Scott

O autor aborda no livro a pluralidade atual oferecida pelas ferramentas e técnicas do Marketing, e ensina como falar de forma estratégico com os internautas.

Scott ainda fala sobre a importância das palavras-chaves, criação de personas, participação em fóruns e demais atividades do Inbound Marketing.

4 – Obrigado pelo Marketing de Vitor Peçanha

Um dos fundadores da Rock Content aborda no livro conceitos práticos sobre conhecimentos necessários para quem deseja fazer Marketing Digital de maneira profissional.

O foco do material é no Marketing de Conteúdo, especialidade do autor. Porém, outras particularidades do Inbound Marketing são abordadas para que o leitor consiga ter resultados reais.

5 – Do it! Marketing de David Newman

Quem já trabalha com marketing sabe sobre a importância do planejamento para que os investimentos feitos tragam retornos efetivos. E é a partir dessa ideia que o autor mostra um passo a passo de 21 dias para desenvolver um Plano de Marketing.

Além disso, o autor também oferece outras 77 dicas para conseguir o direito de conversar com um lead e mostrar a ele as soluções oferecidas por um negócio.

Quem pode investir em Inbound Marketing?

Qualquer pessoa ou empresa que tenha como objetivos ser autoridade em um assunto, aumentar as vendas de um produto ou serviço e desenvolver um relacionamento sadio com clientes e potenciais consumidores, deve investir em Inbound Marketing.

Porém, algumas áreas, como a da saúde, possuem diretrizes específicas que devem ser levadas em consideração antes do desenvolvimento de ações de marketing e comunicação, dentro ou fora da web.

O Marketing Médico, por exemplo, possui especificidades que precisam ser consideradas para que o regulamento da profissão não seja deixado de lado. E é por isso que é tão importante contar com o apoio de profissionais qualificados para o desenvolvimento de ações eficazes.

Entenda o Inbound Marketing por meio do Funil de Vendas

Para que a estratégia de Inbound Marketing funcione é preciso que ela siga uma sequência lógica, que é conhecida por meio da imagem de um funil. Tal item é composto por 5 fases que consistem em atrair, converter, relacionar, vender e analisar. Entenda melhor cada uma delas.

Atrair

O processo de atração começa na boca do Funil de Vendas, que  é claramente percebida por ser mais larga do que as demais áreas da estrutura. Isso significa que um número maior de pessoas estará nela e passará, de acordo com o momento de compra de cada um, pelas demais etapas.

A ideia aqui é a de que um site sem visitas é uma página sem Leads que, consequentemente, não traz vendas. Por isso a importância de ser visto. E como o Marketing Digital é diferente do Marketing Tradicional pelo fato de fazer com que as pessoas cheguem até as empresas e não o contrário, atrair visitantes é fundamental.

Para isso, é preciso investir nas seguintes ações:

  • Desenvolvimento de blog com estratégias de Marketing de Conteúdo para levar informações de qualidade sobre o segmento de negócio da empresa atraindo, de maneira voluntária e orgânica (sem pagar por anúncios) compradores potenciais.
  • Empregabilidade de técnicas de SEO para que os conteúdos desenvolvidos possam vir a aparecer em melhores posições nos mecanismos de busca como o Google. Tais ações consistem no uso de palavras-chave, URL´s otimizadas, melhorias na experiência do usuário, tamanho, qualidade e formatação de conteúdos, etc.
  • Investimentos em Links Patrocinados, isto é, em anúncios pagos, para impulsionar o acesso ao site e às conversões. Podem ser feitos no Google ou nas Redes Sociais. O importante aqui é definir o orçamento e pesquisar bem as palavras-chave.  
  • Presença nas Redes Sociais para divulgar as publicações, compreender melhor a persona e começar a desenvolver um relacionamento com os internautas. Sendo o Brasil um dos países onde as pessoas passam mais tempo nas redes sociais, estar presente nelas não é uma opção, mas sim uma necessidade. De todas, a que comumente recebe melhor todos os segmentos é a do Facebook. Porém, outras devem ser estudadas para verificar a viabilidade de usá-las para encontrar a persona.

Converter

Para ir adiante no processo de vendas é preciso que o simples visitante do site se torne um Lead, isto é, que ele troque dados pessoais por um conteúdo relevante.

Dentre os mecanismos usados nesta etapa do Funil de Vendas estão:

 

  • Criação de Materiais Ricos, também conhecidos como Iscas Digitais, que podem ser e-books, infográficos, vídeos, webinars, etc.
  • Desenvolvimento de Landing Pages, que são páginas que possuem basicamente CTA´s e formulários, são necessárias para a conversão de visitantes em leads. O layout, a navegabilidade e o conteúdo delas precisam ser criados de maneira profissional para captar a atenção do leitor e conseguir com que ele troque as informações pessoais por um dos materiais ricos.
  • Produção de Formulários antes da conclusão de um CTA. Encontrado nas landing pages, as perguntas contidas nele devem ser direcionadas para que seja possível realizar, posteriormente, a definição do Lead Scoring.
  • Aplicação de técnicas de Otimização de Conversão para que a experiência do usuário da página seja a melhor e o faça agir conforme o esperado – ou seja, virar um lead! Nessa etapa entram a URL amigável, a escaneabilidade do conteúdo, a disposição de CTA´s e de banners em locais visíveis do site, etc.
  • Definição do Lead Scoring, que significa atribuir pontos para cada pessoa que se tornou Lead de forma a identificar em qual estágio da compra ela se encontra.

Relacionar

Não é porque existem etapas claras no Funil de Vendas que todos os potenciais clientes passam por elas de forma linear. Alguns podem chegar até uma empresa mais próximos do momento de compra, enquanto outros precisam trilhar longos caminhos.

Para todos eles é importante que a organização se faça presente e, para isso, é preciso estar em frequente contato com os internautas.

Os meios usuais de uma ação dentro da etapa de relacionamento são:

  • O envio de E-mail Marketing com assuntos promocionais, newsletters, artigos, dentre outros é fundamental para que a marca da empresa esteja sempre na mente do internauta. A ferramenta pode ser usada tanto de maneira informativa, quanto institucional e até mesmo comercial. A estratégia é quem vai ditar o melhor conteúdo e layout da mensagem.
  • O uso da Automação de Marketing como ferramenta para diminuir custos, aumentar as vendas e mensurar os resultados é uma necessidade de quem quer ter destaque perante à concorrência, diminuir gastos e potencializar resultados. Esse investimento é simples e, se usado corretamente, garante boas vendas.
  • E a Nutrição de Leads, que são disparos de e-mails estratégicos com uma sequência lógica e complementar de ações que farão com que o leitor fique ainda mais próximo da decisão de compra.

Vender

Nessa etapa não existem muitos diferenciais. O importante aqui é entregar ao cliente o melhor produto ou serviço conforme foi anunciado em todo o desenrolar da ação.

Mas é relevante ressaltar que a experiência do consumidor prossegue e, portanto, quanto melhor ela for, mais vezes ele retornará para adquirir outros itens. Para isso:

  • O uso de um CRM é indicado para ter acesso rápido e fácil a informações que ajudarão o vendedor na hora de finalizar um pedido de compras.  
  • A produção de um Relatório de Vendas é importante para posterior análise e identificação de melhorias no processo de venda.  

Analisar

Ser capaz de comprovar o retorno sobre os investimentos feitos é um dos diferenciais mais bem vistos do Inbound Marketing. E a possibilidade de analisar os resultados mesmo antes de as campanhas terminaram potencializa, como já foi dito, ainda mais a aplicação dos recursos.

Vale lembrar que não é necessário esperar o fim de uma ação para colher os frutos e identificar falhas. É possível avaliar em tempo real cada comunicação feita e, assim, fazer os ajustes necessários para que as métricas sejam as melhores.

Existem vários recursos que devem ser usados nesta etapa, como por exemplo, o Google Analytics e o RD Station.

O que é Marketing de Conteúdo e qual a sua importância no Inbound Marketing?

 

Uma estratégia de Marketing de Conteúdo baseada no desenvolvimento de conteúdo relevante que tem como objetivo atrair voluntariamente pessoas para o site da empresa de forma a envolvê-las e a gerar valor.

Por meio da aplicação correta de técnicas de SEO e de conteúdos interessante para a persona, é possível ter uma posição melhor nos mecanismos de busca da web e, assim, fazer com que mais pessoas conheçam a marca da empresa.

Quanto à importância do Marketing de Conteúdo no Inbound Marketing, pode-se dizer que a base da busca orgânica se concentra nesse tipo de ação e está direcionamento relacionado ao papel de um blog.  

Motivos para investir em Inbound Marketing

Ao longo das explicações, já ficou claro os motivos pelos quais investir em Inbound Marketing é fundamental. Mas para que não restem dúvidas, aqui vai uma lista das principais vantagens oferecidas pela técnica.

Entender que o comportamento do consumo mudou

A internet permite que a comunicação circule rapidamente e que qualquer informação, quando bem pesquisada, seja encontrada na mesma velocidade. Por isso, consumidores de todos os nichos a usam para pesquisar preços, selecionar marcas, ver a opinião de outros consumidores e até mesmo para comprar.

Sendo assim, investir em Inbound Marketing torna-se necessário para que a imagem da organização seja a melhor e para que a empresa seja encontrada com facilidade por quem a procura ou busca pelos bens e serviços oferecidos.

Mensurar a estratégia é mais fácil

Um dos grandes diferenciais entre o Inbound Marketing e o Marketing Tradicional é que no segundo as ações desenvolvidas não são possíveis de ser mensuradas com tanta precisão quanto na primeira.

Para entender melhor: é possível saber quantas pessoas leram o anúncio de uma revista? A resposta é, claramente, não! Agora, tem como saber quantas vezes um blog post foi lido? Sim, é possível!

Aprimorar as ações em tempo real

Justamente pelo fato de a mensuração de resultados ser mais precisa no mundo virtual do que no mundo real é que é possível ajustar ações que não estão sendo efetivas com mais rapidez.

Monitorar os resultados de uma campanha, por exemplo, está a um clique das mãos. Assim, saber o que precisa ser alterado para que os resultados sejam melhores e fazer tais modificações fica fácil.

Desta forma, o dinheiro investido na atividade é gasto com mais qualidade, e nem ele, nem o tempo destinado à ação são perdidos.

Ser autoridade em um assunto é necessário

Ter credibilidade é essencial para fazer com que uma marca seja escolhida em detrimento da outra. E como já foi dito anteriormente que os consumidores têm pesquisado na internet as empresas antes de optar por uma delas, é que investir em Inbound Marketing se faz tão importante.

Por meio da produção de conteúdo, da interação, do posicionamento e do relacionamento criados é que as pessoas identificam uma empresa comprometida com que o entrega aos clientes de outra que negligencia a qualidade e o respeito ao consumidor.

Existe uma diversidade imensa de razões pelas quais ter uma estratégia de Inbound Marketing é fundamental para o sucesso de um negócio. Mas para que os aportes feitos tragam resultados é preciso que as atividades sejam desenvolvidas por profissionais qualificados.

Inbound Marketing: entenda a metodologia

Por que contratar uma Agência de Inbound Marketing?

A resposta para essa pergunta foi basicamente respondida acima. Para ter retorno sobre os investimentos feitos na web é necessário contar com pessoas que realmente entendam sobre estratégias de Inbound Marketing.

Um erro comum vivenciado em várias organizações é o de pensar que qualquer um consegue executar uma ação de marketing na internet pelo fato de que quase todo mundo usa as plataformas disponíveis nesse espaço de maneira pessoal.

Cometer tal equívoco é jogar tempo e dinheiro fora. E para não correr esse risco, entenda por que contratar uma Agência de Inbound Marketing é importante!

Participe das tendências

Uma Agência de Inbound Marketing sempre estará por dentro das principais tendências da área e, com isso, conseguirá oferecer os serviços em primeira mão para que uma empresa tenha destaque no ambiente virtual.

Conte com profissionais qualificados

As ações do blog, das redes sociais, do site e tantas outras serão desenvolvidas com competências técnicas, e não com achismos.

Entenda cada etapa do investimento

Com uma agência qualificada é possível compreender e acompanhar cada etapa do processo e saber, com assertividade, para onde o dinheiro está indo!

Compreenda os motivos de contratar uma estratégia completa

Existe no mercado muitas pessoas que trabalham somente com uma atividade do Marketing Digital, como o anúncio em Google AdWords, por exemplo, e que querem vender o serviço como estratégia mais eficiente para promover um negócio na web.

Ao contar com uma agência qualificada, ações globais serão indicadas a partir dos objetivos a serem alcançados. Isso significa que toda uma base de ações será criada para que a presença virtual seja a melhor e a mais eficiente para impactar as vendas.

 

Comentários