SEO para clínicas:

como estar no topo do Google?

Como informação, estar na primeira página do Google é fundamental para atrair cliques e oportunidades para sua clínica e, para conseguir isso, você precisa entender o que é SEO para clínicas e como isso pode te levar ao topo do Google.

Nos próximos parágrafos a gente te explica tudo isso e como usar essa estratégia a favor do seu negócio.

Conteúdo em vídeo →

Somos a Agência Eixo Digital, especialistas em gerar oportunidades para empresas da saúde há quase 10 anos. Caso você queira conversar e saber como podemos ajudar seu negócio, acesse nosso site para saber mais ou clique no link abaixo para receber um contato de nossos especialistas.

Quero saber mais →

Por que é fundamental estar na primeira página do Google?

SEO está diretamente ligado a aparecer nas primeiras posições nos resultados do Google. Mas por que isso é tão importante?

Uma ampla pesquisa realizada pela plataforma digital Backlinko, analisou mais de 4 milhões de resultados de buscas no Google e observou dados extremamente importantes, como:

• Quem ocupa o primeiro lugar na página de resultados do Google recebe mais de 30% do total de cliques dos usuários.

• Estar na primeira posição aumenta em 10 vezes a probabilidade de ser clicado.

• Os três primeiros resultados ficam com 75% de todos os cliques.Da 6a para a 1a colocação, cada posição acima aumenta em 30% a taxa de cliques.

• Os resultados da segunda página recebem apenas 0,78% dos cliques.

SEO para clínicas: o que é e como fazer?

Em tradução livre do inglês, SEO significa “otimização para mecanismos de busca”, ou seja, trata-se de fazer ajustes em seu site e conteúdos web para aumentar as chances de aparecer em mecanismos de busca como o Google, YouTube e até redes sociais.

Afinal, essas plataformas definem certos critérios de qualidade e ajustes técnicos – chamados de fatores de ranqueamento – que, quando são atendidos, fazem com que elas avaliem os conteúdos como mais úteis, relevantes e acessíveis para os usuários que procuram por eles.

Trata-se de questões técnicas, mas para tornar mais familiar à linguagem médica que você tanto conhece, vamos relacionar alguns fatores de SEO a partes do corpo humano:

Conteúdo: o coração

Não por acaso começamos a listar os fatores de SEO mais relevantes pelo conteúdo, pois esse é o mais importante de todos.

A qualidade das informações que você oferece aos usuários é o que há de mais precioso, pois daí virão as respostas (ou não) que eles procuram. E os mecanismos de busca sabem disso!

Aliás, a base de todo mecanismo de busca é responder dúvidas e trazer informações úteis. E como isso é feito: através de conteúdos de qualidade e que tragam as respostas que as pessoas precisam.

Por isso comparamos o conteúdo ao coração: pois é o órgão que torna possível o funcionamento de todas as estruturas do corpo.

👉E para você aprender como produzir conteúdo de qualidade, disponibilizamos um compilado cheio de ideias para você montar sua estratégia.

Confira clicando aqui →

Estrutura de códigos: a coluna vertebral

Outro aspecto extremamente importante é a estrutura de códigos do site. Esses códigos são essenciais tanto para o funcionamento quanto para a aparência do site.

Além disso, essa estrutura de códigos precisa estar organizada de tal forma que facilite a avaliação do algoritmo do Google para entender os conteúdos, os assuntos de que seu site trata, a hierarquia das informações e assim por diante.

Códigos desorganizados ou que não sigam as melhores práticas vão prejudicar a experiência dos visitantes e penalizar seu site perante o Google.

Podemos comparar essa estrutura à coluna vertebral, que também precisa estar bem alinhada para dar sustentação a todo o corpo e garantir o funcionamento dos órgãos.

👉Quer fazer um diagnóstico do seu site agora mesmo e saber como anda a “saúde” dele, em relação ao SEO? Para isso você pode usar esta ferramenta da Semrush. Basta digitar o endereço do seu site na barra de pesquisa e clicar no botão verde.

Ver mais conteúdo ↓

Blog

Marketing Médico:

o Guia Completo para a Clínica

Conteúdo completo →

Experiência do Paciente:

Como Melhorar Na Sua Clínica?

Conteúdo completo →

Conteúdos