Publicidade médica: veja o que mudou com a nova resolução do CFM 2023

Com toda a revolução digital que ocorreu – e vem ocorrendo – nos últimos anos, especialmente por conta da internet e das redes sociais, médicos e empresas da saúde se ressentiam das inúmeras limitações impostas por conselhos (especialmente o Conselho Federal de Medicina) para divulgação de seus serviços e produtos.

Felizmente, após mais de 3 anos de discussão, consultas públicas, webinários do setor e de ouvir as demandas de profissionais e das sociedades médicas, o CFM atualizou as regras para publicidade médica, trazendo uma resolução mais compatível com o momento atual da medicina, com a Resolução 2.336, de 2023.

Se você é médico ou responsável por algum estabelecimento da área da saúde, este conteúdo especial que preparamos é para você!

.

Principais mudanças da resolução 2023 do CFM

Para irmos direto ao ponto, sem enrolação, vamos aos pontos que mais exigem sua atenção, seja você um profissional autônomo ou dono/gestor de clínica, laboratório, consultório ou hospital.

Confira os principais:

1. O que deve constar em suas peças de divulgação (PF ou PJ)

Para os profissionais da área médica, deve constar obrigatoriamente as seguintes informações:

  • Nome do profissional
  • Seu número de inscrição no conselho regional de medicina do seu estado onde exerce suas atividades, constando a expressão “médico”
  • Especialidade e/ou área de atuação (que tenha registro no CRM), com o devido número do RQE

Já para estabelecimentos da área saúde (hospitais, clínicas, laboratórios ou consultório), deve constar obrigatoriamente as seguintes informações:

  • Nome do estabelecimento
  • Número de cadastro ou registro no CRM
  • Nome do diretor-técnico e seu número no CRM
  • Caso seja um estabelecimento de especialidade (dermatologia, neurologia, etc.), é obrigatório constar o registro de qualificação de especialista (RQE) do diretor-técnico.

>>> Veja também: Pirâmide de Chet Holmes: Como Aplicar no Seu Marketing

.

2. Diferença entre especialidade e pós-graduação

Nas resoluções anteriores do CFM, havia a vedação à menção de cursos de pós-graduação por parte de profissionais da área médica, para evitar confusão entre especialização e especialidade médica. 

Com a resolução 2.336, agora médicos podem anunciar esse tipo de qualificação em determinada área, mas deixando claro que isso não configura uma especialidade médica, para isso devendo constar a expressão “não especialista”.

Já para médicos especialistas, deverá constar seu número de qualificação de especialista (RQE) registrado no conselho regional de medicina do estado onde atua.

.

3. Imagens do tipo “antes e depois”

Um dos pontos mais demandados por profissionais, especialmente por aqueles que atuam com procedimentos estéticos, era a vedação ao uso de imagens que mostrassem os resultados obtidos com seus pacientes, comparando como eram e como ficaram após as intervenções.

Isso agora é possível, mas o profissional ou o estabelecimento médico precisam se atentar para alguns detalhes, como:

  • O tipo de divulgação feita pelo médico deve estar relacionada à sua especialidade registrada, e a imagem não pode parecer meramente uma promessa de resultados. Para isso, deve vir acompanhada de texto informativo, falando sobre as indicações terapêuticas do procedimento em questão, bem como os possíveis riscos.
  • As imagens divulgadas não podem ter sido digitalmente manipuladas, a fim de parecerem mais visualmente apelativas.
  • Os pacientes mostrados devem ter sua identidade preservada, tanto na imagem quanto em possíveis textos e legendas.

.

.

4. Uso de selfies ou vídeos próprios

Por mais que pareça estranho, antes da atual resolução, não era permitido a médicos(as) fazerem selfies ou vídeos mostrando a si mesmos, dentro do consultório e divulgar nas redes sociais, por exemplo. A resolução atual permite a prática, inclusive apresentando sua equipe.

Pela Resolução 2.336/2023 profissionais também podem fazer imagens e vídeos apresentando os equipamentos e tecnologias que utiliza, mas utilizando portfólio de produtos aprovado pela Anvisa e autorizados pelo CFM.

Ah, e também não pode haver informações que sugiram que esses equipamentos e tecnologias sejam “as melhores”.

>>> Veja também: Recepção de Clínicas: Como Treinar Seu Time

.

5. Divulgar elogios recebidos

Pela resolução do CFM em 2023, agora é permitido a profissionais divulgarem ou repostarem elogios recebidos de pacientes – ou mesmo celebridades – que ele tenha tratado.

No entanto, os elogios repostados não podem sugerir que o(a) profissional seja superior ou melhor que outros médicos nem que os possíveis resultados mencionados induzam a promessa de resultados para outras pessoas.

.

6. Filmar procedimentos médicos

Quando esse registro é feito pelo(a) próprio(a) médico(a), é permitido e pode ser divulgado, desde com a devida autorização do paciente e respeitando critérios éticos.

Já quando o registro é feito por terceiros, isso só é permitido no caso de partos, continuando vedada a filmagem de qualquer outro tipo de procedimento médico.

.

7. Divulgação de valores

Até a última resolução do Conselho Federal de Medicina, médicos(a) e estabelecimentos da saúde não eram autorizados a divulgar os valores cobrados pelos atendimentos.

A partir de agora é permitido divulgar os valores das consultas, bem como os meios (cartão de crédito, Pix, dinheiro) e possíveis formas de pagamento.

Também é permitido agora anunciar possíveis descontos e promoções, mas continua proibida a prática da “venda casada” e realização de premiações (“faça isso e ganhe uma consulta grátis”).

.

8. Atividade comercial

A última resolução do CFM permite aos médicos investirem em atividades comerciais relacionadas à medicina, porém veda a participação naquelas que gerem conflitos com sua atuação, como ter participação em laboratórios ou farmacêuticas para os quais ele encaminhe os pacientes. 

.

9. Divulgação de boletins médicos

Também houve uma divulgação mais clara do CFM quanto à divulgação de boletins médicos. Segundo a nova norma do CFM, boletins médicos enviados à imprensa devem ter sempre um tom “sóbrio, impessoal e verídico”, além de respeitar sempre o sigilo profissional perante o(a) paciente.

Essa divulgação só poderá ser feita pelo médico-assistente ou seu substituto. Caso o médico considere adequado, poderá delegar essa tarefa ao diretor-técnico da instituição onde atua ou até ao CRM.

Já no caso de pacientes internados, o boletim deve constar a assinatura do médico-assistente, subscrita pelo diretor-técnico médico da instituição ou, em sua falta, do seu substituto na função.

>> Veja também: Como aparecer no Google? Guia prático

.

10. Participação em meios de comunicação

A última resolução do CFM também regula como deve ser a participação de seus membros em veículos de imprensa.

Quando um médico concede entrevistas em qualquer meio de comunicação, a orientação é que ele se comporte como um representante da sua profissão, o que significa que ele deve evitar qualquer comportamento que tenha o objetivo de atrair pacientes ou promover métodos de diagnóstico e tratamento exclusivos.

O profissional de saúde também deve ser transparente sobre possíveis conflitos de interesse e, durante a entrevista, não deve divulgar informações pessoais, como seu endereço físico ou informações de contato online.

.

11. Associar sua imagem a produtos e serviços

Outro cuidado que a resolução Resolução 2.336, de 2023, impõe é que profissionais médicos não podem se associar a qualquer tipo de propaganda que induza à promessa ou garantia de resultados ou tratamentos ainda não reconhecidos pelo CFM.

Além disso, médicos não podem associar sua imagem à divulgação de medicamentos, insumos médicos, equipamentos ou alimentos de qualquer tipo.

Também não pode conferir “selo de qualidade” a produtos, sejam alimentícios, esportivos, de higiene pessoal ou de ambientes, a fim de induzir a garantia de resultados.

.

12. A partir de quando a norma passa a vigorar?

A Resolução 2.336/2023 foi publicada no Diário Oficial da União no dia 13 de setembro, e os profissionais terão o prazo de 180 dias – 11 de março de 2024 – para se adequar às suas exigências, período a partir do qual poderão ser penalizados conforme as normas do CFM.

.

13. Onde esclarecer dúvidas quanto à resolução do CFM?

São muitas mudanças e provavelmente surgirão dúvidas por parte tanto de profissionais quanto de estabelecimentos da saúde. 

Caso você queira conferir a íntegra da nova resolução, você pode acessá-la diretamente do portal do Conselho Federal de Medicina, clicando aqui.

 Por isso o Conselho Federal de Medicina coloca, como seus meios de comunicação para esse tipo de esclarecimento, o telefone (61) 3445-5940 ou o e-mail imprensa@portalmedico.org.br

——————————-

A Eixo Digital – especialista em marketing médico – tem o compromisso de contribuir para esse segmento tão importante para a sociedade, seja prestando serviços marketing de excelência, seja publicando conteúdos úteis e sempre gratuitos.

E se precisar de um parceiro estratégico para o marketing do seu negócio, conte com a Eixo Digital. Estamos há quase 10 anos no mercado, ajudando negócios de todos os portes e segmentos a aumentarem seu faturamento.

Para falar com um de nossos especialistas, basta clicar no link abaixo!

TikTok para Médicos e Clínicas: Guia Prático 2024

O TikTok tornou-se uma potência nas redes sociais, atraindo principalmente a Geração Z e os Millennials. Com vídeos curtos, criativos e altamente envolventes, esta plataforma tem se destacado não apenas para entretenimento, mas também como um meio vital de comunicação e educação.

Mas quando os profissionais da saúde devem considerar usar o TikTok? E quais são os benefícios e desafios associados?

Estas e muitas outras respostas você vai encontrar nas próximas linhas deste conteúdo especial que criamos para te ajudar a gerar resultados para sua clínica, consultório, laboratório ou hospital.

Acompanhe!

.

Como usar o TikTok de forma profissional?

.

O público predominante no TikTok, a Geração Z e os Millennials, está constantemente engajado e consumindo conteúdo. Para os profissionais da saúde, isso representa uma oportunidade única de alcançar e educar um segmento da população que pode não ser tão ativo em outras plataformas ou tradicionalmente engajado em tópicos de saúde.

Além disso, com o aumento da desinformação na internet, os médicos têm a responsabilidade e a oportunidade de se tornarem fontes confiáveis de informações. O recente desafio de lixar os dentes com uma lixa de unha é um exemplo preocupante de como práticas prejudiciais podem se tornar virais. 

Em vez de apenas criticar essas tendências em outras plataformas, os médicos têm a chance de intervir diretamente no TikTok, combatendo mitos e promovendo práticas de saúde seguras e informadas.

Mas o TikTok não é apenas sobre corrigir desinformação. É sobre engajamento, conexão e educação. A natureza divertida e cativante dos vídeos no TikTok significa que os profissionais de saúde podem tratar de tópicos sérios de uma maneira leve e relatável. Seja usando tendências populares para enfatizar a importância das consultas regulares ou abordando tópicos de saúde complexos de forma simplificada, o TikTok oferece um meio inovador de alcançar e educar o público.

>>> Veja também: Pirâmide de Chet Holmes: Como Aplicar no Seu Marketing

.

Público-alvo do tiktok

O TikTok conquistou corações ao redor do mundo, mas seu principal público-alvo é inegavelmente a Geração Z e os Millennials. Esses grupos demográficos passam horas navegando pela plataforma, consumindo uma variedade de conteúdos, desde danças virais até dicas de bem-estar e saúde.

De acordo com uma pesquisa recente, uma proporção alarmante da Geração Z confia mais nas informações de saúde que encontram no TikTok do que nas palavras de médicos treinados. Este fato ressalta a influência e o poder que os influenciadores digitais e os criadores de conteúdo têm sobre a percepção do público em relação à saúde.

Em um estudo conduzido pela CharityRx, foi revelado que um terço da Geração Z consulta o TikTok para obter conselhos sobre saúde. Além disso, 44% deles preferem procurar informações no YouTube antes mesmo de considerar consultar um médico. 

No geral, 20% dos adultos norte-americanos pesquisados admitiram consultar o TikTok antes de buscar tratamento médico para suas preocupações de saúde.

Esses números são um testemunho do papel crescente das redes sociais na formação da percepção e das decisões de saúde das pessoas. Mais do que nunca, os profissionais de saúde precisam estar presentes e ativos em plataformas como o TikTok para combater informações errôneas e fornecer conselhos e informações confiáveis.

Veja também: como criar um projeto de marketing médico?

.

Como usar o TikTok no marketing de clínicas médicas?

.

O TikTok, conhecido por sua base de usuários jovens e engajados, tornou-se uma plataforma essencial para médicos e clínicas que buscam se conectar com seu público de uma maneira mais interativa e direta. 

A seguir, apresentamos algumas estratégias para otimizar sua presença nessa rede social.

.

Conteúdos do tipo “mitos x verdades” 

A desinformação pode ser um grande problema na internet, e os médicos têm a oportunidade de corrigir isso. Uma série de vídeos desmistificando crenças populares pode ser uma excelente maneira de educar seu público. 

Por exemplo, um(a) nutricionista pode esclarecer mitos sobre dietas, enquanto um dermatologista pode abordar mitos sobre cuidados com a pele. Confira outros exemplos de possíveis conteúdos:

  • Dermatologia: 5 mitos sobre produtos para acne.
  • Nutrição: Esclarecendo mitos sobre dietas da moda e suplementos.
  • Cardiologia: Abordando crenças populares sobre exercícios e saúde cardíaca.

.

Demonstrações práticas

A visualização de procedimentos e técnicas pode ser educativa e tranquilizar os pacientes sobre o que esperar. Um ortodontista, por exemplo, pode mostrar como são colocados aparelhos ortodônticos, enquanto um fisioterapeuta pode demonstrar exercícios úteis para a postura. Confira outros exemplos de possíveis conteúdos:

  • Ortodontia: Demonstrando a colocação de aparelhos ortodônticos.
  • Fisioterapia: Mostrando exercícios práticos para aliviar dores nas costas.
  • Dermatologia: Demonstrando cuidados diários com a pele.

.

Perguntas e respostas

Aproveite a seção de comentários para coletar dúvidas e produzir conteúdo baseado nelas. Ao responder diretamente às perguntas do público, você não apenas educa, mas também constrói confiança e estabelece autoridade no campo. Confira outros exemplos de possíveis conteúdos:

  • Pediatra: Respondendo a dúvidas comuns sobre vacinação infantil.
  • Endocrinologia: Abordando questões sobre diabetes e controle de glicose.
  • Ginecologia: Esclarecendo dúvidas sobre endometriose.

.

Dê dicas de saúde

O TikTok é uma plataforma ideal para compartilhar conselhos práticos e dicas de saúde. Seja demonstrando a forma correta de fazer exercícios de alongamento ou dando dicas sobre higiene bucal, o formato de vídeo curto é perfeito para informações rápidas e acionáveis. 

No entanto, é essencial sempre lembrar seu público de que, enquanto as dicas são úteis, elas não substituem uma consulta médica individualizada. Confira outros exemplos de possíveis conteúdos:

  • Psiquiatria: Ofereça dicas sobre manejo do estresse e promoção do bem-estar mental.
  • Nutrição: Sugira dicas rápidas sobre alimentação saudável e balanceada.
  • Pneumologia: Forneça conselhos sobre respiração profunda e cuidados respiratórios.

.

Utilize os recursos disponíveis

O TikTok é repleto de ferramentas e recursos para tornar seu conteúdo mais interativo e envolvente. Por exemplo, você pode usar efeitos, músicas e filtros para tornar seu vídeo mais atraente. 

Além disso, você pode participar de tendências e desafios virais para aumentar a visibilidade do seu perfil. Confira outros exemplos de possíveis conteúdos:

  • Neurologia: Use animações para explicar como diferentes partes do cérebro funcionam.
  • Pediatria: Utilize músicas populares para criar dicas de saúde infantil.
  • Ortopedia: Demonstre exercícios específicos usando os recursos de câmera lenta do TikTok.

.

Estimule a interação

Promova a interatividade para aumentar o engajamento em seus vídeos. Encoraje seu público a deixar comentários, fazer perguntas e participar de enquetes. 

Criar uma série de vídeos sobre um tema específico também pode manter seu público voltando para mais. Confira outros exemplos de possíveis conteúdos:

  • Obstetrícia: Crie uma série de vídeos sobre cada trimestre da gravidez.
  • Oftalmologia: Inicie desafios visuais para testar a visão dos usuários.
  • Dermatologia: Faça enquetes pedindo aos usuários que compartilhem suas rotinas de cuidado com a pele.

.

Mostre os bastidores da clínica

Oferecer uma visão dos bastidores de sua clínica ou consultório pode humanizar sua prática e construir confiança com os pacientes. 

Apresente os diferentes espaços, salas de consulta e equipamentos. Isso não apenas dá aos pacientes em potencial uma ideia do que esperar, mas também os tranquiliza sobre o profissionalismo e a qualidade dos cuidados que receberão. Confira outros exemplos de possíveis conteúdos:

  • Cirurgia plástica: Mostre a preparação meticulosa das salas antes dos procedimentos.
  • Odontologia: Demonstre o processo de esterilização dos instrumentos.
  • Clínica geral: Ofereça um tour virtual pelas instalações, destacando áreas como salas de espera, salas de exames e equipamentos de última geração.

>>> Veja também: Recepção de Clínicas: Como Treinar Seu Time

.

TikTok para médicos: saiba quais as restrições

.

O TikTok, como plataforma, oferece uma variedade de maneiras para os profissionais se conectarem com seu público. Entretanto, para os médicos e outros profissionais de saúde, existem restrições e normas éticas a serem consideradas ao produzir e compartilhar conteúdo.

.

Profissionais da saúde podem utilizar o TikTok?

Não há uma proibição direta que impeça os profissionais de saúde de usarem o TikTok. Contudo, é imperativo que eles mantenham uma conduta profissional e ética ao compartilhar informações na plataforma. As mesmas diretrizes de publicidade que se aplicam a outras formas de mídia também se aplicam ao TikTok. 

Os profissionais da saúde não podem:

  • Deixar de identificar-se, omitindo seu registro junto ao conselho regional pertinente ou sua especialidade (quando aplicável).
  • Promover técnicas ou procedimentos que ainda não foram oficialmente aprovados por órgãos reguladores.
  • Anunciar valores de procedimentos ou garantir resultados como uma forma de propaganda.
  • Divulgar informações de maneira sensacionalista.
  • Violar o sigilo médico do paciente.
  • Outras restrições específicas podem se aplicar dependendo da especialidade ou região.

.

E quanto às famosas dancinhas, elas são permitidas?

Há controvérsias sobre essa questão. Por exemplo, o Conselho Regional de Medicina de Rondônia emitiu uma nota em setembro de 2020, desaprovando médicos que aparecem em seus perfis profissionais nas redes sociais em situações que podem ser consideradas indecorosas, como dançar. Segundo o CRM de Rondônia, essa conduta pode violar o artigo 9 da Resolução CFM, que determina que os médicos devem manter o decoro da profissão em suas comunicações.

No entanto, é essencial reconhecer que o TikTok oferece muito mais do que apenas dancinhas. A plataforma é uma ferramenta robusta que permite aos profissionais compartilhar dicas valiosas, desmistificar informações errôneas e responder a outros vídeos para corrigir informações ou apresentar novos insights. Portanto, enquanto a dança pode ser controversa em contextos profissionais, há muitas outras maneiras produtivas e educativas de se engajar com o público no TikTok.

Em resumo, ao usar o TikTok ou qualquer outra plataforma de mídia social, os profissionais de saúde devem sempre priorizar a ética, a precisão das informações e o respeito à privacidade dos pacientes.

>> Veja também: Como aparecer no Google? Guia prático

.

TikTok Ads para clínicas

.

Dentro do vasto ecossistema do TikTok, os anúncios surgem como uma ferramenta estratégica poderosa para clínicas que buscam alavancar seus resultados na plataforma. 

Além de apenas marcar presença e compartilhar conteúdo, utilizar o TikTok Ads permite que as clínicas atinjam seu público-alvo de maneira mais direta e impactante, aumentando a visibilidade e a conversão. 

Seja para promover novos tratamentos, destacar a expertise de uma equipe médica ou fortalecer a imagem da clínica, o TikTok Ads oferece oportunidades únicas para otimizar a estratégia de marketing digital no ambiente da saúde.

.

Vantagens do TikTok Ads

  • Controle de Custo Flexível: O TikTok Ads é adaptável para empresas de todos os tamanhos, permitindo um controle de custo personalizado conforme as necessidades da clínica.
  • Monitoramento em Tempo Real: A plataforma oferece uma visão instantânea do desempenho dos anúncios, facilitando ajustes rápidos e decisões informadas.
  • Segmentação Inteligente de Audiência: É possível alcançar públicos específicos com base em variados critérios, garantindo que os anúncios sejam direcionados às pessoas certas.
  • Excelente Suporte ao Cliente: O TikTok provê um suporte dedicado, ajudando as clínicas a otimizar suas campanhas e maximizar o retorno sobre o investimento.

.

Diferenciais do TikTok Ads

  • Segmentação Detalhada: Além do vasto alcance, o TikTok Ads permite uma segmentação aprofundada, atingindo o público certo com base em critérios específicos.
  • Facilidade na Criação de Anúncios: Com ferramentas intuitivas e uma ampla biblioteca de recursos, criar anúncios cativantes nunca foi tão simples.
  • Flexibilidade Orçamentária: Com ferramentas como o Campaign Budget Optimization (CBO), o TikTok Ads oferece maneiras de otimizar o orçamento e garantir um uso eficiente dos recursos.
  • Leads Qualificados: Transforme visitantes em leads comprometidos diretamente na plataforma, proporcionando uma experiência fluida e elevando as taxas de conversão.

.

O uso estratégico do TikTok Ads pode ser o diferencial que sua clínica precisa para se destacar na plataforma e criar uma conexão mais profunda com seu público. Ao combinar as vantagens e diferenciais, as clínicas têm à disposição um arsenal robusto para impulsionar sua presença online e alcançar seus objetivos de marketing.

——————————–

Temos certeza de que, aplicando todas as dicas e informações deste guia, você e seu negócio vão colher resultados extraordinários com essa ferramenta incrível.

E se precisar de um parceiro estratégico para o marketing do seu negócio, conte com a Eixo Digital. Estamos há quase 10 anos no mercado, ajudando negócios de todos os portes e segmentos a aumentarem seu faturamento.

Para falar com um de nossos especialistas, basta clicar no link abaixo!