Descubra como fazer seu site vender mais com 5 dicas!

Vendas - Morgana Alencar

Como meu site pode vender mais? Essa é uma pergunta que escutamos com frequência aqui na Eixo Digital. 

Em meio à tanta informação e ao excesso de oferta de produtos e serviços é preciso saber capturar a atenção do seu público e definir ações de modo estratégico

Garantir uma navegação agradável, que não frustre a expectativa do usuário, direcionando-o para aquilo que ele deseja fazer são algumas das dicas que veremos no artigo de hoje. Acompanhe!

 

Comunique-se com clareza!

 

User interface (UI) ou Interface do Usuário tem por objetivo melhorar a comunicação com o usuário a partir do uso de elementos visuais. 

E você pode estar se perguntando: como posso utilizá-lo no meu site? 

Apostando em elementos visuais fáceis de usar e de navegar, intuitivos e que correspondam à expectativa da sua persona. 

Evite o excesso de informações ou de botões. Aqui, menos é mais. Utilize ícones que estejam presentes em outros sites e aplicativos e garanta uma navegação confortável e simples, sem surpresas desagradáveis. 

De acordo com a sua experiência, faz mais sentido que um botão de agendar uma consulta seja da cor verde ou vermelha?

Garantir que o leitor não seja surpreendido e que consiga completar tudo que deseja no seu site proporciona uma sensação de satisfação, aumentando as chances de conversão ou retorno ao seu site. Ou seja, quanto mais simples for o seu site, menores as chances do usuário se sentir confuso e perder sua atenção. 

Analise a jornada de compra do seu usuário e use isso a favor do seu negócio, viabilizando que seu site venda mais. Para tanto, organize seu conteúdo com base na hierarquia daquilo que importa mais para seu negócio. 

 

A importância do CTA (CALL TO ACTION)

O CTA é um dos pontos essenciais e que funciona como divisor de águas entre os sites que vendem e os sites que não vendem.

Verdade seja dita: nem todos os visitantes que navegam pelo seu site estão prontos para comprar o seu produto ou adquirir seu serviço. Mesmo assim, é importante que você tenha ferramentas para atingir todos eles. 

Os botões para conversão (CTA) devem ser utilizados como forma de criar a possibilidade de contato com o seu visitante.

Independentemente do cliente estar pronto para comprar ou se apenas quer conhecer um pouco mais sobre determinado conteúdo que viu no seu site, em todo caso ele deve ter ao seu alcance um botão para conversão.

Aqui você poderá usar botões que convidam o leitor a baixar um e-book ou infográfico, ou até mesmo que o chame para preencher um formulário de pesquisa. 

Ao mesmo tempo, é possível utilizar CTA para aqueles que já estão decididos a fechar negócio, investindo em chamadas como: fale com nosso especialista, quero um orçamento, etc. 

Um canal interessante e que vem sendo usado por muitas empresas é deixar disponível o contato por whatsapp, assim você facilita o caminho para o seu cliente e aumenta suas chances de vender mais.

 

E, aí, ficou claro que a presença de um CTA melhora a experiência no seu site e ainda facilita o crescimento das vendas?

 

Então vamos para o próximo tópico!

 

Capriche no SEO

Outra coisa que não pode faltar para a sucesso do seu site é a presença do SEO (Search Engine Optimization) que, traduzindo para o português, significa otimização para mecanismos de busca.

É através do uso de estratégias de SEO que o seu conteúdo poderá ser tido como relevante por sites de busca como o Google. 

 

Para acabar todas as suas dúvidas sobre SEO de uma vez por todas leia também:

O QUE É SEO? GUIA SIMPLIFICADO PARA QUALQUER UM ENTENDER!

A parte interessante disso tudo: você não precisa pagar nada. Ou seja, aplicando técnicas de SEO você será capaz de atrair mais usuários para o seu site, sem precisar investir em anúncios pagos. 

Assim, o SEO é uma ferramenta fundamental para a empresa que deseja possibilitar o seu site vender mais. É aparecendo no Google que você trará mais visitações para o seu site e, com elas, ampliará suas oportunidades de venda. 

As chances do seu site receber um clique aumentam proporcionalmente à posição que você aparece no mecanismo de busca, por isso é tão importante se destacar e garantir presença nos primeiros lugares. 

Para que o Google coloque o seu site nas primeiras posições quando um usuário pesquisa, por exemplo, sobre a catarata, é preciso que ele cumpra alguns requisitos de SEO, vejamos a seguir.

 

URL

 

A URL (ou link) é um dos primeiros pontos avaliados para o Google tomar a decisão de entregar o seu site ao usuário que busca por esse assunto. Assim, a URL deve ser um indício ou prévia do conteúdo que está por vir nos artigos ou demais páginas do seu site

Um exemplo de URL otimizada pode ser encontrado no site da Viva Oftalmologia, um dos clientes da Eixo. 

É fácil perceber a compatibilidade entre a pesquisa do usuário e a URL utilizada para o post no blog: https://vivaoftalmologia.com.br/catarata-saiba-tudo-sobre-doenca/ 

Tudo certo com a sua URL, o Google passa a analisar a estrutura e organização do conteúdo das páginas do seu site. 

 

Conteúdo

 

Utilizando títulos e subtítulos marcados com as tags H1, H2 e H3 é permitido ao Google identificar a existência de correspondência entre o conteúdo do seu site com a pesquisa feito pelo usuário. 

No exemplo dado, “Catarata: saiba tudo sobre a doença” é o título (H1) e são exemplos de subtítulos presentes no artigo “Diferentes tipos de catarata” (H2) e “Catarata cortical” (H3).

Assim, seguindo a estruturação de H1, H2,H3, o seu site não apenas poderá destacar o conteúdo que for mais relevante para o seu negócio, como também você facilita que o Google leia o seu conteúdo e dê destaque a ele nas primeiras opções de busca. 

E por que é tão importante aparecer nas primeiras posições? 

Porque desse modo o seu site se tornará mais visível para o seu potencial cliente, que ao fazer uma busca por determinado conteúdo, acabará caindo em um dos artigos do seu blog, por exemplo.  

Quantos mais clientes forem atraídos ao seu site, maiores as chances deles comprarem seu produto ou serviço, fazendo com o que site se transforme em um importante canal para vender mais. 

Consequência disso é que assim você viabiliza o seu site vender mais, além de ganhar relevância e autoridade na internet, que são as vantagens presentes no tópico a seguir. 

 

Autoridade e relevância

 

Agora chegou o momento de falarmos sobre autoridade e relevância

A relevância pode ser traduzida na importância que é dada ao seu site por outros usuários, que demonstram gostar do seu conteúdo.

Se o seu artigo é utilizado como referência em outros sites e se os usuários estão gostando e aprendendo com as informações transmitidas e até mesmo compartilhando seu conteúdo nas redes sociais, o Google entende que seu artigo é relevante. 

Já a autoridade é encontrada no conteúdo produzido por especialistas naquele assunto. 

No exemplo dado, para que uma clínica de oftalmologia ganhe autoridade para o Google é importante que ela seja especialista em conteúdos do seu nicho.

Isso será percebido pelo mecanismo de busca quando a clínica esclarece dúvidas que podem afligir seus possíveis pacientes, como é o caso daquele que pesquisa sobre a catarata nos mecanismos de busca. 

Descubra mais dicas para garantir as primeiras posições no Google. Leia também:

COMO APARECER NA PRIMEIRA PÁGINA DO GOOGLE?

Criação de Categorias e Seções

Diretamente relacionada com o conceito de UI visto acima, a arquitetura da informação é fundamental para todo site que busca facilitar a navegação do usuário, permitindo que ele alcance aquilo que buscava ao acessar cada página. 

A arquitetura da informação tem como objetivo, portanto, que as informações em um site estejam claras e organizadas, facilitando o seu acesso aos produtos e serviços, bem como demais informações que esteja buscando. 

Leia também:

ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO EM SITES E SEO: ENTENDA TUDO!

 

E é a partir do conceito de arquitetura da informação que te damos a próxima dica para aumentar as conversões no seu site

A criação de categorias e seções no seu site não apenas o deixa mais organizado, como também o torna mais eficiente para você e o seu visitante que nele navegar.

É preciso ter em mente sempre a facilidade de navegação do usuário, permitindo que ele conheça as principais informações sobre você e seu negócio, tornando o seu primeiro contato através do site uma oportunidade importante de contratar seus serviços. 

Aqui é fundamental que você evidencie que tipo de produtos ou serviços sua empresa vende ou presta, fornecendo ao visitante todas as informações que ele necessita para conhecer seu negócio e até mesmo demonstrar interesse em adquiri-lo. 

Se você é da área de saúde, por exemplo, é interessante que sejam elencados no seu site todos os tratamentos que são prestados pela sua clínica. 

Alguns exemplos de categorias que podem ser criadas. 

 

Sobre nós e contato

 

Informações interessantes de adicionar ao “Sobre nós” do seu site são aquelas referentes ao seu surgimento, missão e valores. 

Esse é o momento de compartilhar o propósito do seu negócio, quais sonhos ele se propõe a realizar. 

Também é importante dar uma atenção especial à categoria do “Contato”. 

Manter o endereço físico e de e-mail, bem como telefone atualizados são itens essenciais e que não podem ser deixados de lado. 

 

Imagine que o seu cliente está navegando no seu site e queira tirar alguma dúvida por telefone ou e-mail, antes de ir até você. 

 

Não há nada mais frustrante do que um telefone ou endereço eletrônico inexistentes. Não tenha dúvidas de que situações como essa geralmente levam seu cliente para concorrência, além de passar uma imagem negativa para a sua empresa. 

Vantagens do produto/serviço

Todo produto ou serviço surge a partir do desejo de encontrar a solução para algum problema e com o seu também não é diferente. 

Aproveite para compartilhar com a pessoa que está navegando no seu site quais problemas você pretende resolver com o seu negócio. Essa é a hora de falar do seu produto ou serviço e destacar porque ele é do jeito que é. 

Destacando quais são vantagens de utilizá-lo, bem como seus diferenciais quando em comparação com a concorrência.

 

Cases de sucesso 

Agora que você já contou um pouco sobre a sua empresa, disponibilizou o contato e explicou as vantagens de contratar o seu produto ou serviço feche com chave de ouro apresentando seus cases de sucesso. 

Trazer para o seu site a experiência de outros clientes é essencial para que possíveis visitantes já percebam o valor adquirido com a compra, bem como a satisfação daqueles que já testaram sua solução. 

Voltemos ao exemplo em que o usuário está navegando em busca de respostas para o seu problema (diagnóstico ou suspeita de catarata). 

Após ler o artigo do seu blog, ele poderá trafegar pelo seu site em busca de mais informações e encontrar relatos de pacientes que fizeram a cirurgia e foram bem sucedidos.  

Ter um blog fará meu site vender mais?

A resposta para essa pergunta é: depende.

Se o blog for utilizado com frequência, publicando material de qualidade e voltado para o seu tipo de consumidor o esperado é que essa resposta seja positiva. 

Combinando estratégias de SEO com botões para conversão os artigos publicados no seu blog podem se tornar um grande atrativo para novos clientes, o que impactará positivamente nas vendas. 

Através da disponibilização de conteúdos para baixar – como já citamos anteriormente – é possível iniciar a nutrição de um relacionamento com o seu cliente, que poderá se tornar mais aberto para fechar negócio em um momento futuro. 

Nesse sentido, observe na imagem abaixo o banner com imagem em que há chamada para baixar e-book sobre as vantagens do Facebook para o seu negócio.

Por outro lado, de nada adiantará ter um blog em que o conteúdo não é atualizado e em que as palavras-chaves importantes para seu cliente e seu negócio não são analisadas. 

Artigos de blog que não dispõem de chamadas para entrar em contato, baixar material ou outras formas de conversão acabam não sendo aproveitados da melhor maneira, sendo um investimento que dificilmente trará bons resultados. 

 

Dica Extra: fique atento aos padrões de leitura

Os padrões de leitura mais comuns são obtidos através de estudos que analisam como os usuários costumam ler determinados conteúdos. 

Assim, o padrão de leitura digital corresponde à forma como os usuários costumam fazer a leitura de um texto na página de um site.

Vale dizer que, antes que você decida qual deles usar, entenda que tudo depende da sua intenção e de qual percurso você deseja que o seu usuário percorra ao “caminhar” com os olhos nas páginas do seu site. 

Vejamos a seguir os dois mais conhecidos, quais sejam, padrões de leitura  em F e Z. 

 

Padrão de leitura em F

 

Um dos padrões de leitura mais conhecidos é o padrão em F – para Fast (rápido). 

O nome é dado em razão da letra F que se forma quando se verifica o trajeto dos olhos do usuário nos blocos de texto. 

Observe a imagem abaixo:

 

padrão de leitura em F - como fazer seu site vender mais

Uma forma de otimizar a leitura do seu site e deixá-lo mais agradável ao seu leitor é a utilizando o padrão em F para textos que são mais densos, com maior quantidade de palavras. 

 

Ex: notícias ou artigos de blog. 

 

Padrão de leitura em Z

 

Já o padrão em Z é ideal para quando você quer chamar atenção do leitor para botões de ação, como é o caso de botões de formulários ou para contato com a sua empresa. 

Observe exemplo abaixo:

Descubra como seu site vender mais

 

Nesse caso, as informações relevantes são destacadas em tamanho maior que as demais da página do seu site (Logo e chamadas para ação).

E então, quer descobrir como fazer seu site vender mais? Fale com um de nossos especialistas!

 

Chegamos ao final deste artigo onde te contamos um total de 4 dicas de como possibilitar seu site vender mais. Esperamos ter te ajudado com muitos insights interessantes para o seu negócio. 

Se você tem interesse em saber sobre inbound marketing e descobrir como aplicar suas estratégias podem fazer toda diferença no seu negócio, aproveite para baixar o E-book completo de Inbound Marketing

 

baixe ebook inbound marketing

Comentários