Google Ads: O que é? Como Funciona?

Gestão de Mídias Pagas - Camila Serrat

Afinal, o que é e como usar o Google Ads para vender?

Se você utiliza o Google para realizar pesquisas, já deve ter se perguntado como se faz para estar nos primeiros resultados de busca. Quanto se paga pelas primeiras posições?

Ainda, já se perguntou de onde vêm os anúncios do Youtube, durante ou entre um vídeo e outro? Ou aqueles anúncios que aparecem ao lado de determinada matéria que está lendo em um site ou blog?

O que é Google Ads?

O Google Ads é a plataforma de anúncios do Google. E, por ele, é possível anunciar de três formas: por anúncios na rede de pesquisa do Google; por anúncios na rede de display, campanhas mostradas em websites, páginas de notícias e blogs; e por anúncios no YouTube.

O vantajoso dessa plataforma é porque ela garante visibilidade de forma segmentada, atingindo exatamente o público que se pretende. E como ela faz isso? Através dos cookies (dados que informam a quantidade de vezes que um usuário visita o mesmo site, por exemplo) e do estudo de palavras-chave. Por esses mecanismos, o anunciante consegue escolher onde e para quem seu anúncio chegará.

Leia também: Marketing digital para oftalmologista: geramos cerca de 600 atendimentos por mês para uma Clínica de Oftalmologia

Como funciona o Google Ads?

Antes de querer investir no Google Ads, é muito importante compreender o funcionamento dele e quais são as boas práticas para se ter bons resultados com a ferramenta.

Primeiramente, a plataforma conta com milhares de anunciantes e, claro que, muitos deles serão seus concorrentes na disputa por palavras-chave. Neste sentido, destaca-se quem paga mais? Errado! As variáveis de análise do Google Ads envolvem investimento, mas, principalmente, relevância. Ou seja, o seu anúncio deve ser bom, a experiência do usuário com a sua marca deve ser positiva.

Por exemplo, não adianta você tentar atrair o seu público através de um conteúdo de Blog sendo que, a cada clique conquistado, o Google mapeia que os leitores não passam de 10 segundos na sua página. De alguma forma, isso representará que o seu conteúdo não é relevante. Na verdade, você só está fazendo os usuários perderem tempo.

Talvez o seu texto não responda exatamente o que foi proposto no título, ou esteja mal escrito, ou com informações erradas ou repetidas. Seja como for, em um caso como esse, não importa o investimento financeiro, certamente o seu anúncio cairá em posição para dar lugar aos anúncios que geram envolvimento e verdadeira audiência.

Por isso, antes de pensar no orçamento disponível, pense em como você pode agregar e fornecer conteúdo/serviço verdadeiramente relevante ao seu público no Google Ads.

Leia também:

Ferramentas de Marketing Digital: lista completa para DIVERSAS ÁREAS!

Como criar uma conta no Google Adwords?

Para criar a sua conta, basta acessar https://adwords.google.com. Depois clique em “Comece agora”, cadastre o seu e-mail Google e o seu site e, pronto, sua conta está criada!

Como anunciar no Google?

Uma vez que sua conta esteja criada, basta se guiar pela própria plataforma. Para toda campanha, você terá que:

  • Definir o nome da campanha.
  • Escolher o local do anúncio.
  • Definir o orçamento: quanto você deseja pagar por clique e em toda campanha. PS: comece investindo pouco para testar os resultados, ok?

E outras boas práticas são recomendadas, como:

  • Insira extensões de anúncio: uma forma de incluir informações comerciais que ajudem o seu público a te conhecer melhor e saber como chegar até você. Por exemplo, inserindo páginas do seu site, telefone e endereço.
  • Crie grupos de anúncios: uma possibilidade que o Google disponibiliza de integrar anúncios com um conjunto de palavras-chave relacionadas.

Quanto custa o Google Ads?

O custo por clique (CPC) médio no Google Ads é de US$ 1 a US$ 2 para a Rede de Pesquisa do Google e menos de US$ 1 para a Rede de Display. Geralmente, as empresas americanas de pequeno e médio porte gastam US$ 9.000 a US$ 10.000 por mês no Google Ads. Já no Brasil, o média de investimento é bem menor.

Como o custo do Google Ads funciona como um leilão inverso, o custo do clique varia muito de mercado para mercado, podendo ir desde R$ 0,10 centavos e chegar até R$ 100 por um único clique.

Leia também:

Qual é o budget ideal para uma campanha de mídia paga de sucesso

Os números e faturamento do Google Ads

Considerado a maior fonte de receita do Google segundo uma pesquisa feita Web Analytics World, em 2011 a plataforma gerou 96% dos 37,9 bilhões que a empresa faturou. É um número bem chamativo, não é mesmo?

E por isso, o Google Ads pode ser considerado a ‘menina dos olhos’ do Google, por gerar tanto um bom faturamento para a empresa, quanto um resultado visível para quem investe.

Antigamente a maior fonte de pesquisas para uma compra ou um trabalho era através do boca a boca ou de anúncios impressos no jornal ou os veiculados com a TV. Mas é notável que isso mudou, e muito. Pode-se dizer que a internet tomou conta e, com isso, ocasionou um impacto enorme na interação dos usuários.

Desta maneira, é extremamente visível todos os impactos positivos que a ferramenta trouxe consigo. Além disso, o grande rendimento do Google deixa claro que as empresas entendem a importância de ser presente em locais onde as pessoas mais realizam suas pesquisas.

Como Vender no Google Ads?

Agora, vamos à parte prática! Como fazer uma boa campanha que garanta resultados para a sua marca no Google Ads? Afinal, não basta apenas vender… é preciso ter ROI (retorno sobre investimento) positivo!

Faça o estudo das suas palavras-chave

Primeiramente, é indispensável o estudo das palavras-chave do seu negócio! Para isso, recomendamos que utilize o planejador de palavras-chave do próprio Google Ads. Para acessá-lo, clique aqui. Através dessa ferramenta, será possível identificar o que, de fato, tem sido mais buscado pela sua persona em relação ao seu negócio. É a melhor forma de fugir dos achismos e ter solidez na sua estratégia digital.  

Assim, verifique o volume de pesquisas de cada palavra-chave e identifique quais empresas já estão fazendo uso delas. Neste momento, você está conhecendo os seus concorrentes no universo digital e precisará estudar formas de vencê-los no ranqueamento do Google.

Estude os anúncios dos seus concorrentes

Você já identificou empresas que disputam as mesmas palavras-chave com o seu negócio. Agora, antes de entrar na disputa, estude detalhadamente tudo o que já foi feito. Como as palavras-chave estão sendo trabalhadas? Como os anúncios estão escritos e organizados? Os links do anúncio estão direcionando para quais páginas?

Faça uma análise completa para que possa criar a sua campanha prevendo avanços e inovações para o seu segmento.

Planeje o orçamento da campanha

Muito importante realizar o planejamento financeiro antes de se iniciar a campanha. Qual valor mensal disponível para o investimento? Divida esse valor por 30 e então você terá o valor máximo a se pagar por dia. Caso não deseje ativar a campanha nos fins-de-semana, por exemplo, retire esses dias da contagem para obter o valor correto.

Não é preciso investir muito. O mais importante é o trabalho minucioso que se deve ter na escolha de palavras-chave e na construção de conteúdos relevantes que possuam real engajamento da sua persona.

Faça testes

Uma vez estruturada a estratégia, faça testes. Desafie-se na criatividade para criar anúncios com chamadas interessantes, que despertem, de fato, a curiosidade ou o desejo da sua persona.

Você deve ter um excelente título que capture exatamente a dor da sua persona, o que ela carece saber.

Deve ter uma descrição bem construída, que fale exatamente do que aquele anúncio trata. PS: nada de anúncios falsos ou superestimados, ok?

Preocupe-se também com a URL que será exibida e com a URL de destino. Elas devem conter o próprio domínio da sua empresa e indicar também o conteúdo que será acessado.

Utilize extensões de anúncio para adicionar informações complementares, como: links externos, local, preço, aplicativos, comentários de clientes, chamada telefônica, chamada para mensagem de texto e outros. São meios para facilitar ainda mais o contato do leitor com a sua empresa.

E aí, conseguiu compreender melhor o Google Ads? Quer saber mais?

Leia também: Anúncios Google: Dicas de como otimizar suas campanhas corretamente

O que acha de conferir tudo que precisa saber sobre Mídias Pagas em um só lugar? Acesse aqui a nossa categoria e aprofunde-se no assunto!

Clique abaixo e acesse o nosso E-BOOK GRATUITO:

[fbcomments width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]