Checklist de copywriting: o que avaliar antes de disparar!

Marketing Digital - Matheus Venturato

A escrita persuasiva sempre foi, e continua sendo, o principal meio de conversão no mundo dos negócios e, claro, do marketing. Um texto bem escrito, atraente e que se conecta com o público já pode significar metade do sucesso.

Mas nem sempre é fácil escrever esse tipo de texto, conhecido como copywriting. Trata-se de um estilo de escrita criado nos Estados Unidos e que precisa conter certos elementos essenciais para conseguir tocar as mentes e corações dos leitores.

No entanto, o que acontece muitas vezes é que, ao lermos alguns copies (peças de copywriting) por aí, os textos não deixam totalmente claro o que exatamente eles querem oferecer a você, que tipo de benefício você obterá com isso e por que gastou seu tempo lendo e tentando entender aquilo.

A habilidade de escrever textos persuasivos vem com a prática e com o entendimento da persona. E para te ajudar a criar textos melhores, listamos esse checklist de copywriting!

Checklist de copywriting: o que não pode faltar

1. Lei de Pareto: gaste 80% do tempo criando a linha de raciocínio

O economista italiano Vilfredo Pareto criou um conceito que ficou mundialmente famoso: a lei dos 80/20. Segundo ele, de tudo o que fazemos, 20% garantem 80% do resultado.

E isso se aplica ao copywriting!

Muitas pessoas acham que o título é importante porque “chama a atenção”. Sim, ele é. Mas não é por isso que eu o aconselho a dedicar 80% do seu tempo nisso. O segredo é: se você conseguir um bom assunto, as pessoas vão querer ler o texto inteiro.

Foque a maior parte do seu tempo e de sua atenção nos 20% que mais fazem diferença: estabelecendo uma boa linha de raciocínio.

Por quê? Porque se você conseguiu expressar com precisão o conteúdo de sua mensagem em poucas – e certeiras – palavras, então você já completou sua tarefa.

2. Sempre seja claro sobre o que você vai escrever

O principal objetivo da copy é fazer com que o destinatário tome uma determinada decisão. Portanto, antes de começar a redigir seu texto, pergunte-se novamente o que exatamente você quer do destinatário? Que decisão ele deve tomar depois de ler seu texto?

Nesse caso, a incerteza é sua inimiga. Quanto mais claro for o seu propósito, mais convincente será a sua escrita.

Quer vender mais por meio do copywriting? Então você não pode deixar de conferir este artigo do nosso Blog:

Técnicas de copywriting para vender mais: conheça as 5 principais!

3. Comece a criar sua copy pela conclusão

Pode parecer contraditório, mas é isso mesmo!

Sua conclusão é uma declaração da decisão que o destinatário deve tomar, com base no conteúdo de sua copy.

Na escola, éramos ensinados a sempre começar um texto pela introdução. No caso de escrever copies convincentes, não é bem assim.

As pessoas estão ocupadas demais para julgar sua habilidade literária. Portanto, traga a informação mais importante primeiro.

Por exemplo, quando aqui na Eixo Digital, desejamos obter tráfego em nosso site, de pessoas interessadas em Inbound Marketing, dizemos:

“Agência de Inbound Marketing focada em gerar conversões para o seu negócio, essa é a Eixo Digital”.

4. Divida seus argumentos em parágrafos de fácil compreensão

Para tornar os argumentos em apoio à sua ideia fáceis de ler e entender, divida-os em vários parágrafos.

Um bom exemplo é criar estes parágrafos em frases curtas (no máximo, 3-4 linhas) e, após você já ter transmitido a ideia principal do seu texto, só então você passa também os diferenciais. Exemplo:

A Eixo Digital se tornou referência, quando falamos de agências de Marketing. [ideia principal]

Mas sabe por quê? Porque somos especialistas em: [diferenciais]

  • Inbound Marketing
  • Marketing de conteúdo
  • SEO
  • Analytics 
  • Gestão de mídias pagas
  • Criação de sites
  • Gestão de redes sociais
  • Infoprodutos
  • Inside sales

5. Apoie cada argumento com evidências

Se você escrever um texto apoiado apenas em bons argumentos, ele pode ser percebido como uma opinião pessoal e nada mais. Todo argumento precisa de provas. De que outra forma será possível entender que isso realmente funciona?

A melhor maneira de realizar essa tarefa com eficácia, é passar a informação com provas sociais, cases de sucesso ou dados. Especialmente quando falamos de vendas. Afinal, ninguém está disposto a abrir a carteira se não tiver certeza de que é um bom negócio.

6. Repita a sua conclusão como um apelo à ação

No final do texto, repita novamente a sua conclusão, que foi formulada logo no início. Só que, agora, como um apelo a uma ação concreta. Assim você leva o destinatário a uma conclusão específica, à qual ele deve chegar depois de ler sua copy.

Essa chamada deve ser simples e específica, conhecida no copywriting pela sigla “CTA” (Call-to-action, ou chamada para ação), com frases geralmente no imperativo.

Por exemplo:

Cadastre-se agora para receber o material em seu e-mail!

Aqui no nosso Blog, temos um conteúdo com o bê-a-bá do copywriting. Confira o artigo:

Copywriting: o que é e como funciona?

7. Inclua o benefício já no assunto do texto

A linha de assunto ou título de um texto é uma das partes mais importantes. Ela deve antecipar o assunto principal da leitura e chamar a atenção do  destinatário para o objetivo que você deseja.

E é por isso que você deve preenchê-lo por último, depois de ter escrito todos os argumentos e evidências que sustentam sua conclusão principal.

O ideal é que a linha de assunto resolva dois problemas importantes:

  • Deve interessar o leitor o suficiente para que ele abra o e-mail e leia o texto.
  • Deve conter a ideia que você deseja transmitir ao destinatário.

Na maioria dos casos, a melhor maneira de cumprir essas duas tarefas ao mesmo tempo é escrever sobre os benefícios a serem obtidos, se o leitor tomar a decisão proposta.

Um bom exemplo disso poderia ser o próprio título deste artigo, em que já pontuamos o que seria dito ao longo da leitura: “Checklist de copywriting: o que avaliar antes de disparar”.

Esperamos que você tenha gostado do conteúdo. Para ter campanhas de marketing realmente eficientes, o copywriting é parte fundamental, mas isso nem sempre é uma tarefa simples de fazer. 

Se você quer contar com uma equipe de profissionais especializados em inbound marketing, com larga experiência no planejamento e execução de estratégias de marketing para negócios de diversos segmentos e variados portes, conte com o time da Eixo Digital.

Somos apaixonados por marketing e especialistas em mudar a trajetória de marcas e empresas através do digital.

Quero falar com um especialista da Eixo Digital!

[fbcomments width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]