Conteúdos meio de funil: saiba como persuadir seu leitor para dar o próximo passo!

Como bem se sabe, na jornada de compra de um cliente, existe toda uma trajetória e etapas a serem cumpridas.

Para atrair os clientes no marketing digital, precisamos usar conteúdos estratégicos, respeitando as etapas de jornada de compra, com conteúdos que se conectem com as necessidades dos usuários em todas as fases: indo da descoberta à decisão de compra.

Já vimos em outro artigo do nosso blog, que os conteúdos do tipo Topo de Funil têm a função de educar o visitante que está iniciando nessa jornada, para que ele se torne um futuro cliente. 

No artigo de hoje, você vai conhecer o próximo passo, que são os conteúdos do tipo meio de funil!

Afinal, o que são conteúdos meio de funil? 

Assim que o visitante é atraído e passa pelo estágio topo de funil, assim que ele dá o próximo passo, o ideal é que ele comece a receber conteúdos mais avançados e aprofundados: a chamada etapa “Meio de Funil”. Etapa essa que é importante tanto quanto os conteúdos de topo e que fica ali no meio campo entre atrair o Lead e fazê-lo tomar a decisão de se tornar um cliente. 

É neste exato momento em que o visitante pode apresentar algum interesse em seu produto ou serviço, mas ainda está um pouco na dúvida se a sua empresa é realmente o que ele procura ou precisa. 

Por isso, mesmo o visitante já tendo uma noção maior de interesse pela sua empresa, é importante continuar nutrindo essa pessoa com conteúdos de valor e que agreguem, de alguma maneira, em sua vida. 

Neste momento, você ainda não irá vender logo de cara o seu produto ou serviço. Aqui, ainda estamos preparando e persuadindo nosso leitor para o próximo passo. 

Veja também:
MARKETING DE CONTEÚDO: COMO CRIAR ESTRATÉGIAS

Como persuadir o leitor para o próximo passo

Ok, mas o que seria esse próximo passo? Bom, se nós já atraímos o visitante, agora é hora de nutri-lo com mais e mais conteúdos que solucionem seus problemas relacionados ao que ele procura em sua empresa. 

Mas como eu já te disse lá em cima, agora no Meio do Funil não iremos propriamente vender, mas sim mostrar, de forma prática, como o seu negócio pode ajudar e solucionar os problemas do seu lead. 

Para isso, desenvolver um conteúdo de alto valor não deixa de ser importante, mas agora os conteúdos não podem ter mais um cunho genérico. Aqui, eles devem ser mais aprofundados e detalhados sobre o assunto que o seu visitante busca. 

Além disso, no meio do funil, os visitantes estão mais interessados no que você, como empresa, pode oferecer. E é exatamente por isso que seus conteúdos precisam conter um tom puxado mais para vendas (mas nem tanto, ok? Lembre-se que aqui ainda não estamos vendendo logo de cara). 

Como fazer conteúdos meio de funil

Agora que você já sabe que seu conteúdo precisa ser mais aprofundado e um pouco mais vendedor, vamos para a parte prática? 

Exemplos de conteúdos Meio de Funil

Alguns bons exemplos de conteúdos Meio de Funil e que atestamos funcionar na prática são: 

  • Blog posts;
  • Newsletter;
  • E-books;
  • Checklists; 
  • Guias comparativos;
  • Vídeos de demonstrações;
  • Estudos de caso.

Como pudemos perceber, os tipos de conteúdos meio de funil não são muito diferentes daqueles do topo de funil. Mas a grande diferença está em educar e envolver o leitor com sua marca, aproveitando que ele já foi lá no topo do funil. 

Dessa forma conseguimos enxergar de forma concreta toda a jornada do visitante sendo traçada rumo ao que tanto almejamos e trabalhamos: vendas!

E o grande X da questão de como persuadir o seu leitor até á decisão da compra do seu produto ou serviço é entender, de fato, as dores dele e mostrar para ele como o seu negócio pode ajudá-lo. 

Quando ele entende que a sua empresa é a grande resolvedora dos problemas dele, ele tende a ser conduzido para o fundo do funil e posteriormente, a se tornar embaixador e defensor da sua marca. 

Métricas a serem analisadas no Meio de funil 

Acredito que você já conseguiu entender que os conteúdos meio de funil são essenciais para que a sua audiência seja educada e se envolva cada vez mais com a sua empresa. 

Mas é muito importante que, além de criar estes conteúdos mais aprofundados, você precise mensurar e analisar tudo o que tem gerado nessa etapa, por meio de seus esforços. 

Como, por exemplo, quantos leads estão sendo gerados na divulgação de seu e-book; quantos leads se cadastraram na newsletter; quantidade de visitantes novos e recorrentes e de tráfego, que seu site tem gerado; taxa de cliques; tempo de permanência na página, etc. 

Veja também:
WEB ANALYTICS: SAIBA UTILIZAR OS DADOS A FAVOR DO SEU NEGÓCIO!

Porque é através desses números que você irá identificar se o seu conteúdo tem realmente cumprido o papel dele de persuadir, educar e envolver o seu leitor para o próximo passo. 

Isso se aplica muito a um de nossos valores aqui, na Eixo Digital: menos achismos e mais dados! 

Não é à toa que somos especialistas em gerar resultados por meio do inbound marketing, com vários e vários cases de sucesso. 

Por isso, cola com quem entende e caso você precise de uma ajuda para ter mais sucesso no planejamento e na execução das suas estratégias de marketing, fale agora com um dos nossos especialistas!

[fbcomments width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]