Golden circle: como usar este modelo na sua estratégia de negócios

Por: Raphael Caitano

Golden circle: como usar este modelo na sua estratégia de negócios

O Golden Circle é uma metodologia revolucionária que pode transformar completamente a maneira como você conduz seus negócios. Desenvolvido por Simon Sinek, esse modelo propõe uma abordagem que começa pelo propósito de uma empresa e se estende até suas estratégias e produtos. 

Neste artigo, você descobrirá como aplicar o golden circle para criar um impacto significativo e se destacar no mercado. Além disso, ao final do conteúdo, apresentaremos uma estratégia inovadora para alavancar o crescimento da sua empresa de forma exponencial. Não perca!

O que é o Golden Circle?

O Golden Circle (em português, “Círculo Dourado”) é uma metodologia desenvolvida pelo inglês Simon Sinek, que visa ajudar empresas e líderes a encontrarem seu propósito e, consequentemente, gerarem um impacto significativo

A estrutura é baseada em três perguntas fundamentais que devem ser respondidas na seguinte ordem: Por quê? Como? O quê? 

Esse modelo de pensamento propõe uma abordagem de dentro para fora, começando pelo núcleo do círculo até suas camadas externas, promovendo uma comunicação mais eficaz e inspiradora.

A ideia central do golden circle é que empresas e líderes bem-sucedidos não apenas sabem o que fazem ou como fazem, mas têm uma compreensão clara e profunda do porquê fazem o que fazem. 

Esse “porquê” representa o propósito, a causa ou a crença fundamental que motiva todas as suas ações. Quando uma empresa começa pelo “porquê”, ela pode se destacar da concorrência e atrair consumidores que compartilham desses mesmos valores e propósitos.

As Três Camadas do Golden Circle

  1. Por quê? A camada central do círculo responde à pergunta “Por quê?”. Este é o propósito ou a razão de ser da empresa. É o que inspira e motiva todos os envolvidos, desde os líderes até os clientes. Saber o “porquê” é crucial para alinhar as ações e estratégias de forma coerente e significativa.
  1. Como? A camada intermediária aborda o “Como?”. Aqui, são definidas as estratégias e os processos que a empresa emprega para alcançar seu propósito. Esta camada envolve a criação de um plano de ação fundamentado em crenças e valores, delineando o caminho para alcançar o sucesso.
  1. O quê? A camada externa responde à pergunta “O quê?”. Este é o nível mais tangível do círculo, onde são definidos os produtos ou serviços que a empresa oferece. Embora seja a camada mais visível, o “o quê” é a consequência natural de um propósito bem definido e estratégias bem elaboradas.

A metodologia do golden circle desafia as empresas a repensarem suas abordagens tradicionais de desenvolvimento de negócios, que frequentemente se concentram apenas no “o quê” e no “como”. 

Ao inverter essa lógica e começar pelo “porquê”, as empresas podem criar uma conexão mais profunda e emocional com seu público, inspirando lealdade e engajamento genuíno.

Complemente o seu estudo e veja o nosso conteúdo sobre PDCA: como funciona e como aplicar a metodologia. 

Quem é o estudioso por trás do método Golden Circle?

O nome por trás do revolucionário método Golden Circle é Simon Sinek, um inglês reconhecido mundialmente como escritor, palestrante motivacional e especialista em liderança. Sinek tem se destacado por sua habilidade em inspirar líderes e empresas a encontrarem e comunicarem seu propósito, ajudando-os a alcançar um impacto duradouro e significativo.

Simon Sinek iniciou seus estudos em Direito na Universidade de Londres e posteriormente se licenciou em Antropologia Cultural na Universidade de Brandeis. Essa combinação de estudos jurídicos e antropológicos forneceu a ele uma perspectiva única sobre a natureza humana e os fatores que motivam o comportamento e a liderança eficaz.

Sinek é autor de dois livros amplamente conhecidos e respeitados no campo da liderança e motivação:

  • “Por quê? Como grandes líderes inspiram ação” (2017, Editora Saraiva)
  • “Comece pelo porquê” (2018, Editora Sextante)

Esses livros exploram em profundidade o conceito do Golden Circle, oferecendo insights práticos sobre como líderes podem inspirar suas equipes e construir negócios com propósito.

TED Talk Famosa

A popularidade de Simon Sinek aumentou significativamente após sua palestra no TED Talk em 2009, intitulada “Como grandes líderes inspiram ação”. Essa palestra, que já foi vista por mais de 53 milhões de pessoas, apresenta o conceito do Golden Circle de maneira clara e envolvente.

Durante a apresentação, Sinek explicou como grandes líderes e organizações, como a Apple, Martin Luther King e os irmãos Wright, pensavam, agiam e se comunicavam de dentro para fora, partindo de seus princípios e propósitos. Ele argumenta que esse padrão de pensamento é o que diferencia esses líderes dos demais.

Sinek destaca a importância de se comunicar de dentro para fora, afirmando que:

“As pessoas não compram o que você faz; elas compram o porquê você faz.”

Essa abordagem, segundo ele, toca diretamente a parte do cérebro que controla o comportamento, permitindo que as pessoas racionalizem suas decisões com base nas ações e palavras tangíveis das empresas e líderes.

A metodologia do Golden Circle e a abordagem de Sinek têm influenciado inúmeras empresas e líderes ao redor do mundo, ajudando-os a se conectarem de forma mais profunda e emocional com seu público. 

Seu trabalho continua a ser uma referência importante para aqueles que desejam construir negócios de impacto e inspirar pessoas a agir em direção a um propósito maior.

Veja também como o processo de onboarding pode ajudar no desenvolvimento do seu negócio!

A lei da difusão da inovação

A Lei da Difusão da Inovação, proposta por Everett Rogers, é um modelo que descreve como novas ideias e tecnologias são adotadas pela sociedade ao longo do tempo. 

Esse conceito está intimamente ligado ao Golden Circle de Simon Sinek, pois ambos enfatizam a importância de entender e comunicar o “porquê” por trás de um produto ou ideia para alcançar um impacto significativo.

Segmentos da Lei da Difusão da Inovação

  1. Inovadores (2,5% da população): Os inovadores são os primeiros a adotar novas ideias e tecnologias. São aqueles indivíduos que passam horas na fila esperando o lançamento de um novo produto. Eles são motivados pela novidade e pelo desejo de estar na vanguarda das inovações.
  1. Primeiros Adeptos (14% da população): Conhecidos como early-adopters, esses indivíduos são os próximos a adotar novas tecnologias após os inovadores. Eles são geralmente influenciadores que ajudam a disseminar a inovação para a próxima camada de adotantes.
  1. Maioria Inicial (34% da população): A maioria inicial é composta por consumidores que são mais cautelosos, mas abertos a inovações uma vez que elas se provem úteis e confiáveis. Eles precisam ver a adoção pelos primeiros adeptos antes de se sentirem confortáveis em seguir a tendência.
  1. Maioria Tardia (34% da população): Esses consumidores são mais conservadores e relutantes em adotar novas tecnologias. Eles precisam ver a inovação se tornar uma norma antes de considerá-la.
  1. Retardatários (16% da população): Os retardatários são os mais resistentes às mudanças. Eles tendem a se apegar a tecnologias e métodos antigos e só adotam inovações quando estas já estão completamente integradas na sociedade.

A Conexão entre o Golden Circle e a Lei da Difusão da Inovação

Para uma empresa que adota a metodologia do Golden Circle, a chave para o sucesso está em atrair os inovadores e early-adopters que compartilham do mesmo propósito e crenças. Esses indivíduos não apenas compram produtos, mas também promovem e influenciam outros a seguir o mesmo caminho.

Quando uma empresa comunica seu “porquê” de maneira clara e inspiradora, ela consegue atrair esses primeiros adeptos que acreditam na mesma causa. Isso cria uma base sólida de defensores que podem ajudar a inovação a se espalhar para a maioria inicial e além.

Importância de Alcançar os Primeiros Adeptos

Para alcançar o mercado de massa, é essencial conquistar uma penetração de mercado inicial de 15 a 18%. Isso ocorre porque a maioria inicial precisa ver que a inovação já foi adotada por outros antes de se sentir segura para fazer o mesmo. 

Os inovadores e primeiros adeptos desempenham um papel crucial nesse processo, pois são os que estão dispostos a tomar riscos e acreditar na inovação desde o início.

Exemplos Inspiradores

Pense no impacto de líderes como Martin Luther King Jr. As pessoas não o seguiam apenas por ele, mas porque acreditavam nos mesmos princípios de igualdade e justiça que ele defendia. Da mesma forma, consumidores não compram um produto apenas por suas características técnicas, mas pelo propósito e valores que ele representa.

A Lei da Difusão da Inovação, quando combinada com o Golden Circle, pode fornecer às empresas uma poderosa estratégia para lançar e popularizar novas ideias e tecnologias, começando com aqueles que estão mais alinhados com seu propósito.

Como aplicar o Golden Circle?

Como aplicar o Golden Circle?

Aplicar o Golden Circle na sua empresa é um processo transformador que ajuda a alinhar todos os aspectos do negócio com um propósito claro e inspirador. Seguindo um passo a passo simples, você pode implementar essa metodologia para diferenciar sua empresa no mercado e criar uma conexão profunda com seus clientes.

Comece pelo Por quê? (Why)

O primeiro passo é definir a razão de ser da sua empresa. Pergunte-se:

  • Por que a empresa existe?
  • Qual é o seu propósito?
  • Qual causa será a motivadora para colocar projetos, ações e campanhas em prática?

Encontrar o “porquê” é crucial, pois ele estará no DNA da empresa. Esse propósito deve ser algo que diferencia a sua empresa dos concorrentes e que somente a sua marca pode oferecer ao consumidor. Uma resposta clara para essa pergunta é fundamental para traçar o caminho a seguir e conduzir o negócio de acordo com o seu propósito.

Siga com o “Como?” (How)

O segundo passo é perguntar: Como?. Aqui, você define o caminho a ser trilhado para que a empresa cumpra seu propósito e alcance seus objetivos. Isso envolve a criação de um plano estratégico que detalha os processos e métodos a serem empregados. 

As ações planejadas devem estar em conformidade com os valores e a missão da empresa. É essencial que as estratégias reflitam o propósito definido no primeiro passo, garantindo que cada ação esteja alinhada com a causa maior da empresa.

Termine com o “O quê?” (What)

Finalmente, pergunte-se: O quê?. Esta é a camada externa do Golden Circle, onde você define os produtos ou serviços que sua empresa oferece ao mercado. Após estabelecer o propósito e o planejamento estratégico, é hora de pensar no que será entregue ao consumidor. 

Nesse estágio, o Golden Circle ajuda a empresa a se destacar da concorrência, oferecendo não apenas produtos, mas uma conexão emocional com os consumidores baseada em um propósito claro.

Dicas para criar o Golden Circle

Para implementar o Golden Circle com sucesso, considere as seguintes dicas:

  1. Fuja dos lugares comuns: Na definição do propósito, evite clichês como “melhorar a vida das pessoas”. Seja específico para encontrar conexões mais genuínas.
  2. Valorize cada palavra: Construa seu “porquê” com cuidado, escolhendo palavras que realmente traduzam a mensagem desejada.
  3. Idealize um mundo com sua solução: Pense em como seria o mundo com seu produto no mercado e o que ele agregaria à sociedade. Isso ajudará a definir um propósito alinhado às necessidades reais.
  4. Coloque-se no lugar do cliente: Imagine a falta que seu produto faz para resolver um problema específico. Esse exercício ajuda a criar uma identificação maior com o público e a conectar-se com uma audiência alinhada ao seu propósito.

O Círculo Dourado na prática

Aplicar o Golden Circle na prática depende da sensibilidade e do comprometimento dos gestores. 

Migrar o investimento em marketing para a consolidação de uma cultura organizacional e a criação de uma imagem interna madura pode ser um caminho eficaz. A ideia é inverter a lógica de vender por vender e, em vez disso, focar na sustentação de um propósito claro.

Simon Sinek defende que os clientes não se tornam fiéis apenas pelo que a empresa vende, mas sim pelo motivo por trás da venda. Portanto, estratégias de marketing serão mais eficazes quando houver um propósito bem definido por trás das ações.

Outras empresas que utilizam a metodologia do Círculo de Ouro

A metodologia do Círculo de Ouro, desenvolvida por Simon Sinek, tem sido adotada por várias empresas de renome mundial, ajudando-as a se destacar no mercado e a construir uma conexão emocional com seus consumidores. 

Vamos explorar alguns exemplos notáveis de empresas que aplicam o Círculo de Ouro em suas estratégias.

Apple

A Apple é frequentemente citada por Simon Sinek como um exemplo clássico da aplicação do Golden Circle. Ao contrário de muitas empresas que se concentram apenas na tecnologia, a Apple tem um propósito claro que orienta todas as suas ações.

  • Por quê: Desafiar o status quo e pensar de maneira diferente.
  • Como: Desenvolvendo produtos lindos e fáceis de usar.
  • O quê: Computadores, celulares, MP3 players e outros dispositivos eletrônicos.

Steve Jobs, co-fundador da Apple, era conhecido por sua paixão e visão que iam além da tecnologia. Ele queria criar produtos incríveis ligados à música, arte e experiências incríveis, o que ressoava profundamente com os consumidores.

Natura

A Natura, empresa brasileira de cosméticos e produtos de beleza, também exemplifica bem a aplicação do Golden Circle.

  • Por quê: Paixão pela cosmética e pelas relações humanas.
  • Como: Promovendo o bem-estar das pessoas consigo mesmas e com os outros.
  • O quê: Fragrâncias, texturas e composição de produtos de beleza e higiene pessoal.

A Natura se diferencia por seu foco nas relações humanas e na sustentabilidade, alinhando seus produtos e campanhas a esses valores fundamentais.

Nike

A Nike utiliza o Círculo de Ouro para inspirar seus consumidores a alcançar seus objetivos e superar desafios.

  • Por quê: Iniciar coisas novas e incentivar as pessoas a “apenas fazerem”.
  • Como: Inovando em equipamentos esportivos para melhorar o desempenho dos atletas.
  • O quê: Tênis, roupas e acessórios esportivos de alta qualidade.

O slogan “Just Do It” encapsula o propósito da Nike, incentivando as pessoas a agir e se superar, o que cria uma forte conexão emocional com a marca.

Google

O Google se destaca por seu propósito claro de organizar a informação mundial e torná-la acessível a todos.

  • Por quê: Organizar o mundo e torná-lo universalmente acessível.
  • Como: Desenvolvendo algoritmos inovadores.
  • O quê: Serviços da web, aplicativos, sistemas operacionais para computadores e smartphones.

Essa missão orienta todas as inovações do Google, desde o motor de busca até suas diversas ferramentas e plataformas digitais.

Coca-Cola

A Coca-Cola busca criar um produto que seja universal e que possa ser apreciado por todos em qualquer ocasião.

  • Por quê: Compartilhar um sabor refrescante que combina com comida e experiências.
  • Como: Criando uma receita flexível e adaptável a diferentes culturas.
  • O quê: Uma bebida suave e refrescante.

A marca utiliza campanhas que destacam a universalidade e a capacidade da Coca-Cola de unir pessoas em torno de momentos compartilhados.

Essas empresas exemplificam como a aplicação do Golden Circle pode levar ao sucesso, não apenas em termos de vendas, mas na construção de marcas que ressoam profundamente com os consumidores. 

A abordagem de dentro para fora, começando pelo propósito (porquê), seguindo pelas estratégias (como) e culminando nos produtos ou serviços (o quê), permite criar conexões emocionais e inspirar lealdade duradoura.

Conheça também o Flywheel: uma nova perspectiva: um ciclo contínuo de crescimento e engajamento.

O Golden Circle nos negócios

O Golden Circle nos negócios

Imagine uma empresa que, ao realizar uma campanha de marketing, ao invés de apresentar os resultados de seu produto ou enfatizar as qualidades de sua marca, fala sobre os motivos que a levam a produzir tais produtos: sua missão, seus valores, seus propósitos e motivações. Consegue imaginar? 

Pode parecer uma divulgação institucional, mas não é. Trata-se do jeito Golden Circle de fazer marketing: a propaganda pelo caminho inverso. Não é sobre mostrar os resultados ou as qualidades de um produto, mas sim sobre conquistar pessoas que estejam alinhadas com a missão da empresa, e por isso consomem os produtos que ela produz.

O Jeito Golden Circle de Fazer Marketing

A citação famosa de Simon Sinek resume bem essa abordagem:

“As pessoas não compram o que você faz, mas o porquê do que você faz.”

Essa filosofia transforma a maneira como as empresas se comunicam com seu público. Em vez de focar nos atributos do produto, a mensagem é centrada no propósito da empresa. 

Esse tipo de comunicação não só atrai clientes que compartilham dos mesmos valores, mas também fortalece a lealdade e o engajamento.

Benefícios de Utilizar o Golden Circle nos Negócios

  1. Alinhamento de Propósito: Quando uma empresa comunica seu propósito de forma clara, ela atrai consumidores e colaboradores que compartilham das mesmas crenças. Isso cria um alinhamento natural que fortalece o vínculo entre a empresa e seus stakeholders.
  2. Comunicação Efetiva: Utilizar canais de comunicação como SMS, WhatsApp ou e-mail para enviar mensagens que reforçam a missão e os valores da empresa pode ser altamente eficaz. Essas mensagens podem ser divididas em:
    • Corporativas: Para informar os funcionários sobre notícias internas e fortalecer a comunicação interna.
    • Marketing: Para relacionar-se com os clientes, promovendo campanhas de produtos e fortalecendo o relacionamento com o público.
    • Interativas: Para realizar pesquisas de satisfação, oferecer promoções exclusivas e confirmar presenças em eventos.
  3. Fortalecimento de Relacionamentos: Quando uma empresa é vista e lembrada por seu propósito, a ligação com seus colaboradores e consumidores se torna muito mais forte. Essa conexão emocional é um diferencial significativo no mercado competitivo de hoje.

Exemplos Práticos

  • Comunicação Interna: Informar os funcionários regularmente sobre como suas contribuições estão alinhadas com o propósito da empresa pode aumentar o engajamento e a motivação.
  • Campanhas de Marketing: Em vez de apenas anunciar um novo produto, uma campanha pode focar em como esse produto contribui para o propósito maior da empresa. Por exemplo, uma empresa de tecnologia pode focar em como seus produtos ajudam a melhorar a qualidade de vida das pessoas.
  • Engajamento do Cliente: Usar a história e a missão da empresa em interações com os clientes pode aumentar a lealdade. Enviar mensagens que compartilhem histórias de impacto positivo ou iniciativas sociais que a empresa apoia pode criar um vínculo mais forte com os consumidores.

O Golden Circle nos negócios é mais do que uma estratégia de marketing; é uma filosofia que pode transformar a maneira como uma empresa opera e se relaciona com o mundo. Ao focar no “porquê” em vez do “o quê”, as empresas podem inspirar seus clientes e colaboradores, criando uma base sólida de apoio e lealdade. Essa abordagem não só diferencia a empresa no mercado, mas também cria uma conexão emocional duradoura com seu público.

Conclusão

O Golden Circle é uma metodologia poderosa que pode transformar a maneira como as empresas operam e se comunicam. Ao focar no “porquê” e criar uma conexão emocional profunda com clientes e colaboradores, as empresas podem se destacar no mercado e construir uma base de apoio leal e duradoura.

Para continuar a jornada de crescimento e inovação, recomendamos explorar nosso próximo artigo: Growth Hacking: estratégias inovadoras para crescimento exponencial. Descubra como aplicar técnicas de growth hacking para elevar o crescimento da sua empresa de forma rápida e eficaz.

Posts Recentes

Vídeos