7 dicas para vender na crise do Coronavírus

Vendas - Raphael Caitano

Está se perguntando o que fazer agora com o seu negócio no momento de crise do Coronavírus que estamos vivendo?

Está com medo de quebrar, de ter que demitir funcionários, perder clientes e até precisar fechar o seu negócio?

Calma! O momento de crise pode causar sim muitos receios, mas existem possibilidades de continuar vendendo mesmo com as restrições de circulação de pessoas. Talvez você só não tenha enxergado isso ainda.

Acompanhe o artigo que vamos te mostrar 7 dicas para ainda conseguir vender na crise do Coronavírus.

 

 1 – Aproxime-se de seus clientes em tom de parceria

 

O primeiro passo é estar próximo dos seus clientes, veja ele realmente como um parceiro e mostre que estão juntos nessa fase difícil.

Esse é o momento onde deve haver mais diálogo do que nunca entre os dois, procure entender suas principais dificuldades e pensar em soluções eficazes para reduzir o peso da crise. Imagine os possíveis cenários.

E, mais: jamais chegue a conclusões sem antes conversar e entender as reais demandas do seu cliente.

Exemplo: se você possui uma clínica, entenda se os seus clientes conseguem ficar sem o seu serviço. Nesse momento, uma gestante consegue deixar de ser acompanhada, por exemplo? Doenças graves podem ter seu tratamento adiado? Urgências médicas podem deixar de ser atendidas?

 

 2 – Utilize o marketing digital como aliado

Utilize as mídias digitais, mais do que nunca, para divulgar os seus serviços e produtos nos canais online. Nesse momento de isolamento social, as pessoas estão muito mais conectadas ao digital.

Portanto, oferte condições especiais, como entregas em domicílio ou vendas antecipadas. Se couber ao seu segmento, faça lives para ficar mais próximo dos seus clientes e manter um contato com eles mesmo que à distância. 

Exemplo: Se você trabalha com turismo, venda pacotes de final do ano. Assegure a entrega e indique todas as medidas de segurança e prevenção para o seu cliente e entregador.

Leia também:

Marketing Digital para Empreendedores na CRISE: entenda a importância

 3 –  Divulgue suas medidas preventivas 

 

É importante estar sempre lembrando os seus clientes que todas essas medidas estão sendo tomadas para segurança deles e dos funcionários da empresa. Demonstrar que isso está sendo feito de forma preventiva gera confiança.

Exemplo: se você tem um mercado, envie mensagens ao seu cliente mostrando os cuidados que você está tendo com seu negócio, com a higienização do local, funcionários atendendo com uso de máscaras e higienizando bem as mãos. É importante ter compartimentos de álcool em gel e máscaras disponíveis tanto para os funcionários quanto para os clientes e, se for possível, uma boa opção é poder marcar hora para ter atendimento exclusivo, diminuindo a quantidade de pessoas no mesmo horário.

 

 4 – Promova flexibilidade aos colaboradores

 

Esse é um momento crucial de apoio e colaboração da equipe. Pense em como criar novos modelos de venda para flexibilizar a atuação dos colaboradores. Dessa forma, ninguém sairá prejudicado.

É importante ter uma organização e atualizar os seus funcionários de como funcionará a rotina daqui para frente. Horários, prazos, questões de segurança, a nova estratégia de atendimento e de venda. 

É inevitável: os seus funcionários vão precisar adotar novas formas de trabalhar. Por isso, é extremamente importante manter um diálogo constante com eles com informações claras e consistentes sobre o que está acontecendo com o seu negócio no momento.

Exemplo: se você tem um estabelecimento no setor alimentício, por exemplo, verifique a possibilidade de criar pacotes com entregas regulares, evitando com que as pessoas se desloquem até o seu estabelecimento.

 5 – Utilize seu time para alavancar as vendas

Essa é a hora de unir forças e de envolver toda a equipe para a sustentação da empresa.

Exemplo: Se o seu segmento é moda ou beleza, por exemplo, peça para que seus funcionários atuem como consultores do negócio no mundo digital, postando e re-postando conteúdos da marca, impulsionando suas vendas online.

 6 – Organize-se e faça planos para o fim da crise do Coronavírus

Em meio a tantas mudanças que estamos passando nessa crise do Coronavírus, existe uma certeza: ela vai passar. E você precisa se preparar para quando essa fase difícil acabar!

Saia na frente e planeje a sua atuação para o final da crise. As previsões mostram que os impactos do Covid-19 nos negócios não devem ultrapassar os 4 meses.

Durante esse tempo de pausa, aproveite para revisar os processos, implementar sistemas, atualizar o inventário. Planeje ações de marketing para o fim da crise do Coronavírus, assim você e a sua equipe vai estar mais preparado do que o seus concorrentes.

 7 – Identifique os novos hábitos de consumo e adeque-se a eles

Se você tiver uma visão mais à frente e conseguir compreender os novos hábitos e necessidades de consumo, será possível inovar e ganhar novos clientes.

Entenda que novas necessidades levam a novas oportunidades de inovação para o seu negócio. 

Esteja atento aos sinais e às mudanças de comportamento de consumo. Talvez ainda seja cedo, mas algumas formas novas de se consumir surgirão, como o aumento do consumo online de produtos e serviços dos setores alimentícios, de vestuário, beleza e saúde, de home office e outros. Procure se adaptar às novas rotinas que surgirão e, assim, ainda conseguirá vender na crise do Coronavírus. 

Leia também: Impactos do Coronavírus na Saúde: como contornar? Dicas de especialistas.

 

Comece agora mesmo a aplicar essas dicas e se adaptar à essa crise, inovando de acordo com os novos hábitos da população e evoluindo no digital!

Precisa bater um papo com especialistas em marketing digital para conversar sobre a sua empresa? Clique aqui e solicite nosso contato! 

 

fale com um dos especialistas da agência eixo digital primeira agência platinum do centro-oeste
A Eixo Digital é a primeira Agência Platinum do Centro-Oeste entre os parceiros da Resultados Digitais. Que tal falar com um de nossos especialistas?

 

Comentários