Análise de SEO: saiba como avaliar a situação do seu site

SEO - Raphael Caitano

A análise de SEO é o que você precisa para entender qual a situação do seu site e descobrir possíveis erros, quais pontos precisam ser melhorados e o que está dando certo. 

Se você chegou até aqui, provavelmente já sabe da importância do SEO para aumentar o tráfego do seu site e potencializar suas estratégias de Inbound Marketing. A questão é que, na maioria dos casos, as pessoas acreditam que basta aplicar algumas técnicas de SEO uma vez e pronto, seu site/blog já estará otimizado. 

A verdade é que SEO é um processo complexo, cheio de variáveis, e não basta aplicá-lo apenas uma vez em determinado item. Você precisa reciclar suas otimizações constantemente, acompanhar e mensurar resultados através de uma análise ou auditoria de SEO minuciosa. 

Se você não sabe como fazer a análise de SEO em seu site, neste artigo vamos dar algumas dicas para quem quer começar a analisar suas otimizações. São métodos simples e acessíveis, mas não se engane, são muito eficazes. 

Como analisar o SEO de um site?

Criar um site é como construir uma loja. Se você construí-la em uma rua pouco movimentada, certamente estará deixando de captar clientes por falta de exposição. Agora se essa mesma loja estiver em uma avenida com grande fluxo de pedestres, as chances de atrair mais visitas e vender mais aumentam consideravelmente.
Essa lógica é bastante parecida quando estamos falando de um site. Se o site atrai poucos ou nenhum visitante, ele será um canal de vendas fraco. Simples assim. É preciso colocá-lo em “uma rua bem movimentada”, ou seja, na primeira página do Google: é lá que você terá uma ótima oportunidade de atrair visitantes e conseguir novos clientes.
Separamos portanto alguns pontos cruciais na hora de analisar o SEO de um site. São os principais pontos de partida que você deve avaliar ao fazer um diagnóstico da situação atual no que se refere a otimização para motores de busca.

Veja se o seu site é rastreável

A primeira dica de análise é começar pelo básico, ou seja, descobrir se o seu site está sendo realmente rastreado pelo Google e aparecendo nas pesquisas. É preciso pesquisar o seu site no Google para ver se ele aparece nos resultados e se as suas páginas estão ranqueadas.

Como fazer isso? Basta digitar “site:url do seu site” na barra de pesquisa do Google (dessa forma, sem espaço entre os dois pontos) e checar os resultados.

Por exemplo, no nosso caso, é só digitar “site:https://eixo.digital”. O seu resultado deve ser semelhante ao abaixo.

Auditoria de SEO

As principais páginas do nosso site representam os primeiros links, um bom indicativo de estratégia de SEO bem aplicada. 

 

Confira se a estruturação do site está correta

Cada site e página tem uma URL, não é? Partindo desse princípio, cada página do seu site/blog tem uma classificação de SEO, concorda? É por isso que na análise de SEO você precisa conferir se a estruturação do seu site e das páginas estão corretas. 

Existem algumas ferramentas muito úteis para te ajudar nesse processo de validação do SEO On-page (todas as estratégias e otimizações feitas dentro de uma página), por exemplo, a sessão de Otimização de Página (SEO) do RD Station. 

Auditoria de SEO
Relatório da sessão Otimização de Página (SEO) do RD Station. A ferramenta apresenta um score geral da página além dos pontos a serem melhorados, a partir dos principais critérios de ranqueamento de uma página de acordo com o Google

Outra ferramenta útil é a extensão do Chrome, Mozbar. Nela é possível avaliar indicadores como Domain Authority (DA) e Page Authority (PA) – autoridade de domínio e autoridade das páginas. Ambos indicadores mostram o potencial do seu domínio e página para atingir as primeiras posições nos resultados de busca do Google. 

Além dos aspectos On-Page de uma página, também é importante avaliar a hierarquia de conteúdos proposta pelo seu site. Recomenda-se que sejam necessários, no máximo, três cliques para que o usuário consiga chegar a qualquer página desejada em seu site. 

Por exemplo, aqui na Eixo, quem deseja encontrar conteúdos sobre SEO precisa apenas seguir esse fluxo: acessar a home > clicar para acessar o Blog > selecionar a categoria SEO. Nesse processo, o usuário faz apenas dois cliques no site até encontrar os conteúdos de SEO que estava buscando.

Esse tipo de organização e fluxo de usuário acontece hoje no seu site? Para isso, as categorias do seu site precisam ser claras, a fim de favorecer uma boa navegação e experiência ao usuário.

 

Caso tenha dúvidas sobre a arquitetura de sites, basta conferir este outro conteúdo.

 

E, para conferir todos os conteúdos de SEO existentes no Blog da Eixo, clique aqui.

 

O conteúdo está entregando valor ao usuário? 

Não se esqueça das perguntas básicas que vão nortear a sua estratégia e te ajudar a performar melhor. Entenda se as palavras-chave para as quais você é rankeado estão de acordo com o conteúdo proposto e com a sua estratégia de negócio.

No Search Console (ferramenta gratuita do Google para analisar o status de indexação e otimizar a visibilidade dos sites), vá em “desempenho” e veja quais são as consultas e palavras-chave para as quais seu conteúdo é rankeado. 

Lembre-se: a otimização de SEO deve ser feita pensando principalmente no usuário, não no algoritmo

Então, quando um usuário pesquisa por aquela palavra-chave que identificou no Search Console e chega ao seu conteúdo, ele encontra o que está buscando? Considere esse tipo de pensamento para avaliar este tópico.

Análise de SEO, Análise de SEO: saiba como avaliar a situação do seu site

 

Se tem dúvidas sobre como utilizar o Search Console e checar o desempenho dos seus conteúdos, leia também este outro artigo.

 

Quem te menciona? 

Não basta ter links que fazem referência ao seu site (backlink), é preciso que eles sejam de qualidade. Não adianta ter vários sites te referenciando se estes links estiverem quebrados, levarem para conteúdos desatualizados no seu site, vierem de domínios com baixa autoridade ou irrelevantes para o seu negócio, por exemplo. 

Para auditar esse critério, o Semrush é uma boa ferramenta que te ajuda a ver os sites que te referenciam e a qualidade desses links. Basicamente, a ferramenta fornece um auditor de backlinks que permite, além de outras coisas, descobrir e remover backlinks perigosos que podem ser penalizados pelo Google. 

Veja abaixo um exemplo de relatório de backlinks do SEMrush.

Auditoria de SEO

A auditoria de SEO pode se estender bastante e aumentar, consideravelmente, o volume de atividades para cada item mencionado. O que trouxe, portanto, é apenas um manual básico para um ponto de partida.

Entenda cada etapa e procure por mais ferramentas que poderão te ajudar nesse processo. Até a próxima!

Ferramentas de análise de SEO

Essas ferramentas ajudam você a descobrir os tópicos que seu público está procurando, além de analisar e apontar erros do seu site:

1. Answer The Public

A ferramenta Answer The Public puxa as perguntas que as pessoas estão fazendo (e alguns outros tipos de consultas) dos resultados do preenchimento automático do Google. É bastante útil para gerar ideias de tópicos, sendo possível encontrar mais de 150 ideias de palavras-chave em segundos. A ferramenta também encontra perguntas que as pessoas fazem em fóruns, blogs e nas redes sociais.

2. Google Keyword Planner: planejador de palavras-chave do google

O Google Keyword Planner é a ferramenta oficial de pesquisa de palavras-chave do Google. Use-a para gerar ideias de palavras-chave com base em até dez palavras-chave iniciais ou de um site ou URL. Embora o Planejador de palavras-chave tenha limitações, ele é útil para encontrar ideias de palavras-chave que você pode ter dificuldade em encontrar usando as ferramentas tradicionais.

3. Ahrefs

O Gerador de palavras-chave do Ahrefs permite encontrar as melhores ideias de palavras-chave ou frases, mostrando o volume de pesquisa mensal estimado para cada sugestão, mais pontuações de dificuldade de palavras-chave (KD) para as primeiras dez ideias. A ferramenta também é ótima para análise de backlinks.

4. Google Trends

O Google Trends mostra a popularidade de um tópico ao longo do tempo. Use-o para entender as tendências de buscas e evitar criar conteúdo sobre aqueles assuntos com interesse minguante.

5. Keyword Surfer

Keyword Surfer é uma extensão gratuita do Chrome que mostra os volumes de pesquisa globais e mensais estimados para qualquer consulta digitada no Google. Você também pode ver as palavras-chave semelhantes e termos relacionados na barra lateral. A extensão torna mais fácil para você fazer pesquisas de palavras-chave e análises competitivas sem precisar sair da SERP.

6. Rank Math

Rank Math é um plugin de SEO para WordPress que ajuda com SEO on-page e técnico. Alguns pontos em que ele pode ajudar:

  • Adicionar títulos, meta descrições e meta tags a posts e páginas;
  • Adicionar marcação de dados estruturados para rich snippets;
  • Redirecionamento de URLs;
  • Encontrar e corrigir links quebrados em seu site.

 

Para saber mais sobre como utilizar técnicas de SEO para rankear melhor seu conteúdo na internet e analisar suas otimizações,  CLIQUE AQUI para falar com um de nossos especialistas. 

eixo digital agencia platinum

 

Leia também:

O QUE É SEO? GUIA SIMPLIFICADO PARA QUALQUER UM ENTENDER!

COMO AVALIAR O DESEMPENHO DE UM SITE?

8 ERROS DE SEO QUE TE AFASTAM DAS PRIMEIRAS POSIÇÕES DO GOOGLE

COMO COLOCAR A SUA EMPRESA NA PRIMEIRA PÁGINA DO GOOGLE?

COMO O SEO PODE TIRAR SUA EMPRESA DA CRISE

DESCUBRA COMO FAZER SEU SITE VENDER MAIS COM 5 DICAS!

Comentários