Guia SEO: 12 ações práticas para otimizar a URL do seu site

SEO - Daniel Dias

Que bom que você decidiu ler este artigo, pois a URL é o primeiro aspecto que o Google olha para ranquear bem um site nos resultados de busca. Otimizar URL é essencial para SEO!

Então, se você quiser conseguir uma boa posição no Google, não dá para ficar cometendo erros comuns nos seus links que vemos por aí. Por isso, separamos aqui as 12 ações práticas que você deve aplicar hoje para otimizar a URL do seu site (que vão te trazer resultados efetivos em SEO).

Sem enrolação e blá blá blá. Vamos direto ao ponto, fechou?

direto ao ponto

Antes de tudo, o que é uma URL amigável e perfeita para o Google? 

Já ter isso em mente vai facilitar com que consiga assimilar melhor as ações enquanto estiver lendo o conteúdo.

Então, vamos lá: uma URL amigável e perfeita para o Google é o link mais óbvio possível.

Ou seja: uma URL curta, simples e objetiva, que um usuário consiga entender do que se trata a página e qual o conteúdo que vai encontrar nela antes mesmo de acessá-la!

Quer um exemplo? É só olhar para a URL deste conteúdo: antes mesmo de entrar aqui, você já sabia qual o assunto que íamos abordar só olhando o link.

Ah, para ter uma URL perfeita é importante que considere também o comportamento do usuário. É muito comum compartilharmos links que achamos legais por aí, certo? 

Então, uma excelente URL amigável para o Google também é aquela que é fácil de ser copiada e colada, passando a informação adiante e ajudando a divulgar o conteúdo do seu site.

Exemplo de URL amigável e perfeita ✔️:

https://eixo.digital/blog/otimizar-url

Pode ser compreendida facilmente.

Exemplo de URL inadequada ❌:

“https://eixo.digital/blog/349583ujskndf_kskufd&-12-acoes-praticas-para-otimizar-a-url-do-seu-site-para-o-google”

Muito confusa para o usuário e para o Google.

Como otimizar URL corretamente para deixá-la amigável e subir posições no Google? Guia SEO com 12 ações práticas

Como otimizar URL corretamente para deixá-la amigável e subir posições no Google

1) Adeque a sua URL para o tamanho e número de caracteres recomendado

Recomendamos uma URL entre 50 e 60 caracteres. Se possível, tente usar em torno de cinco palavras no máximo em cada link. Um bom site para conferir isso, de forma simples, rápida e prática, é o Invertexto.com.

Isso porque, como falamos, idealmente a sua URL deve ser curta, pois links muito longos não são exibidos de forma completa no Google, o que pode acabar ocultando informações importantes. Olha só:

Adeque a sua URL para o tamanho e número de caracteres recomendado

2) Retire parâmetros nos links para otimizar URL

Parâmetros são códigos de sessão desnecessários que costumam ser incluídos pelo sistema gerenciador do site (CMS) na hora de formar a URL, em momentos quando o usuário faz uma busca, adiciona um filtro, etc. 

Por exemplo, se você fosse buscar algo no Blog da Eixo e o link formado da pesquisa fosse “https://eixo.digital/blog/?p=13557”, o parâmetro é a parte em negrito.

O problema é que, além de deixar o URL não amigável e apresentável ao usuário, parâmetros também aumentam as chances de que tenha conteúdos duplicados no seu site, o que prejudica o ranqueamento.

3) Remova ID’s de Sessão para identificar os usuários

ID’s de sessão são um outro tipo de código na URL que serve para identificar e marcar os usuários. Porém, acabam sendo vistos como um novo link para o Google, o que pode gerar conteúdo duplicado e cair no mesmo problema dos parâmetros, prejudicando o seu ranqueamento. Então, remova os ID’s de sessão e prefira marcar os usuários por meio de cookies.

4) Substitua números por palavras se quer otimizar URL

Números não dizem nada sobre o que o usuário/Google vai encontrar de conteúdo na página. Por isso, substitua links como “https://seusite.com/u789/arq123/” por “https://seusite.com/produtos/o-nome-de-um-dos-seus-produtos”.

5) Retire caracteres estranhos/problemáticos e faça com que o link pareça seguro, não um vírus

Imagine que você recebeu no WhatsApp assim: “https://sitealeatório.com/carr4g4and0-imagem.php?cp%&#@r=1&carregando[]=swfobjeto,jquery,utils&ver=7.2”. Você nem ia clicar achando que é um vírus, certo?

Essa é a mesma impressão que um usuário terá se alguma URL do seu site conter caracteres como “; / ? : @ = & <> # % {} | \ ^ ~ []”, especialmente se estiverem espaçados na URL. 

6) Dispense artigos e verbos de ligação na URL

Eles acabam ocupando espaço desnecessariamente na URL e dificultando com que consiga deixá-la mais curta e otimizada. Então, não precisa colocar. A falta deles não vai interferir no entendimento do usuário nem do Google sobre o conteúdo da página, fique tranquilo. 

Por exemplo, ao invés de colocarmos a URL deste conteúdo como “https://eixo.digital/blog/otimizar-a-url-do-seu-site-para-o-google”, encurtamos e colocamos apenas https://eixo.digital/blog/otimizar-url

No mais, a grande dica é: o que você puder tirar da URL sem prejudicar o entendimento, tire!

______________________________________________________________

Está gostando do conteúdo? Não esqueça de ajudar outras pessoas e compartilhar conhecimento por aí, combinado? Mande este texto para amigos, colegas de trabalho e para quem mais achar que pode ser útil.

______________________________________________________________

7) Remova acentos ortográficos para otimizar URL

Aqui, você precisa entender que os rastreadores do Google são máquinas, que funcionam na base da linguagem da programação e na leitura de códigos e fórmulas, que geram diferentes identificações de links.

Sendo assim, uma simples mudança em uma palavra, como colocar um acento, já torna o link totalmente diferente na visão do Google, o que torna a leitura mais difícil do que se a sua URL estivesse limpa, sem acentos.

8) Utilize hífens para separar as palavras no lugar de underscores

Ambos são utilizados para separar as palavras em uma URL e tornar o link mais legível. Porém, hífens são mais utilizados e aceitos para o Google pois são lidos como espaços normais, em branco, facilitando a leitura da frase completa pelos rastreadores.

9) Faça testes com letras maiúsculas e minúsculas na URL

Tente acessar a sua URL tanto com todas as letras maiúsculas quanto minúsculas de cada vez, ou ainda com as letras misturadas. 

O ideal é que, de qualquer forma, você seja redirecionado para uma mesma página, geralmente com as letras minúsculas

Se forem gerados links diferentes, é um erro interno do seu site.

10) Inclua palavras-chave na URL (mas não em excesso)

Um dos segredos para formar uma URL perfeita para o Google é se concentrar em colocar a palavra-chave daquela página no link. Ela resume a essência do conteúdo da página e, por isso, é uma ótima prática para otimizar URLs. Mas, atenção: escolha bem as principais palavras-chave da página e não coloque muitas, excessivamente, para não deixar a URL grande demais.

Inclusive, palavras-chave são uma das bases para quem quer construir uma boa autoridade no mundo digital. Entenda melhor neste outro artigo.

11) Crie URLs de acordo com a organização das categorias do seu site

URLs também são uma ótima forma do Google analisar a arquitetura e organização do seu site, que é o básico para qualquer um que quer alcançar uma boa posição no Google.

Então, estruture as suas URLs de forma lógica de acordo com as categorias/sessões do seu site

Por exemplo, imagine que você tem uma livraria e uma pessoa quer encontrar um bom livro de romance entre os mais vendidos do seu site. Uma boa URL seria: “https://seusite.com/livros/romance/mais-vendidos”.

12) Faça testes com a mesma URL para identificar conteúdos duplicados

Um dos grandes problemas de URL é, sem dúvidas, a duplicação de conteúdo, como já comentamos aqui. Para solucionar esse problema no seu site, existem alguns testes que você pode fazer e identificar isso, é só pegar os links principais e ir adicionando parâmetros falsos.

Por exemplo, vamos pegar a URL do tópico anterior. Depois, teste todas essas URLs:

“https://seusite.com/livros/romance/mais-vendidos?utm_source=facebook”

“https://seusite.com/livros/romance/mais-vendidos?abbba=teste”

“https://seusite.com/livros/romance/mais-vendidos?teste”

O que você deve analisar depois disso é se, ao adicionar parâmetros aleatórios ou caracteres como “/” e “?” no final do link, o conteúdo da página é alterado e fica diferente da página original.

Se sim, significa que o seu site está gerando conteúdos duplicados e você precisará fazer o processo de canonização de URLs, para corrigir isso, formando as chamadas URLs Canônicas. Entenda mais aqui.

Identificou erros e vai precisar alterar algum link do seu site? Atenção na hora de otimizar a URL:

Identificou erros e vai precisar alterar alguma URL do seu site

Se você alterar alguma URL, vai gerar um novo link, certo? Com isso, você corre o risco de perder todo o resultado e o posicionamento que conseguiu com o link antigo.

Para evitar isso, você vai precisar usar um recurso que chamamos de redirecionamento 301 (ou redirect 301).

Assim, quando alguém acessar a URL antiga, será direcionada para a nova que criou, sem problemas. 

Além disso, você também estará avisando para o Google da mudança e que é a mesma página, você só alterou a URL, o que não prejudicará os resultados que já conseguiu.

De qualquer forma, se você começar a aplicar as ações que colocamos aqui, com certeza já vai dar um grande passo em direção à primeira página do Google!

Para se aprofundar mais em técnicas de SEO e melhorar o seu ranqueamento, leia também: Bom posicionamento no Google é possível ou não? e Como o SEO pode colocar a sua empresa na primeira página do Google.

Você quer mais tráfego? Quer seu site nas primeiras posições? Seu site não está bem posicionado? Fale com um dos especialistas da Eixo aqui. Nós estamos dispostos a te ajudar e atrair ainda mais visibilidade para a sua marca como sempre quis!

fale com o especialista da eixo digital
A Eixo Digital é parceira Ouro da RD Station. Que tal falar com um de nossos especialistas?

Comentários