Técnicas de SEO para Otimizar Seu Site

SEO - Raphael Caitano

Ninguém discute que SEO é fundamental para aumentar o tráfego orgânico de seu site e fortalecer a autoridade de sua marca, fatores preponderantes para alcançar as primeiras posições no ranking dos motores de buscas.

Considerando que o algoritmo do Google está em constante atualização, é preciso estar sempre antenado com as melhores práticas dessa especialidade e observar quais ajustes podem ser necessários para manter ou levar suas páginas aos olhos dos usuários.

Mas, para além das estratégias básicas de SEO – como pesquisar palavras-chave, criar conteúdos de qualidade, otimizar tags de título – quais outras técnicas podem ser utilizadas para otimizar seu site em 2022?

É isso que vamos te mostrar neste artigo.

Acompanhe!

Otimize e/ou republique conteúdos antigos

Um dos princípios básicos para o sucesso de um site é a publicação de conteúdos novos e relevantes. E sim, essa é uma verdade impossível de negar. Mas, você sabia que uma técnica muito utilizada por sites e blogs de sucesso para gerar tráfego orgânico é a republicação ou otimização de conteúdos antigos?

Pois é. Você pode fazer isso no site de duas formas: atualizando e melhorando seus conteúdos passados que ainda geram bom tráfego ou reformulando posts antigos que não deram bons resultados.

Para isso, você pode adotar algumas medidas, como deixar o título do post mais atraente – uma boa dica para isso é utilizar números, por exemplo: “5 dicas para emagrecer em 21 dias” -, atualizar imagens e dados do conteúdo, otimizar palavras-chave para melhorar o ranqueamento nos motores de busca, adicionar um novo depoimento ou estudo de caso, etc.

Mas, nada disso vai adiantar se você não divulgá-lo novamente. Assim, atualize a data de publicação do post, compartilhe-o nas redes sociais e reenvie-o para sua lista de e-mails.

Capriche na copy dos títulos de seus conteúdos

A primeira coisa que será lida em seu conteúdo é o título. Afinal, é isso que aparece no buscador quando o usuário faz uma pesquisa. Assim, ganhará o click do leitor aquele que tiver o título mais atraente. Não apenas o leitor, mas o algoritmo do Google tende a indexar melhor o post que tem, além de um conteúdo relevante, um título persuasivo e chamativo.

Títulos que chamam a atenção geralmente têm as seguintes características: apresentam a informação mais importante, são claros, mostram que a solução de um determinado problema existe e está no conteúdo, criam um senso de urgência, utilizam números (se for possível), etc.

Não se esqueça de priorizar a palavra-chave no seu título. 

Monitore as melhores palavras-chave e páginas da concorrência

Analisar o desempenho de seus concorrentes é fundamental para entender quais estratégias são válidas para uso ou não. Uma vez que eles já percorreram esse caminho, não há motivos para que você não possa utilizar essa expertise a seu favor.

Nesse sentido, você pode monitorar as palavras-chaves que seus concorrentes classificam bem, assim como as páginas que estão bem ranqueadas. Para isso, existem ferramentas de pesquisa de palavras-chave como a da Semrush. Digite o endereço de seu concorrente, descubra quais são as palavras-chave e as páginas que mais deram resultados para ele e faça um exercício de engenharia reversa para descobrir aquilo que pode funcionar para o seu site.

Invista em links para sites com autoridade (no seu segmento)

A estratégia de criar links para sites que possuam autoridade no segmento em que você atua é excelente tanto para o SEO quanto para seu usuário.

Por um lado, o Google enxerga seu site como mais confiável quando sua linkagem externa aponta para páginas com autoridade. Além disso, esses links externos mostram ao buscador que sua página é uma central de informações úteis. Em relação ao usuário, a experiência dele em seu site se tornará muito melhor se, através do que for encontrado ali, ele aprender mais sobre o tópico pesquisado. 

Investigue as informações que seu público deseja/precisa

Ninguém pode fornecer melhores informações para o seu negócio sobre conteúdos para se criar e publicar do que seu próprio público. Ouvir o que seus usuários querem e desenvolver conteúdos que os atraiam é uma das técnicas mais eficientes de SEO.

Para isso, leia com atenção sua caixa de comentários e utilize o Google Analytics para avaliar quais são suas páginas mais populares e posts mais compartilhados. Invista seu tempo nisso.

Preocupe-se com o SEO das Landing Pages

É muito comum se esquecer da importância do SEO nas Landing Pages. Mas uma LP bem ranqueada é garantia de leads. Assim, a mesma preocupação que você tem em suas páginas em relação ao SEO deve ter nas Landing Pages. 

Isso significa utilizar uma estratégia de palavras-chave, otimizar o conteúdo para que os mecanismos de busca possam indexá-lo (Title Tags, descrição meta, links internos, imagens, etc), monitorar a velocidade de carregamento da página e criar backlinks de qualidade.

Sites responsivos são vitais

Bem, levando em consideração que o celular é o principal meio de acesso à internet no Brasil e que, em todo o mundo, mais da metade das pesquisas são feitas em dispositivos móveis, ter um site responsivo não é mais opção. É uma obrigação.

Se o seu site é feito em WordPress, provavelmente está otimizado para dispositivos móveis. Caso não esteja, você precisa resolver isso agora!  

Pesquise o “Pessoas também perguntam” do Google

O “Pessoas também perguntam” é um recurso implementado pelo Google para melhorar a experiência do usuário em relação à busca por termos e palavras-chave.

Ao buscar um termo no Google, logo abaixo do primeiro resultado surge um campo com o título ”Pessoas também perguntam”, que tem o intuito de complementar a busca, indicando outros conteúdos relacionados que podem ser do mesmo interesse.

Mas, como esse recurso pode ajudar sua estratégia de SEO? Simples. As perguntas que aparecem ali são exemplos do que os usuários estão pesquisando na internet, e podem ser utilizados como guia para a criação de conteúdos relevantes, de acordo com seu público-alvo.

Invista em otimização de imagens

Uma forma de conseguir tráfego que sites muitas vezes não consideram é através da busca de imagens. A pesquisa visual é muito importante e persuasiva.

Assim, a otimização de imagens vai muito além de preencher a tag alt para deixar o Yoast verdinho. Também é fundamental nomear o arquivo, redimensionar a imagem para as dimensões necessárias, reduzir o tamanho dos arquivos, etc. Dessa forma, as chances de se posicionar bem na busca de imagens é grande.

Evite links de sites ruins

Enquanto uma boa estratégia de link building é importantíssimo para o SEO de seu site, ter links de sites ruins pode estragar todo seu trabalho e te fazer perder posições no ranking de buscas, já que o algoritmo do Google monitora os sites e tráfego gerados.

Podemos considerar links ruins aqueles que são advindos de sites de spam ou que contém vírus e malware, websites do Google não indexados ou redes de links, entre outras possibilidades. Para resumir, o ideal é remover qualquer link proveniente de site que não tenha conexão com seu nicho.

Utilize links internos

Incluir links internos em seus conteúdos tem dois efeitos positivos para o SEO de seu site. Primeiramente, mostra ao Google que as páginas do site tem profundidade, encorajando-o a indexá-las melhor. Em segundo lugar, vai melhorar o valor de SEO para essas outras páginas internas, subindo a posição delas no ranking de buscas.

Assim, procure conectar seus conteúdos de forma correta e estruturada, para que o Google possa enxergá-los de forma organizada.

Use um sitemap

Um sitemap é como um mapa de seu site, contendo os links para todas as suas páginas disponíveis. Isso significa que o recurso ajuda o Google a rastrear essas páginas mais rápido e facilmente, indexando seu conteúdo de acordo. Basicamente, um sitemap XML facilita a observação de suas páginas pelos mecanismos de busca, o que aumenta as chances de um ranqueamento melhor para elas.

Em sites hospedados no WordPress, você pode gerar um sitemap através de plugins, como o Sitemap XML e Google News Feed e o Google Sitemaps XML.

Atenção à URL e meta description

A URL de suas páginas deve ser amigável e explicar claramente para o usuário qual o assunto do conteúdo. Lembre-se que o Google se preocupa cada vez mais com a experiência do usuário, que será extremamente prejudicada caso a URL de uma página de seu site seja www.suapágina.com/p/21674.

Da mesma forma, a meta description é o breve resumo que aparece na descrição do Google. Informações claras e precisas aqui podem garantir um ótimo tráfego orgânico para seu site.

Garanta um certificado de segurança SSL/ HTTPS

Desde de 2014, o Google prioriza nos resultados orgânicos os sites que habilitaram os certificados de segurança SSL/HTTPS. Em 2015, esse selo passou a ser utilizado como critério para ranqueamento.

Mantenha a escaneabilidade

Uma das técnicas de SEO mais antigas, mas que sempre precisam ser lembradas é a escaneabilidade do conteúdo. Deixar um texto mais fácil, amigável e dinâmico para o usuário fará com que ele passe mais tempo na sua página e consequentemente, diminuirá a taxa de rejeição.

O posicionamento da sua página agradece!

Reunimos nossas melhores dicas de SEO em um ebook completo, com tudo o que você precisa saber para melhorar o alcance de seus conteúdos. E o melhor: de graça! Clique e baixe agora!