Destaque

Plano de Marketing Médico: Passo a passo para criar seu

Foto do autor

Por:

eixo

Todo tratamento médico, para ser bem-sucedido, precisa ser precedido de uma boa anamnese, coleta de informações e de um planejamento da conduta a ser adotada.

No Marketing Médico é a mesma coisa. Todo plano de marketing exige planejamento e organização para poder dar certo e gerar os resultados esperados.

Você – médico ou gestor de clínica, laboratório ou hospital – sabe quais as etapas necessárias para criar um Plano de Marketing? E o que esse plano precisa ter para atrair novos pacientes todos os dias?

Se você quer saber como fazer tudo isso, siga com a leitura.

Ah, caso prefira consumir este conteúdo em vídeo, basta clicar aqui.

Marketing médico: um oceano ainda azul para sua clínica!

Nos quase 10 anos em que a Agência Eixo Digital atua no Marketing Médico, pouquíssimas  vezes vimos empresas da saúde terem um um bom plano de marketing. É possível contar nos dedos de uma mão.

E essa negligência com o próprio negócio gera impactos diretos nos resultados que as ações de marketing trarão, tanto no sentido de atrair novos pacientes quanto para manter os atuais e estimulá-los a retornar, quando precisarem de nova assistência.

E aqui não estamos culpando os médicos, que já precisam gastar tantos anos se preparando para exercer a profissão, não sendo o marketing sua especialidade. Isso nem seria justo!

Sem falar que as regras dos conselhos dificultam e limitam ainda mais as ações de marketing, o que torna tudo ainda mais desafiador.

Existem ainda as empresas da saúde que tiveram experiências negativas com profissionais e agências de marketing e, por não saber fazer e ter medo de contratar um serviço ruim, criaram resistência e evitam fazer novas tentativas.

Finalmente, existe ainda a opção de se investir em aspectos como estrutura física, equipamentos, profissionais, entre outros, e por isso, acabam deixando de lado aquilo que pode potencializar o retorno de todo esse investimento: que é o marketing!

O resultado de tudo isso é que não saber promover seus serviços no digital tem levado cada vez mais empresas da saúde a dificuldades financeiras, pois os pacientes cada vez mais buscam na internet informações sobre empresas e profissionais de saúde que vão atendê-los. E não estar bem posicionado nesse ambiente, pode fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso.

Mas o que fazer para virar esse jogo e pôr de pé um bom plano de Marketing Médico?

>>> Veja também: Recepção de Clínicas: Como Treinar Seu Time

>>> Veja também: Marketing de conteúdo: benefícios e como aplicar?

>>> Veja também: 20 termos de marketing digital para entender tudo de Inbound Marketing!

Como criar um projeto de marketing médico?

  1. Definir seus objetivos

Ter clareza quanto aos objetivos de sua clínica é crucial para iniciar esse planejamento. E aqui é importante refletir sobre o que é ou não prioridade para SUA clínica, que pode ser diferente de outras empresas da saúde.

Esses possíveis objetivos podem ser diversos, mas abaixo listamos os mais comuns:

 Como dito acima, é fundamental avaliar qual o momento atual do seu negócio e quais carências você pretende atingir com mais urgência, para criar um plano de marketing mais preciso e eficiente.

  1. Fazer um check-up da sua clínica

Se fazer esse check-up e definir essas prioridades é algo difícil e confuso para você, sugerimos uma ferramenta que costuma ser muito útil aqui no dia a dia da Eixo: a Análise SWOT.

Essa metodologia de análise permite identificar quais as forças, fraquezas, ameaças e oportunidades para seu negócio. Ou seja, vai te ajudar a mapear os pontos em que seu negócio se destaca (e deve continuar fazendo), fraquezas em relação à concorrência (que precisam ser corrigidas), cenários do seu mercado que podem representar riscos e, finalmente, oportunidades que podem ser melhor aproveitadas.

>>> Veja também: Pirâmide de Chet Holmes: Como Aplicar no Seu Marketing

>> Veja também: Como aparecer no Google? Guia prático

  1. Análise da presença digital

Caso sua clínica, laboratório ou hospital já possua hoje algum tipo de presença na internet – e esperamos que sim – é preciso analisar alguns aspectos importantes para cada um dos canais, como:

  • Site: quantos visitantes ele recebe? Ele abre rapidamente (menos de 3 segundos)? Tem todas as informações importantes para seus pacientes, de forma clara e atualizada? Saiba mais aqui!
  • Redes sociais: qual a frequência das postagens? Qual a qualidade do conteúdo (a resposta do público é o que conta)? Esse conteúdo tem a identidade de sua clínica ou é genérico e igual aos outros? Saiba mais aqui!
  • WhatsApp: está aproveitando todo o potencial desse mensageiro para alavancar os resultados da sua clínica? Saiba mais aqui!
  • E-mail: tem usado essa ferramenta poderosa para manter um bom relacionamento com seus pacientes? Saiba mais aqui!
  1. Reputação e autoridade

Até por uma característica específica do segmento da saúde, é muito importante para o público (pacientes, no caso) a reputação e a experiência dos profissionais que irão atender.

Por isso, faça uma boa análise da experiência, currículo, participações em congressos, especializações e demais diferenciais que seu corpo clínico possa ter.

Tudo isso é um ativo da sua clínica e, se bem utilizado em sua estratégia de marketing, pode fazer toda diferença na atração e fidelização de pacientes.

  1. Conheça o público-alvo

Esse é o fator mais importante de todos. Afinal, é a partir do público-alvo que você vai construir toda a sua estratégia de marketing. 

Para isso é importante fazer um exercício de investigação sobre as pessoas mais interessantes de serem atraídas para sua clínica: onde moram, qual a faixa de renda, qual o gênero prioritário, idade predominante, quais os seus hábitos, quais canais digitais utilizam, as principais queixas que levam os pacientes a procurarem sua clínica.

Levantar todas essas (e outras) respostas torna muito mais fácil sua missão de atrair pessoas com perfis semelhantes.

  1. Análise de marca

Se tem um fator que torna uma empresa diferente das demais e faz com que as pessoas a escolham, dentre todas as demais concorrentes, é ter uma marca bem trabalhada, com valores e um posicionamento claro perante seu público.

Pense na Harley-Davidson, existem outras marcas de motos melhores, mais baratas e com mecanismos mais bem construídos que ela, mas essa é uma marca tão forte no mercado, que as pessoas estão dispostas a pagar mais caro só pela identificação.

Por isso, é muito importante mapear os atributos de sua marca, como “tom de voz”, valores, missão, visão, características, sem contar aspectos mais tangíveis, como identidade visual.  

Como tem sido trabalhada essa presença digital na web? As pessoas vêm diferença entre o que sua clínica faz e o que todas as outras estão fazendo? Quanto mais parecida sua marca for das demais, mais fácil será para o paciente te substituir.

  1. Defina seus canais

Agora é hora de definir os meios por onde será transmitida toda a estratégia montada a partir dos pontos abordados anteriormente.

Antes de tudo, é importante lembrar que sua clínica não precisa estar presente em todos os canais digitais disponíveis hoje. É melhor fazer um trabalho competente em poucos espaços do que estar em todo lugar de forma descuidada, ok?

Assim, os principais canais hoje são: Google, Instagram, YouTube, LinkedIn, Site, Blog, e-mail. Mas aí você deve estar se perguntando: como eu defino quais canais seriam mais importantes para minha clínica?

Essa resposta virá do tópico “conheça o público-alvo”. Será a partir das preferências do seu público preferencial que você definirá quais canais terão mais afinidade.

  1. Defina o orçamento

Chegamos à etapa que costuma ser a maior preocupação de todo dono de negócio: quanto dinheiro investir.

O primeiro mito que você precisa desfazer em sua cabeça é que aqui se trata de um “investimento” e não de um “custo” a mais que você terá em seu negócio. 

💡Acredite: nada tem mais potencial de se reverter em faturamento do que um trabalho competente de marketing!

Na prática isso significa que – com os cuidados e preparos adequados – é preciso que você invista no marketing do seu negócio de forma proporcional aos resultados que você espera. Da mesma forma como você não pode esperar um lucro de R$ 1 milhão por mês, investindo mil reais, não pode esperar grandes retornos sem investir adequadamente no marketing da sua clínica. Trata-se de uma relação diretamente proporcional. Pouco investimento é igual a baixo retorno. 

E para reduzir suas preocupações, saiba que uma das grandes vantagens do marketing digital – diferentemente da publicidade tradicional – é sua grande capacidade de metrificação. É possível acompanhar, dia a dia, o desempenho e o retorno do investimento e fazer ajustes de acordo com essa avaliação. Assim, é possível a qualquer momento aumentar o investimento no que está trazendo retorno e reduzir ou interromper o que não está.

  1. Cronograma

É crucial que tudo o que foi planejado lá atrás seja executado dentro de uma determinada organização e frequência para que tenha mais probabilidade de alcançar os resultados esperados, como: “o site estará pronto o dia tal”, “farei postagens nas redes sociais três vezes por semana”, e por aí vai.

Além disso, no cronograma a gente define os pontos de checagem (ou milestones) que nos permitirão medir se estamos ou não alcançando os objetivos propostos. Isso te mostra claramente se você está se aproximando, se distanciando ou estagnado em relação a seus objetivos principais.

  1. Revisão e ajustes

Todo o planejamento já foi feito, mas como fazemos com o corpo humano, é preciso manter um acompanhamento constante dos sinais de saúde para não sermos surpreendidos por uma doença oportunista.

Esteja atento e mantenha um olhar crítico quanto ao seu plano de marketing e julgue se as ações estão dando certo ou não. Ou ainda, não tenha medo de mudar de objetivos, caso a realidade da sua clínica seja outra, o que necessariamente demandará mudanças na estratégia de marketing.

É possível que você decida oferecer novos serviços ou focar em públicos diferentes, ou ainda mudar o foco de atração para retenção de pacientes. Tudo isso requer mudança de rumos em sua estratégia.

Este é todo o passo a passo para criar seu plano de Marketing Médico. Tentamos ser bem claros e didáticos neste conteúdo. Mas, obviamente, esse é um assunto amplo e que, provavelmente, você encontrará muitas outras orientações, mas tenha certeza de que, fazendo um bom trabalho nos pontos elencados aqui, os resultados virão!

————————-

Somos a Agência Eixo Digital, especialistas em gerar oportunidades para empresas da saúde há quase 10 anos. Caso você queira conversar e saber como podemos ajudar seu negócio, acesse nosso site para saber mais ou clique no link abaixo para receber um contato de nossos especialistas.

Quero saber mais!

Posts Recentes



Posts Recomendados



selo rd station 1 selo rd station 2 selo google selo rd station 3 selo rd station platinum
logo
instagram facebook linkedin pinterest youtube

Conteúdos