Redes Sociais ou Blog: onde produzir conteúdo?

As redes sociais são excelentes canais para produção de conteúdo rápido, as chamadas pílulas de conhecimento que podem ser facilmente absorvidas e compartilhadas entre os seguidores. 

Por sua vez, a produção de artigos para blog permite se aprofundar mais nos conteúdos e trazer detalhes sobre determinado tema, o que é essencial para que um negócio ganhe autoridade naquele assunto aos olhos do Google e dos seus leitores. 

Diante disso, com ambos os canais tendo suas próprias vantagens, surge a dúvida: onde produzir conteúdo? Nas redes sociais ou no blog? Acompanhe o artigo para saber!

Leia também:

Marketing de Conteúdo: o que é, exemplos e como fazer

O que considerar na produção de conteúdo?

Continuidade do diálogo com potenciais clientes

As redes sociais são consideradas uma vitrine para o seu negócio, mas é seu site que faz as vezes de casa. 

Um erro muito visto em estratégias que levam em conta apenas as redes sociais é a falta de interação que faça esses usuários avançarem no conhecimento da marca, até que seja feito “um convite” para a continuidade dessa conversa em um site ou outro canal disponível – ou seja, uma conversão.

Se você optou pelas redes sociais ou pelo blog, ou se faz uso dos dois, tenha sempre em mente que a estratégia desenvolvida em ambos deve ser encarada como um caminho a ser percorrido rumo à decisão de compra. 

Seu negócio já possui um site ou outro canal que permita continuar essa comunicação com seus potenciais clientes?

Essa pergunta é importante para que você não desperdice seguidores das suas redes sociais ou leitores do seu blog e perca oportunidades de negócio ao não oferecer possibilidades – claras – para conversão. 

No site da empresa, devem constar informações essenciais ao negócio, como produtos ou serviços disponibilizados, horários de funcionamento, endereço, canais de contato, etc.

Pesquisas mostram que empresas que utilizam blogs de forma estratégica geram até 67% mais potenciais clientes.

Nesse sentido, o blog acaba sendo o caminho mais curto e rápido para apresentar ao cliente as informações mais relevantes sobre seu negócio, uma vez que navegar pelo seu site acaba sendo um movimento mais natural. 

Por outro lado, caso você opte pela produção de conteúdo nas redes sociais, não desconsidere os objetivos gerais do seu negócio. Uma empresa não busca apenas curtidas e compartilhamentos; busca também a criação de oportunidades futuras. 

Leia também:

Por que ter um blog traz mais dinheiro para o seu negócio?

Autoridade e relevância

Criar autoridade e relevância costuma ser um dos principais objetivos traçados em uma estratégia de marketing digital. E, para que isso seja conquistado, é preciso que seu negócio demonstre domínio e conhecimento sobre o setor em que atua.

Isso é possível através do marketing de conteúdo, com os artigos do blog assumindo o papel de geradores de conteúdo de autoridade para sua marca, ao oferecerem respostas e soluções de valor para seus leitores.. 

Como dissemos, enquanto as redes sociais são a vitrine do seu negócio, o site é a sua casa, um espaço 100% da sua empresa.

Mesmo que seja possível compartilhar aprendizado por meio das redes sociais, a partir da produção de posts em formatos diversos, ainda assim as redes serão sempre um espaço de terceiros. 

Criar conteúdo para as redes sociais consiste em um importante passo da estratégia, porém é preciso ir além para alcançar autoridade e relevância.

Ao produzir conteúdo em uma espaço próprio – como no site – seu negócio deixa de se sujeitar às mudanças dos algoritmos que limitam o alcance das publicações ou aos padrões de postagem exigidos pelas redes. 

Veja também!

O que são e como os algoritmos são usados nas redes sociais?

À medida que os conteúdos do seu blog conversam entre si, são bem escritos e relevantes para o seu público, é natural que eles passem a receber mais visitantes, sendo essa uma estratégia que se retroalimenta com o passar do tempo.

Ou seja, quanto mais pessoas acessam o seu site e encontram ali o que procuravam, mais claro ficará para o Google que o seu conteúdo está entregando aquilo que prometia aos usuários.

Agora imaginemos o contexto das redes sociais. Sim, também é possível utilizá-las para se tornar autoridade.

Você poderá criar uma rede de relacionamentos, comunicar-se frequentemente, responder questionamentos do seu público, fazer lives, entre outros. 

A questão é que nas redes sociais você nunca terá o controle. Se os algoritmos mudam ou surgem novos recursos, seu negócio é obrigado a se adaptar, sob pena de estagnar na estratégia ou mesmo regredir, por exemplo, com a entrega cada vez mais limitada dos seus conteúdos.

Leia também:

Como se tornar uma autoridade digital no seu segmento?

Estratégia a curto, médio ou longo prazos

Outro ponto importante para considerar na produção de conteúdo é o tempo disponível para a obtenção dos resultados pretendidos com a estratégia de marketing.

Como falamos, o blog consiste em um dos principais canais para um negócio se tornar uma autoridade no meio digital. 

E, sim, é verdade que irá demorar um tempo para que seus conteúdos apareçam e sejam bem posicionados no Google (sem investir em anúncios, estima-se uma média de 6 meses para conteúdos performarem), porém quando isso acontecer, seu negócio experimentará um movimento crescente.

Leia também:

SEO ou Mídia paga: quando usar cada um? 

Tornar-se autoridade digital no seu segmento é um importante passo para o seu negócio e, ainda que demore, uma vez conquistada, o crescimento nas vendas passa a ser algo natural. 

Por sua vez, diferentemente do que acontece com a produção de artigos no blog, quando consideramos as redes sociais, os conteúdos anteriormente produzidos perdem o alcance com o passar do tempo.

Já que esses conteúdos resistem por cerca  de 24h ao excesso de informações contidas em uma timeline, muitos seguidores sequer terão a chance de acessar seu conteúdo. 

Ou seja, por mais que seus conteúdos nas redes sociais sejam bem produzidos, com altas taxas de engajamento com o público, ainda assim, após um curto período de tempo eles deixarão de performar e de entregar resultados.

Redes Sociais ou Blog: onde produzir conteúdo?

O importante é começar. Então, por mais simples que seja, na dúvida entre redes sociais ou blog, a melhor resposta para a sua estratégia é: trabalhar com o que você tem no momento, mas buscando sempre integrar as duas estratégias.

Se o seu negócio ainda não possui um site e essa realidade ainda levará certo tempo, aproveite desde já as redes sociais para divulgar a sua marca e interagir com seus potenciais clientes. 

Produza conteúdo de forma planejada, com foco nas dores do seu público e buscando entregar o máximo de valor possível.

Aproveite os recursos disponíveis para estreitar laços, estabelecendo um diálogo de conversa com aqueles interessados no seu negócio, em prol de uma comunicação contínua.

Se você já possui um site, mas ainda não tem blog, veja a possibilidade de criá-lo e começar a aplicar sua estratégia também com a produção de artigos, algo que certamente fortalecerá sua autoridade e relevância no seu nicho de atuação.

Este artigo pode te ajudar:

Como criar um blog para empresas?

Agora, no melhor dos mundos, com seu negócio já tendo presença nas redes sociais e um blog, tenha em mente que esses canais andam lado a lado e se complementam.

Ainda que cada um possua suas próprias vantagens e recursos, ambos devem conversar entre si, nutrindo o relacionamento com potenciais clientes da sua empresa e contribuindo para o crescimento das vendas e para sucesso da sua estratégia de marketing digital. 

———————

E se você busca um time de especialistas para o marketing de conteúdo do seu negócio, conte com a Eixo Digital! Nossas experiências de sucesso com dezenas de empresas nos tornaram referência no Centro-Oeste. Junte-se a nós e vamos crescer juntos!

[fbcomments width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]