Palavras-chave: o que são e como usá-las? GUIA PRÁTICO

SEO - Camila Serrat

As palavras-chave são termos específicos utilizados em uma estratégia de Marketing Digital para que marcas consigam aparecer mais facilmente para o seu público-alvo quando ele faz uma pesquisa na internet.

O que isso significa? Que as palavras-chave são uma das responsáveis por fazer com que um site seja mais facilmente encontrado nos resultados de pesquisa de motores de busca, como o Google. Resultado: mais acessos, tráfego e visitantes qualificados para o site. Saiba mais neste guia prático!

“Mas como usá-las na prática para obter resultados?”

palavras-chave

Calma. Vem com a Eixo que vamos te explicar tudo da forma mais didática, objetiva e prática possível.

Continue lendo!

O que você vai encontrar neste artigo (clique para ir diretamente para o tópico):

O que são palavras-chave e qual a sua importância?

Como usar as palavras-chave no meu negócio na prática?

Como saber quais são as palavras-chave ideais para o meu site? Passo a passo com estudo + aspectos que deve analisar + ferramentas

Checklist: onde as palavras-chave devem ser usadas?

Dúvidas mais frequentes sobre palavras-chave: esclareça agora e não se confunda!

Valor de palavras-chave para anúncios pagos

Chave do sucesso: bom conteúdo + uso adequado das palavras-chave

O que são palavras-chave e qual a sua importância?

Para que entenda melhor o que falamos lá no início, vamos analisar o processo que leva pessoas a conteúdos como este.

Por exemplo, o que muitos fazem quando querem saber mais sobre algum assunto ou tirar dúvidas sobre um tópico específico é simplesmente consultar no Google. 

Imagine, por exemplo, que você está procurando por profissionais referência na área de marketing digital para acompanhar e aprender com eles. Então, decidiu digitar no Google “maiores especialistas em marketing digital” em busca de respostas.

O que são palavras-chave e qual a sua importância

A partir dessa simples pesquisa, foram exibidos diversos resultados para a sua busca e você clicou naquele conteúdo que mais te chamou atenção e pareceu corresponder mais ao que estava buscando.

Mas qual o interessante por trás de tudo isso? É que os sites e páginas que apareceram na sua busca, assim como a Eixo (que aparece na primeira posição), utilizaram o termo que você buscou “maiores especialistas em marketing digital” como estratégia para que aparecessem mais facilmente nos resultados da sua pesquisa e, assim, conseguissem atrair mais um acesso para o site deles.

E é simples imaginar por que nós e essas outras empresas fizemos isso.

Atente-se ao comportamento do usuário

Assim como você, outras milhares de pessoas também tem dúvidas sobre palavras-chave e pesquisam por isso no Google. Sendo assim, é uma grande oportunidade para quem quer atrair ainda mais acessos, tráfego e visitantes para um site, aumentando a presença online de um negócio.

“E como é definido o ranking dos sites que aparecem nos resultados da busca? Como o Google define quem aparece nas primeiras posições e quem vem depois?”

Isso está diretamente relacionado com outras estratégias de Marketing Digital, como o uso de técnicas de SEO, em que o uso de palavras-chave também é fundamental. 

Para entender melhor sobre essa questão, salve este outro artigo para ler depois: Como colocar a sua empresa na primeira página do Google? 

Por enquanto, o que você tem que ter em mente sobre palavras-chave é que, sem o uso delas, um negócio é praticamente desconhecido no Google e, assim, será desconhecido para os usuários da internet também.

O que acha de conferir tudo que precisa saber sobre SEO em um só lugar? Acesse aqui a nossa categoria e aprofunde-se no assunto!

Como usá-las no meu negócio na prática?

Para quem está começando a implementar palavras-chave no site, ou deseja aprimorar o seu trabalho, o que recomendamos aqui na Eixo é que identifique quais são as palavras-chave genéricas e quais as palavras-chave específicas do seu negócio.

Esse é um passo fundamental.

Imagine, por exemplo, que você possui uma clínica de acupuntura em Brasília. Uma possível palavra-chave para o seu negócio, mais genérica, seria “acupuntura”. E uma palavra-chave mais específica poderia ser “acupuntura em Brasília”.

O ponto chave que você deve entender aqui é que dificilmente uma pessoa que busca somente por “acupuntura” no Google será o seu público-alvo. 

Ela pode estar simplesmente querendo saber o que é acupuntura e entender melhor sobre o assunto. Tanto que os resultados para essa busca são igualmente mais genéricos.

Como usar as palavras-chave

Agora, alguém que pesquisa por “acupuntura em Brasília”, no Google, já espera encontrar nos resultados de busca locais onde fazer o procedimento. E é o que o Google mostra.

pesquisa por “acupuntura em Brasília”, no Google

Palavras-chave só podem ser utilizadas em resultados orgânicos no Google?

Resultados orgânicos são justamente esses conteúdos que aparecem em uma pesquisa de forma orgânica, isto é, natural, sem nenhum investimento.

Porém, você também pode investir em palavras-chave por meio de mídia paga, para que o seu site apareça já nos primeiros resultados quando um usuário buscar pela palavra-chave que escolher.

São os chamados links patrocinados, que você com certeza já viu por aí e aparecem logo no início dos resultados.

Palavras-chave só podem ser utilizadas em resultados orgânicos no Google

Leia também:

Tráfego Orgânico: o que é e como aumentar com estes passos essenciais

Agora, a escolha de como usar, tanto os termos genéricos quanto os específicos, vai de acordo com o que o seu negócio pretende vender, as estratégias definidas, a jornada de compra do seu cliente e quem é a sua persona.

Entenda melhor abaixo.

Como saber quais são as palavras-chave ideais para o meu site? 

Passo a passo com estudo + aspectos que deve analisar + ferramentas

Estudo do seu negócio

Antes de qualquer coisa, você deve fazer um estudo direcionado sobre o seu negócio.

E, nessa fase, é essencial que você esteja focado em entender melhor o seu público-alvo e passe a estudar melhor a jornada de compra do seu cliente.

O conceito de jornada de compra está diretamente relacionado com a ideia de que, nem sempre, uma pessoa está no momento da compra. Existe um processo mais complexo até que ela decida comprar algo.

Dito isso, para definir uma boa palavra-chave você deve identificar quais os interesses, as dúvidas e os problemas/as dores que o seu cliente tem nessa jornada e que serão responsáveis por ele ir até o Google para pesquisar por respostas e soluções.

Pensar nisso vai te ajudar a definir as palavras-chave para ser encontrado por um possível cliente em qualquer etapa da jornada, tanto quando ele não está no momento de compra quanto quando ele já estiver decidido a gastar com o seu negócio.

Se você quer entender mais sobre o que é jornada de compra e como aplicá-la na prática, confira também este outro artigo: Como estruturar a jornada de compra do seu cliente.

Principais aspectos que deve analisar para escolher boas palavras-chave:

  • Volume de Busca: quanto mais pessoas buscam por uma mesma palavra-chave no Google, mais volume de busca ela tem e mais relevante ela é. Isto é: palavras-chave com alto volume de busca significam uma boa oportunidade de atrair mais tráfego e visitantes para o seu site. 
  • Dificuldade de Rankeamento da Palavra-chave: existem termos que são mais difíceis de conseguir uma boa posição nos resultados do Google, devido a diversos aspectos (como concorrência e alto volume de busca, por exemplo). Então, leve em consideração esse fator na hora de escolher a sua palavra-chave. 
  • CPC (Custo por clique): o CPC indica quanto você terá que desembolsar para cada clique no post com a palavra-chave, em casos de anúncios pagos. Para essas campanhas, o ideal é encontrar palavras-chave estratégicas que possuam, também, um baixo CPC.
  • Intenção de Compra da Palavra-chave: diz respeito ao potencial daquela palavra-chave de trazer clientes e vendas reais para o seu negócio. Em geral, palavras-chave mais específicas e relacionadas com o seu produto/serviço possuem maior intenção de compra.

Resumindo: o ideal é que você busque por boas oportunidades, identificando palavras-chave com bom volume de busca, baixa concorrência (o que significa que os seus concorrentes estão deixando passar uma boa chance) e, no caso de anúncios, baratas.

Parece muita coisa para analisar? Calma! Existem ferramentas online específicas que podem te ajudar nessa tarefa, fornecendo todos esses dados de forma bem simples. Confira abaixo.

Planejador de palavras chaves

Há diversas ferramentas que facilitam e muito a nossa vida na hora de fazer o planejamento e escolha das palavras-chave que nosso site irá ranquear. Sem elas seria muito difícil tomar decisões uma vez que não seria possível saber o volume de pesquisas mensais que uma palavra-chave tem ou até mesmo analisar quais são as palavras-chave que seu concorrente está ranqueando.

Como não poderia deixar de ser o próprio Google possui a sua ferramenta online. A Google Keyword Planner pode ser acessada dentro do seu painel Google Ads e é mais voltada para quem pretende anunciar no Google, mas que também serve para fazer seu planejamento de SEO.

Dentro do Google Adwords, existe uma ferramenta muito útil para escolha de palavras-chave para anúncios chamada Google Keyword Planner. Com ela, você vai conseguir identificar as palavras-chave utilizadas pelos usuários que chegam até o seu conteúdo. Além disso, também é possível identificar (e bloquear) as palavras-chave que não são interessantes para o seu negócio, chamadas de palavras-chave negativas, que estão levando um público irrelevante para o seu site e que não corresponde à sua persona.

Google Keyword Planner

Essa é uma excelente ferramenta gratuita. Com ela, você consegue saber dados de uma palavra-chave, como volume de busca e tendência, além de poder fazer comparações entre termos, de forma visual, para ter noção de qual é o melhor a ser usado.

Se você se interessou e quer saber mais sobre como usar o Google Trends para o planejamento de palavras-chave, clique aqui. Explicamos o passo a passo nesse outro artigo.

Google Trends

Já o SEMRush é uma ferramenta que possui uma versão gratuita, mas que concentra suas principais funcionalidades em sua versão paga. Nele, você consegue ter acesso a relatórios com informações mais completas sobre as palavras-chave que quiser, como dificuldade de ranqueamento, volume de busca, CPC, tendência e muito mais.

Gostou? Também preparamos outro artigo para te ajudar melhor e explicar com mais detalhes como fazer um planejamento de palavras-chave utilizando o SEMRush, basta clicar aqui e conferir.

SEMRush

  • Gerador de palavras chaves:

Uma das melhores ferramentas gratuitas que você poderá usar para gerar diversas ideias de palavras-chave é a Ubersuggest. Atualmente há um limite de pesquisas diárias que você poderá fazer gratuitamente, mas que muitas vezes já será suficiente para bolar sua estratégia e tomar decisões a respeito do seu próximo blog post!

ubersuggest

A ferramenta possui mais funcionalidades e fornece mais dados na versão paga e é uma ótima opção para quem está começando no mundo do SEO ou até mesmo para profissionais de nível intermediário que não necessitam de relatórios tão avançados.

Checklist: onde as palavras-chave devem ser usadas?

Para melhorar a otimização do seu conteúdo e aumentar a audiência para o seu negócio, você deve se preocupar em incluir as palavras-chave principalmente em algumas partes do seu sites.

Vamos começar com o Blog. Coloque palavras-chave:

  • Nos títulos dos textos do seu Blog;
  • Nos subtítulos dos textos (H1,H2, H3,…);
  • No primeiro parágrafo dos textos;
  • No nome das imagens publicadas em seu Blog;
  • Na meta description dos seus texto (aquela mini descrição que o Google divulga do seu conteúdo, sabe?);

Checklist

  • Nas URLs de todas as páginas de cada conteúdo;
  • Nas subcategorias do blog (aqui no Blog da Eixo, por exemplo, como pode ver ao lado, usamos palavras-chave nas subcategorias do blog, como “Inbound Marketing”, “Marketing de Conteúdo”, “Mídia Paga”).

Ajude o Google e ele o ajudará

Também é importante que você se preocupe com palavras-chave em outras partes do seu site (principalmente se você ainda não tem um blog), como:

  • Home e arquitetura do site: defina e inclua palavras-chave no nome das categorias e divisões do seu site na home (como serviços/produtos, sobre a empresa “X”, contato), além dos títulos, cabeçalhos, subtítulos, imagens, meta-description da página;
  • Categorias: além de colocar palavras-chave nos nomes das categorias do site, também é importante que você trabalhe bem palavras-chave na página de cada categoria;
  • Landing Pages: insira as palavras-chave no título, cabeçalho e subtítulos, no decorrer da página, nas imagens e também na meta-description e URL.

Melhorar a otimização de palavras-chave em cada uma dessas partes vai ajudar com que você melhore o rankeamento do seu site como um todo, não só dos conteúdos do blog, tornando o seu domínio ainda mais competitivo para o Google.

Resultado: ainda mais autoridade digital para a sua marca.

Mas, atenção: vale sempre lembrar que todas essas palavras-chave devem ser escolhidas e utilizadas de forma estratégica e pensada, considerando qual o local onde vai inserir determinado termo que trará mais benefícios para o seu site, de acordo com o que já aprendeu aqui.

Dúvidas mais frequentes: esclareça agora e não se confunda!

– O que são palavras-chave head tail e palavras-chave long tail? Qual a melhor?

Head tail são as chamadas palavras-chave genéricas e com mais volume de busca, que resumem todo um grande tópico ou assunto, como “marketing digital”, por exemplo. Já long tail são palavras-chave específicas, com menor volume de busca e que abordam assuntos específicos dentro de uma head tail, como “livros de marketing digital”.

A vantagem de palavras-chave long tail é que elas permitem que você alcance um público mais específico, além de possuírem uma concorrência menor e serem mais fáceis de ranquear. Porém, isso não significa que o seu site não deve estar bem posicionado para as palavras-chave head tail relacionadas com o seu negócio. 

– Faz diferença se a palavra-chave estiver com ou sem acento?

Hoje, o Google está mais inteligente e dinâmico e questões como essa não impactam tanto nos resultados do seu site. Independentemente do uso de acento na pesquisa do usuário, ele poderá chegar ao seu site.

– Quantas vezes tenho que colocar a palavra-chave em um conteúdo ou página?

O recomendado é que a palavra-chave principal apareça em até 2,5% da quantidade total de palavras do conteúdo/página. O segredo é não exagerar, pois usar demais a palavra-chave pode acabar tendo o efeito contrário e fazendo com que o Google penalize o seu conteúdo ou página.

Valor de palavras-chave para anúncios pagos

Lembre-se que o uso de palavras-chave em anúncios pagos é um investimento, então elas têm que trazer retornos financeiros.

Por isso a importância de escolher palavras-chave de qualidade e que garantam resultados efetivos para o seu negócio.

Uma boa forma de identificar isso é saber o valor da palavra-chave para um anúncio. 

O valor pago por cada palavra-chave varia de acordo com o volume de buscas. Uma palavra-chave genérica, por exemplo, tende a gerar mais tráfego e, por isso, a ser mais concorrida e, consequentemente, mais cara. 

Mas tenha em mente que esse tipo de palavra-chave tende a gerar menos conversão por atrair muitas pessoas não qualificadas, ou seja, sem qualquer interesse pelo seu produto ou serviço. Como você pagará por cliques (CPC), é importante escolher com cuidado.

O recomendável é iniciar com palavras-chave pouco concorridas para que, com o orçamento definido, seja possível atingir mais pessoas.

No entanto, se a sua estratégia de anúncios já estiver avançada, vale a pena investir nas variações da sua palavra-chave para expandir seus resultados.

Para consultar o valor das palavras-chave, use o Google Ads.

Saiba como anunciar no Google Ads aqui >>>

Chave do sucesso: bom conteúdo + uso adequado dos termos

Chave do sucesso

O principal que o Google vai analisar no seu conteúdo ou página, para que seja bem ranqueado, não é só o uso correto de palavras-chave. O que o Google olha é a relevância, qualidade e o valor do conteúdo para aquela palavra-chave e para o usuário.

O grande segredo é produzir conteúdos que, de fato, correspondam à intenção e expectativa do usuário quando ele busca por aquela palavra-chave. Os conteúdos precisam responder fielmente às dúvidas e dores das pessoas.

_________________________________________________________

O texto ou página realmente está entregando o que propõe no título? Responde às questões do usuário da melhor forma possível? Esse é o conteúdo que alguém que pesquisa por aquela palavra-chave deseja ler? _________________________________________________________

 

É nisso que muitos se frustram e não entendem como investem tanto dinheiro no Google e não obtêm resultados.

Esperamos que este conteúdo tenha sido útil para você e esclarecido suas dúvidas sobre palavras-chave. Se ainda ficou com alguma questão, deixe nos comentários. 

E, se quiser contar com um apoio profissional, fale com um dos especialistas da Eixo aqui. Podemos te tornar uma autoridade no universo digital. 

Gostou do conteúdo? Não esqueça de compartilhar nas suas redes sociais ou mandar para amigos/colegas de trabalho no WhatsApp!

fale com um dos especialistas da agência eixo digital primeira agência platinum do centro-oeste
A Eixo Digital é a primeira Agência Platinum do Centro-Oeste entre os parceiros da Resultados Digitais. Que tal falar com um de nossos especialistas?

 

Comentários