Facebook Ads: o que é e como funciona?

Gestão de Mídias Pagas - Thaíse Schmitz

Não é segredo para ninguém que o Facebook Ads está cada vez mais dificultando a vida de quem trabalha com marketing digital e depende dele para gerar resultado orgânico.

O algoritmo da rede social muda o tempo inteiro e a última atualização foi referente ao o que é prioridade no feed de notícias do usuário. Lembra?

Agora, alguns amigos e familiares vão ter preferência para aparecer na timeline das pessoas.

Então, para nós que trabalhamos com isso, surge a questão: como impulsionar o desempenho das campanhas mesmo com todas estas alterações no algoritmo?

Vem comigo que neste artigo eu vou te mostrar algumas táticas imperdíveis para você avançar os seus anúncios no Facebook Ads!

O que é Facebook Ads? Como Funciona?

O Facebook Ads é uma ferramenta de publicidade paga online, que basicamente tem o mesmo viés do Google Ads, portanto ele também é classificado como uma plataforma de fazer anúncios patrocinados.

O que diferencia as duas ferramentas é que no caso do Facebook Ads as campanhas podem ser desenvolvidas de modo mais persuasivo e constante.

Uma campanha no Google Ads é adequada para situações em que nossos potenciais clientes já “sabem o que querem”. Por exemplo, se ele está precisando de serviços de manutenção elétrica, sua primeira ação será buscar resultados no Google. Neste caso, ele já sabe exatamente do que precisa e dificilmente fará uma busca por esse tipo de serviço em uma rede social.

Por outro lado, o Facebook Ads serve exatamente para a situação contrária, ou seja, para fazer com que a sua empresa seja vista pelos seus potenciais clientes. Vamos a um exemplo: imagine que o proprietário de uma clínica veterinária precisa impactar seu público-alvo regional para que seus potenciais clientes se lembrem da sua clínica veterinária quando necessitarem de cuidados para seus animais de estimação. Neste sentido é nítido que não é necessário escolher entre utilizar Google Adwords e Facebook Ads, isso porque as ferramentas podem ser utilizadas com uma estratégia em conjunto.

A grande vantagem do Facebook Ads, é que você pode fazer campanhas e impulsionar posts a fim de impactar seu público de interesse. O Facebook também trabalha com um número maior de objetivos, pode ser aumentar seguidores na Fanpage, gerar leads, aumentar o alcance das publicações, aumentar interações com os posts, etc.   

Também vale lembrar que diferentemente do Google Ads que trabalha com anúncios em toda sua rede de display e nos resultados de pesquisa, o Facebook Ads só pode anunciar dentro da plataforma do Facebook e do Instagram.

Como anunciar e usar o Facebook Ads da maneira certa?

Já falamos aqui no Blog da Eixo sobre como as campanhas de mídia paga precisam de cuidado e dedicação atenciosa.

Você não pode simplesmente lançá-la no ar, virar as costas e ir embora. É preciso tempo e esforço para encontrar o público-alvo ideal, assim como anúncios que performem de forma engajada e do jeito que você espera.

Então, para começar a por a mão na massa, a primeira estratégia para você impulsionar seu desempenho no Facebook Ads e que eu aprendi na marra durante minha carreira é testar as suas segmentações.

É algo simples mas muita gente não faz da maneira adequada.

taticas-imperdiveis-para-ajudar-voce-a-impulsionar-o-desempenho-de-suas-campanhas-no-facebook-ads-1

Uma boa dica para isso é aumentar a sua vantagem competitiva identificando frases, títulos, CTAs, imagens e segmentações que mais dão certo pra você. Faça pequenas mudanças e observe o que acontecer.

Utilize a inteligência do Facebook Business a seu favor

Aproveite também a possibilidade que o Facebook te dá de gastar pouco e ter controle do orçamento dos seus anúncios de forma inteligente. Já pensou se tivesse que testar desse jeito comerciais para a TV? O gasto e o prejuízo seriam gigantes!

A minha recomendação é que, sempre que você iniciar uma campanha, pare de fazer suposições e analise os dados que você já tem.

Pode parecer óbvio demais para funcionar, mas utilize as listas de clientes que você já tem e segmentações que já utilizou. O segredo é você ter um arquivo com as melhores práticas de anúncios que será 100% personalizado por você e para você, o que facilita muito alcançar resultados com as campanhas futuras.

Agora, é a primeira vez na sua vida que você vai criar uma campanha no Facebook Ads?

Tente segmentar os anúncios para quem já acessou seu site ou, então, pegue papel e caneta mesmo e desenhe a pessoa ideal.

Uma boa dica também é utilizar o gerenciador de anúncios do Facebook para segmentar por interesses, pois o plataforma utiliza as páginas que as pessoas curtem para te apresentar dentro de quais categorias elas estão. Aproveite esta oportunidade!

Leia também:

3 dicas para uma campanha de marketing digital bem-sucedida

Evite tráfego frio e público muito amplo

Para aprofundar melhor no assunto público-alvo, a ideia principal desta dica é que você não leve pessoas sem segmentação para o seu site.

Se você gastar sua energia, tempo e dinheiro em um público-alvo “frio” ou “desengajado” você terá resultados de baixa qualidade.

Levará bastante tráfego? Legal. Mas você irá gastar menos dinheiro trazendo as pessoas certas.

É claro que esse tráfego “frio” não pode ser visto com despesa, até porque você estará conduzindo ele pela jornada de compra até seu produto ou serviço.

taticas-imperdiveis-para-ajudar-voce-a-impulsionar-o-desempenho-de-suas-campanhas-no-facebook-ads-2

Mas a verdade é que a grande maioria dos visitantes não convertem na primeira visita, principalmente os que não conhecem sua empresa ainda.

Muitos profissionais sabem disso, mas insistem em levar pessoas despreparadas para a página dos produtos ou serviços achando que é a melhor maneira de realizar uma venda.

Mas, acima de tudo, é importante que você separe um tempo para educar e entreter seus visitantes. Crie autoridade e desenvolva confiança. Assim, você será mais bem-sucedido com suas campanhas e poderá gerar dados muito úteis que você usará na tática que falamos lá em cima.

Em resumo, a ideia é que você anuncie um post no seu blog com o assunto que mais interessa o seu público. Após ter certo engajamento, construa uma segmentação de “pessoas que interagiram com minhas publicações” e crie uma nova campanha para este público, pois agora você já sabe que eles têm interesse no assunto.

Vamos a um exemplo?

Se você vende maquiagens que não são testadas em animais e ecologicamente corretas, faça um artigo no blog a respeito disso, segmentado depois um anúncio para pessoas que tem interesse em maquiagens.

Para as pessoas que acessaram essa matéria no blog a partir da sua campanha, faça um novo anúncio mostrando os benefícios da sua empresa, como você cria os produtos, seus diferenciais e todos os seus principais argumentos de venda.

Para as pessoas que clicaram neste segundo anúncio, faça uma campanha nova oferecendo os seus produtos com uma condição exclusiva.

A chance de dar certo é mais alta do que atirar para todos os lados e ofertar seu produto desde o primeiro momento, com uma segmentação muito ampla. Ok?

Retargeting e pós-venda no Facebook Ads

Os custos com anúncios são altos, né? Para captar um cliente então, nem me fale. Nessa lógica, seria um desperdício não manter o relacionamento com o cliente atual para, mais tarde, ter que reconquistá-lo.

O cliente mais valioso é que já está com você.

Imagine que os seus atuais clientes já compraram o seu produto/serviço, conhecem a sua empresa e já tiveram uma boa experiência com ela. Então, fica muito mais fácil vender para eles novamente!

Foque no longo prazo

Remarketing ou retargeting pós-venda é a chave para anúncios mais lucrativos no Facebook Ads e em qualquer outra mídia. Aqui, o foco não é somente sobre gerar vendas, mas gerar fidelidade, cumplicidade e lealdade.

taticas-imperdiveis-para-ajudar-voce-a-impulsionar-o-desempenho-de-suas-campanhas-no-facebook-ads-3

Um exemplo de boa prática de pós-venda no Facebook Ads é, por exemplo, veicular um código de desconto (mas desconto de verdade!) para os aniversariantes do mês.

Outra dica pode ser incluir a pessoa na lista que receberá os anúncios de novidades da sua marca em primeira mão.

Você também pode criar anúncios para solicitar resenhas para seu e-commerce, agradecendo a pessoa pela compra e sempre ofertando algo que possa interessar a ela em troca (equilibre dinheiro e atenção).

Todas essas estratégias que falamos aqui podem ser facilmente implementadas nas suas campanhas.

Com este conteúdo, você aprendeu como alcançar seu público-alvo de forma fácil no Facebook e entendeu como a segmentação pode ser um fator decisivo na hora de economizar.

Fique atento aqui no Blog da Eixo. Estamos sempre postando dicas sobre como criar campanhas de forma mais inteligentes e melhorar cada vez mais seus resultados.

E, se tiver gostado do conteúdo, #compartilhe nas suas redes sociais e ajude mais pessoas a conseguir resultados efetivos com o Facebook Ads!

Leia também:

5 erros comuns em anúncios no facebook e como corrigi-los

Como usar as Redes Sociais no Marketing Digital? Dicas para cada canal.

#FalaDoEspecialista

Thaise é publicitária e estrategista de mídias digitais. Formada em Comunicação Social e Pós-Graduada em Comunicação e Marketing Digital. Trabalhou por 9 anos em agências de publicidade e nos últimos 7 dedicou-se integralmente ao Marketing Digital.

[fbcomments width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]