Aprenda a medir os resultados do seu blog!

Caso você tenha visto nosso artigo “por que ter um blog traz mais dinheiro pro seu negócio”, você aprendeu que, entre outras coisas, um blog pode:

  • levar mais pessoas pro seu site;
  • destacar seu negócio no Google;
  • educar seu público sobre seus produtos ou serviços;
  • trazer autoridade para sua marca.

Daí, a gente pode imaginar que você percebeu todo esse potencial que os blogs têm e incluiu essa ferramenta em sua estratégia de marketing. Então tá tudo resolvido, certo?

Nem tanto!

O próximo passo – fundamental – é acompanhar e medir os resultados do seu blog, para ir corrigindo o que não está indo bem, para que conseguir aproveitar ao máximo o potencial dessa mídia tão importante. 

Para te ajudar a fazer isso, dividimos este artigo em 3 aspectos do seu blog, que precisam ser acompanhados constantemente. Vamos a eles!

Como medir a qualidade do blog

Taxa de rejeição

Também conhecida como bounce rate, a taxa de rejeição é o número de pessoas que acessam seu blog, não ficam muito tempo por lá e saem sem tomar nenhuma ação, como clicar em seus links ou acessar alguma outra página. É tipo quando, sem querer, você entra no banheiro errado e sai rapidinho.

Essa é uma das métricas mais importantes (e urgentes) de você avaliar e corrigir, caso esteja ocorrendo. E o motivo é porque isso indica uma desconexão do conteúdo do seu blog com as pessoas que estão acessando. E o Google avalia isso muito negativamente e penaliza seu alcance, caso ocorra.

Os principais motivos para isso são:

  • A promessa feita no título não bate com o que o texto apresenta. Procure alinhar esses interesses para não frustrar as expectativas do seu leitor.
  • O layout e a organização do texto podem não estar bons, contendo grandes blocos de texto, espaçamento pouco arejado, letras pequenas ou fonte ruim. E se pensarmos que, no Brasil, quase 60% dos usuários acessam a internet pelo celular, isso é ainda mais preocupante.
  • As palavras-chave que você está usando não estão conectando corretamente seus conteúdos à busca que o usuário fez. Isso geralmente tem a ver com a chamada “intenção de busca do usuário”. Em vez de só pesquisar o volume de buscas das palavras-chave, tente entender qual a real intenção de quem procura por aquele termo. Certeza que seus conteúdos vão ter muito mais chance de se conectarem. 

Tempo de permanência

Similar à taxa de rejeição, o tempo de permanência é outra forma importante de medir a qualidade do seu blog. Cada artigo tem um tempo médio de leitura, de acordo com a quantidade de palavras (6, 8, 12 minutos), e o Google calcula esse tempo.

Quando alguém acessa um artigo com tempo estimado de leitura de 8 minutos, mas a pessoa sai com 2-3 minutos apenas, o Google também avalia que aquilo não deve ser muito relevante.

O motivo para isso costuma ser que seu conteúdo não deve estar contendo as respostas que seu público espera. E a solução é investir em conhecer melhor as dores e necessidades da sua persona para entregar conteúdos mais relevantes.

Seus melhores posts

Outra forma bem interessante de medir o pulso do seu blog é analisar seus conteúdos de mais sucesso, com mais cliques, menos rejeição, maior tempo de permanência e coisas assim.

Essa avaliação te permite descobrir o mapa da mina do seu blog, entendendo o que seu público mais quer ver (e você fazer mais disso), qual a extensão desses artigos, em qual fase da jornada de compra a maior parte do seu público está e assim por diante.

A nossa recomendação é de que a cada 3 meses você tire um tempo para fazer essa avaliação. Isso pode te trazer insights importantes.

Veja também!

Como definir pautas para blogs corporativos


Como medir o SEO do seu blog

Como você já deve saber, de nada adianta ter um blog lindo, com artigos muito bem-feitos, se os conteúdos não forem vistos e lidos pelos usuários. E o que garante que seus conteúdos serão encontrados é o bom e velho SEO, o conjunto de técnicas e ajustes para fazer com que um conteúdo pareça relevante para o algoritmo dos mecanismos de busca.

Veja como medir isso no seu blog:

Tráfego total no blog

Talvez a métrica mais básica, ao mesmo tempo a mais importante de se analisar em um blog: quantas visitas ele recebe.

E toda essa importância vem do fato de que é através do monitoramento do tráfego do seu blog que você descobre muitas informações e obtém vários insights, como:

  • Se o conteúdo que você tem produzido está gerando interesse no público. Se sim, você está no caminho certo. Se não, sabe que mudanças precisam ser feitas.
  • Se o seu blog tem tido novos visitantes frequentemente. É sinal de que sua base está se renovando.
  • Em quais épocas seu conteúdo tem mais ou menos acessos e tentar entender porque isso ocorre.
  • Quais tipos de conteúdo geram mais interesse em seu público, o que pode gerar mais direcionamento para suas futuras pautas.

Esses são só alguns motivos porque é tão importante monitorar o tráfego do seu blog. Se você pensar um pouco aí, certeza que essa lista de motivos dobra de tamanho rapidinho.

Saiba mais!

Tráfego orgânico: entenda o que é e como aumentar o seu

Origem do tráfego

Diretamente ligado à métrica anterior, analisar a origem do seu tráfego é outra forma muito importante de medir os resultados do seu blog.

Quando você identifica de onde estão vindo os leitores do seu conteúdo, você entende onde seus esforços devem se concentrar:

  • Quantos por cento do seu tráfego vem de busca direta no Google?
  • Quantos vêm de suas chamadas nas redes sociais?
  • E das newsletters enviadas? 
  • Quantos vêm de links de outros blogs?

Ao perceber o tamanho do fluxo de cada um desses canais, é possível perceber onde a maioria do seu público está, em que canais estão presentes, onde sua estratégia está falhando, entre outras coisas.

Além disso, ao entender esse monitoramento pode inclusive gerar insights para outros tipos de conteúdos, que não só seu blog. Afinal, conteúdo bom é conteúdo bom. Se as pessoas curtem (ou não) isso no seu blog, por que seria diferente em outras mídias.

Veja também!

Métricas de inbound marketing essenciais para seu negócio

Número de palavras-chave ranqueadas

Outra métrica de SEO relevante para acompanhar em seu blog é o número de palavras-chave para as quais seu blog está ranqueando.

Monitorar esse ranqueamento permite entender uma possível queda no seu tráfego para alguns artigos, por exemplo, e buscar formas de corrigir. É possível verificar se pode pode ter sido uma mudança de algoritmo ou uma baixa procura sazonal por aquele tipo de palavras-chave.

Outro ponto importante de você avaliar é a chamada “canibalização de palavras-chave“. Funciona assim: quando você cria artigos diferentes, mas com assuntos parecidos e usando as mesmas palavras-chave, um acaba competindo e roubando tráfego do outro. 

Nesses casos, o ideal é fazer um levantamento dos posts nessa situação e, se for o caso, juntar os conteúdos, transformando os dois em algo único e mais completo.  

Saiba mais!

6 ferramentas gratuitas de palavras-chave

Como medir os links e CTAs do seu blog 

Finalmente chegamos na parte das métricas relacionadas aos itens de ação em seu blog. Esse também é um fator importante, que precisa ser monitorado. Vamos a eles!

Cliques em links, botões e banners

Monitorar a taxa de cliques (ou CTR) em links, botões e banners em seu blog é importante para identificar como seu leitor está respondendo aos seus “convites” para que ele interaja com seu conteúdo.

Os cliques em seus links internos, por exemplo, são importantes para gerar tráfego para outros conteúdos de seu blog ou do próprio site. E um artigo pode ser a porta de entrada para muitas outras descobertas.

Além disso, clicar em botões e links de agendamento é fundamental para uma estratégia de inbound, por exemplo.

Monitore como está o desempenho desses itens e, se não estiverem indo bem, experimente mudar seus CTAs, o destaque que você está dando (cores, tamanho de fonte) e a própria copy. É um trabalho que vale a pena ser feito.

Veja também!

Plano de marketing 2021: arrumando a casa

Métricas em suas newsletters

Apesar de não ser diretamente no blog, essa métrica também precisa ser monitorada, já que o interesse do público por suas newsletters influencia diretamente na quantidade de leitores que seus artigos vão ter. 

E para avaliar seus e-mails de newsletter, alguns pontos são essenciais, como:

  • Taxa de abertura: a relação entre a quantidade de e-mails enviados e aqueles que foram abertos. Seu objetivo é mirar em algo próximo a 20% de abertura.
  • Taxa de cliques: a relação entre os e-mails abertos e a quantidade de cliques em seus links. Isso revela como seus CTAs, links internos e botões estão desempenhando. Uma boa taxa é algo em torno de 3%.
  • Taxa de cancelamento: importante sinal de alerta para seus e-mails, essa taxa mostra a quantidade de pessoas que pediram para sair da sua lista, após abrir seus e-mails. Disso você pode tirar importantes lições, como a qualidade do conteúdo ou se o assunto é de interesse desse público. O ideal é que essa taxa não seja maior que 0,7%.

Saiba mais!

Métricas de e-mail marketing para você monitorar

Medir os resultados do seu blog fica mais fácil com ajuda

Como você viu ao longo do texto, colocar um blog no ar é apenas o primeiro passo de um processo mais longo, que é uma estratégia completa de marketing, especialmente de inbound.

Medir os resultados do seu blog dará as direções e respostas que você precisa para fazer os ajustes necessários e poder colher todos os frutos que essa importante ferramenta pode trazer para seu negócio. E, acredite, o potencial de um blog é enorme!

Ao mesmo tempo, sabemos que acompanhar todas essas métricas não é das tarefas mais fáceis. É necessário o domínio de diversas ferramentas, como Google Search Console, Semrush, RD Station, entre outras. 

Aqui na Eixo Digital, fazemos isso todos os dias para diversos tipos de negócio. Somos especialistas em promover empresas pela internet e sabemos como fazer seu blog trabalhar em prol do sucesso do seu negócio.

Quer saber como podemos te ajudar? Fale com um dos nossos especialistas.

[fbcomments width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]