O LinkedIn é uma boa ferramenta para vendas?

Vendas - Daniel Dias - 29/11/2018

O LinkedIn é uma das redes sociais mundialmente mais populares, com mais de 300 milhões de usuário ativos por mês em todo o mundo, segundo pesquisa da Statista.

A rede passou por diversas mudanças desde a sua criação e hoje agrega cada vez mais possibilidades, inclusive para se fazer negócios.

Saiba que se você ainda não inclui o LinkedIn nas suas estratégias de marketing digital, você pode estar perdendo grandes oportunidades de marketing e vendas.

Ainda em dúvida se o LinkedIn é uma boa ferramenta para vendas para você? Continue lendo este artigo que vamos mostrar a importância de usar a rede para prospectar clientes e vender ainda mais.

O que é e como funciona o LinkedIn?

O LinkedIn foi criado em 2002 e, no início, era conhecido apenas como uma rede para que os profissionais pudessem se inserir e se manter no mercado de trabalho, com a procura por vagas de emprego e postagem de currículos.

Hoje, com alto crescimento inclusive no Brasil, a plataforma se expandiu e é reconhecida como a maior e mais completa rede profissional do mundo. Isso é o que a diferencia das demais redes sociais, que são essencialmente voltadas para o relacionamento pessoal.

Existem inúmeras novas possibilidades do que se fazer a partir do LinkedIn, tanto para profissionais do mercado quanto para empresas e negócios. É possível se conectar com outros profissionais, colegas de trabalho e empresas e, assim, ampliar o próprio networking e tornar ainda mais conhecido o seu trabalho ou negócio.

Com toda essa rede profissional formada, você consegue ter acesso a conteúdos específicos do mercado de trabalho e sobre assuntos da sua área totalmente relevantes para a carreira.

Trata-se de um espaço para construção de relacionamentos e de autoridade profissional. Naturalmente, isso pode repercutir muito positivamente nas vendas. Acompanhe!

O LinkedIn é uma boa ferramenta para vendas?

Além de ser uma rede voltada para o contato profissional, o LinkedIn também tem crescido a cada dia como mais uma alternativa para prospecção de clientes e parceiros comerciais.

Imagino que já deve ter passado pela seguinte situação no seu negócio: identificou um potencial cliente e, quando tentou entrar em contato com a empresa, percebeu que não tinha nenhum número de telefone ou e-mail para isso.

Nesses casos, uma das maneiras que você pode utilizar para encontrar o profissional ideal dentro da empresa é pelo Linkedin. Basta entrar no perfil da marca na rede e identificar os colaboradores e cargos que está em busca.

O profissional ideal vai depender do seu objetivo com aquele contato. Se quer vender um produto ou serviço, o mais indicado é procurar o responsável pelo setor de marketing, por exemplo.

Assim, quando tiver esse contato, fica muito mais simples fazer uma primeira abordagem e seguir com a negociação até fechar um novo contrato.

Anúncios no LinkedIn

Uma outra vantagem do LinkedIn como uma alternativa de vendas são as suas possibilidades de anúncio. Com a rede, é muito mais fácil segmentar o seu público e atingir diretamente um cliente em potencial, em comparação com as outras redes sociais.

Com os filtros do LinkedIn Ads é possível encontrar possíveis leads com base em informações como geolocalização, porte e ramo de atuação da empresa em que trabalha, o seu cargo de decisão dentro do negócio, entre outras opções.

Mas vale a pena usar o LinkedIn para fazer negócio?

Até então, nós apresentamos os motivos que podem levar o LinkedIn a ser uma boa ferramenta para vendas. Mas, para responder à dúvida deste tópico, é necessário que você compreenda a complexidade da rede.

Mesmo que tenha crescido o número de usuários do LinkedIn no Brasil nos últimos anos, esse dado ainda está distante do campeão de usuários no mundo: os Estados Unidos.

Os brasileiros ainda estão se familiarizando com a rede, entendendo como ela funciona, aprendendo sobre as suas especificidades e como utilizá-las a seu favor.

Além disso, independente do país, os usuários do LinkedIn se comportam de forma distinta e têm um relacionamento diferente com a ferramenta, comparado às outras redes sociais.

Pense bem: a rede é composta por pessoas que estão em busca de constante aprendizado e de informações relevantes para a sua área de atuação, que possam agregar de alguma forma na sua carreira profissional. Com isso, o conteúdo gerado se torna muito mais específico, útil e de valor para quem o lê ou consome.

Por isso, antes de começar a gerar vendas para o seu negócio, é muito importante que você construa uma presença na rede, pensando sempre nesse comportamento específico dos usuários. O seu público está presente e ativo na rede? Como eles se comportam no LinkedIn e quais conteúdos gostam de consumir lá?

Isso vai oferecer uma melhor base e entendimento para definir o conteúdo que irá produzir e a frequência que irá publicá-lo, para assim atrair mais leads.

Outro aspecto a se considerar são os anúncios na rede. Em comparação com as outras mídias sociais, o LinkedIn é mais caro, devido ao Custo por Aquisição (CPA) ser maior em comparação com o gerenciador de anúncios do Google e do Facebook, por exemplo.

O que explica isso é justamente o que falamos logo acima e no decorrer do artigo: o LinkedIn tem uma audiência menor e, com tantas possibilidades de segmentação, os usuários são muito mais qualificados.

Não esqueça que testes são sempre bem vindos na hora de avaliar uma nova estratégia de vendas, então não tenha medo de investir, ok?

Com isso, respondendo a sua dúvida, vale a pena usar o LinkedIn como ferramenta de vendas, desde que você conheça bem a rede e saiba como usá-la de acordo com comportamento próprio dos seus usuários. Continue pesquisando e se aprofundando no assunto, para saber como, por exemplo, criar um perfil na rede, como produzir conteúdo relevante na sua conta e alimentá-la frequentemente, entre outros assuntos.

Uma ótima dica é seguir referências no assunto para se inspirar e aprender mais, como o mentor de vendas Thiago Reis. Ele produz conteúdos, inclusive, específicos sobre como vender utilizando o LinkedIn.

Conheça também os Maiores especialistas em marketing digital que você precisa seguir [atualizado].

Pensar em todas as questões apresentadas neste artigo vai ajudá-lo a entregar leads cada vez mais qualificados para a sua equipe de vendas, o que é essencial para o sucesso do negócio.

Depois de encontrar no LinkedIn uma nova possibilidade de venda e potenciais clientes, é fundamental saber convencê-los da efetividade do seu serviço com uma boa proposta comercial, certo? Para te ajudar nisso, saiba agora Como criar uma apresentação comercial matadora?

Comentários