BI e Marketing de Performance: como analisar e interpretar os dados com foco na conversão de vendas

Todas as ações que realizamos por meio da tecnologia, deixam uma série de rastros na internet. Esses rastros nada mais são do que dados gerados a partir dessas interações.

E no Marketing de Performance, saber coletar e interpretar esses dados faz toda a diferença quando o objetivo é atrair visitantes e conversão em vendas dentro do escopo do Marketing Digital.

E é aqui que entra o BI (Business Intelligence), a tecnologia que permite que você explore de forma inteligente todos esses dados.

Continue lendo o artigo para saber mais sobre o que é BI, e como você pode analisar e interpretar dados dentro do Marketing de Performance. Acompanhe!

O que é BI (Business Intelligence)?

 

Business Intelligence (Inteligência de Negócios) é um termo que foi criado na década de 80 pelo Gartner Group (Instituto de pesquisa e análise do setor de tecnologia da informação). Ele descreve todo um processo de coleta, organização e análise de dados, que gera, a partir daí, relatórios inteligentes e indicadores de gestão.

O intuito do BI é facilitar a coleta e interpretação dessa infinita quantidade de dados que os usuários deixam na internet, para que eles possam ser lidos de forma fácil, intuitiva e estratégica. Isso significa:

  • Tomada de decisões mais acertadas;
  • Menos riscos manuais cometidos;
  • Maior segurança e confiabilidade nos dados obtidos;
  • Aumento da produtividade;
  • Melhor detecção de falhas;
  • Investimentos mais seguros dentro dos setores da empresa.

Agora que você entendeu um pouco mais sobre a importância do BI, vamos ver como você pode aplicá-lo nas suas estratégias de Marketing Digital?

Como analisar e interpretar os dados com foco na conversão de vendas?

 

É importante dizer que, quando falamos em análise de informações por meio do BI, podemos afirmar que os dados são a base de tudo, sendo que todas as ações subsequentes giram em torno dessas informações.

Entendido isso, vamos, enfim, saber o que você deve fazer para analisar e interpretar dados com foco em conversão de vendas. Vamos lá!

Faça sempre análises de mercado e pesquisas Benchmarking

 

O primeiro passo é pesquisar e comparar constantemente as ações e estratégias das empresas, como forma de se atualizar e otimizar os processos.

Isso é chamado de Benchmaking, e no mundo altamente competitivo em que vivemos hoje, esse é um processo muito importante e indispensável para suas estratégias. É preciso muita análise comparativa e de mercado!

Acompanhe sempre as mudanças e inovações no mercado, principalmente no nicho em que seu negócio atua. Nesse acompanhamento, inclui-se também novas ferramentas de gestão que, inclusive, podem levar a sua empresa a um passo adiante entre os concorrentes.

Crie um histórico de ações, estratégias e processos que você realizou

 

Dentro do Marketing Digital, analisar com frequência o mercado, e comparar as ações dos seus concorrentes, ainda não é o suficiente para converter seus próprios visitantes em oportunidades, e consequentemente, em vendas. É necessário também registrar as ações que já foram tomadas.

Tomar decisões acertadas e estratégicas também envolve repetir o que deu certo no passado, e evitar que se cometam os mesmos erros. Para isso, procure criar um registro das ações que foram tomadas, e torne isso um banco de dados disponível para consulta sempre que um novo projeto precisar ser realizado.

Ainda: também existem softwares que criam essas ações que podem servir como enciclopédias da sua empresa, a serem disponibilizadas tanto pelos colaboradores veteranos, quanto os novos que chegarem no futuro. Chamados de playbooks, esse compilado de informações e dados padronizam as ações, políticas e estratégias da sua empresa, além de claro, facilitar a tomada de decisões. Legal, não é?

Escolha as ferramentas corretas de análise de dados

 

A melhor forma de aplicar o BI no seu negócio é utilizando as ferramentas de gestão que já aplicam tal conceito. BI não é ferramenta, mas estratégia e performance! No entanto, existem muitas ferramentas disponíveis que te ajudam nesse processo, tornando-o mais fácil para você. Mas para escolher quais as melhores, primeiro você precisa definir os indicadores que você quer acompanhar.

Dentro de uma estratégia de Marketing Digital, talvez seja importante acompanhar indicadores, como:  taxa de permanência no site, taxa de rejeição dos usuários, taxa de conversão, taxa de vendas, taxa de leads perdidos, taxa de oportunidades, taxa de leads qualificados, entre tantas outras.

Com base nesses indicadores, você pode começar a escolher as melhores ferramentas que irão te ajudar neste processo. Existem ferramentas de vários tipos, com objetivos variados e específicos, como:

  • Ferramentas de Dashboards
  • Ferramentas de Automação
  • Ferramentas de SEO
  • Ferramentas de Inteligência Artificial
  • Ferramentas de Análise de Métricas

Todas elas utilizam, de alguma maneira, o BI para processar os dados de usuários, e interpretá-los de forma inteligente e estratégica. Existem ferramentas, inclusive, que unem várias funções — é o caso da ferramenta RD Station Marketing.

A seguir, conheça algumas outras ferramentas de análise de dados que podem te ajudar nas suas estratégias.

 

Google Data Studio

 

O Google Data Studio é uma ferramenta que tem o intuito de condensar diversos tipos de dados e transformá-los em informações preciosas para a sua empresa. Ele permite, de forma gratuita, que você crie, edite e acompanhe os dados mais importantes para o seu negócio por meio de gráficos e tabelas personalizados por você, gerando relatórios automáticos.

Saiba mais:

Como o Google Data Studio pode ser útil para o seu negócio

SEMRush

 

O SEMRush é considerado uma das melhores ferramentas para análise de SEO – Search Engine Optmization e, também, para aqueles que desejam planejar palavras-chave.

A plataforma online é uma ajuda completa e útil para quem trabalha com o marketing digital. Além da pesquisa de palavras-chave, ela também permite uma análise detalhada do site da empresa e da concorrência do negócio.

Saiba mais:

SEMRush: Como fazer um planejamento de palavras-chave?

 

Google Analytics

 

O Google Analytics é uma plataforma que tem como objetivo coletar informações dos usuários ou visitantes de um site. Essas informações se dividem em diversas métricas que a plataforma considera, como: idade dos usuários, gênero, localização geográfica, comportamentos, entre outras.

Com esses dados, o Analytics consegue gerar relatórios periódicos e, assim, possibilitar um trabalho mais estratégico com ações de marketing na internet.

Quer conhecer outras plataformas? Então clique aqui e conheça as principais ferramentas do Marketing Digital.

Leia também: Como tomar decisões baseadas em dados? 3 dicas essenciais.

Comentários