Como desenvolver o seu Planejamento de Inbound Marketing para 1 ano?

Inbound Marketing - Daniel Dias

Para ter sucesso com o Inbound Marketing é necessário se organizar bem. E isso você já está careca de saber. Mas, quando pensamos em 1 ano inteiro, 12 meses de estratégia completa, como construir um planejamento de Inbound Marketing efetivo e com grande potencial de resultados?

É isso que vamos te ensinar neste artigo com as orientações especiais que a Eixo preparou para você!

planejamento de inbound marketing

São dicas, táticas e mindsets que nós aplicamos aqui no dia a dia da agência na hora de desenvolver um novo plano de Inbound Marketing e que fazem toda a diferença no resultado final.

Por isso, não precisa se desesperar. Construir um planejamento de Inbound Marketing para um ano inteiro pode parecer uma tarefa árdua, mas depois deste artigo vai ser mais simples do que esperava.

Vamos lá? Confira abaixo!

Como fazer um planejamento de Inbound Marketing para 1 ano inteiro? 6 dicas essenciais

Antes de começar a desenvolver o seu plano de Inbound Marketing, é muito importante que você já tenha definido 3 tópicos básicos, como:

  • o objetivo que quer atingir com aquele planejamento — seja gerar mais leads, engajamento, vendas, entre outros;
  • a meta que deseja alcançar;
  • a persona que será impactada com a sua estratégia.

Se você tem dúvidas em algum desses assuntos, um outro artigo pode ajudá-lo a entendê-los. Leia também: Marketing de Performance: o que é e como aplicá-lo no seu negócio.

Para definir cada um desses tópicos básicos, você precisa fazer um diagnóstico preciso da sua empresa e uma pesquisa aprofundada do seu público-alvo para construir a sua persona ideal.

Uma prática que ajuda bastante nesse momento é realizar entrevistas com aqueles que já são seus clientes e, se o negócio ainda estiver no início, com possíveis consumidores que podem se identificar com a marca futuramente.

Com essas informações definidas, você está pronto para fazer um planejamento de Inbound Marketing para um ano de estratégia. Agora, siga esses 7 passos fundamentais:

1 – Comece pelos títulos dos conteúdos da sua estratégia

Uma boa forma de iniciar o seu planejamento é pensando em todos os títulos dos conteúdos que irá produzir em 12 meses. Pode parecer muito, mas tenha certeza que isso irá facilitar bastante o seu trabalho depois.

É claro que o número de textos a serem produzidos vai variar de acordo com o negócio em questão. De qualquer forma, é uma boa já definir todos os títulos dos conteúdos.

Para isso, você deve imergir em mais uma etapa de pesquisa e estudar tudo que está sendo buscado sobre o segmento da marca na internet. Assim, você vai conseguir avaliar os principais assuntos, definir em quais você pode investir para trazer diferencial para o seu negócio e atrair a sua persona, além de descobrir as palavras-chave mais relevantes e que podem ser trabalhadas durante os 12 meses.

Tem alguma dúvida sobre palavras-chave? Esclareça aqui.

Uma ótima prática também é analisar os blogs da concorrência e ver o que já estão produzindo de conteúdo. Isso pode gerar insights de temas e títulos bem interessantes.

Depois de definir todos os títulos, você pode ir desenvolvendo as pautas para a produção dos conteúdos no decorrer do ano. Indicamos que adote um ritmo de criar pautas de três em três meses, para que não fique sobrecarregado nem atrase a produção, o que acha?

E, o mais importante: todos os títulos de conteúdos definidos devem fazer parte de uma jornada de compra já definida para o seu cliente, ou seja, deve fazer parte da educação daquele visitante até que ele se sinta apto para comprar de você.

Leia também: Como construir a jornada de compra do seu cliente

2 – Organize tudo em uma planilha estruturada

O passo seguinte é organizar toda essa editoria de conteúdos que definiu em uma planilha, estruturando a frequência de produção e publicação.

Estipular esse cronograma durante o ano é extremamente importante para o sucesso da sua estratégia e para que consiga cuprir todo o planejado. Imagine esse cronograma como um guia detalhado do que deve ser feito. Então, nessa planilha, você deve colocar pontos como:

  • Título do conteúdo;
  • Formato do conteúdo (blog post, webinar, infográfico, vídeo, ebook, entre outras iscas digitais);
  • Palavras-chave utilizadas;
  • Para qual ou quais personas ele é destinado;
  • Etapa do funil de vendas que compõe (topo, meio ou fundo de funil);
  • Prazos para produção e data de publicação;
  • Responsável pelo conteúdo.

Essa estrutura não é fixa, certo? Cada trabalho pode demandar alguma mudança e tópicos podem ser adicionados no decorrer dos 12 meses, como número de palavras de cada conteúdo, o cliente para qual é destinado (caso tenha mais de um), observações, entre outras questões, desde que facilitem ainda mais a sua organização.

Com todo o seu trabalho organizado dessa forma você terá uma visão panorâmica do andamento do planejamento, podendo otimizar ainda mais processos e melhorias.

3 – Atente-se para ocasiões especiais e boas oportunidades durante o ano

No decorrer de um ano, existem algumas ocasiões especiais que podem ser grandes oportunidades para atrair ainda mais público, concorda?

Datas comemorativas, algum mês temático, aniversários… Tudo isso você deve considerar e acrescentar ao seu planejamento de Inbound Marketing, a depender do negócio.

Por exemplo, se a sua marca ou cliente é da área da saúde, pode ser interessante que você desenvolva conteúdo em épocas como o Outubro Rosa e Novembro Azul, datas especiais como o Dia Mundial do Câncer, entre outras.

Essas datas representam oportunidades pois, pela visibilidade que costumam ganhar em cada época, o número de pesquisas sobre aquele assunto naturalmente aumenta e as pessoas costumam se demonstrar mais interessadas nos assuntos específicos..

4 – Planeje a divulgação dos conteúdos em outros canais, como as redes sociais!

Integrar o seu site e blog com outros canais pode potencializar ainda mais os seus resultados.

Considere sempre, após publicar um texto no seu blog, divulgá-lo também nas redes sociais do seu negócio e, inclusive, aproveitar o conteúdo para um e-mail marketing. Isso com certeza vai trazer mais alcance e visitas para o seu site, além de aumentar as chances de captar ainda mais leads.

E, claro: um bom conteúdo, útil e relevante para o público-alvo, faz com que ele, naturalmente, compartilhe e o propague nos seus próprios perfis, fazendo com que a sua marca chegue a cada vez mais pessoas.

Por isso, não se esqueça de produzir conteúdo relevante e de qualidade!

Leia também:

Redes Sociais: as tendências para você aplicar desde agora!

5 – Faça um cronograma de e-mails para os 12 meses

Seu website deverá conter uma série de caminhos possíveis para que o visitante se transforme em um lead ao preencher qualquer cadastro, como para assinar uma newsletter ou para baixar um ebook, por exemplo.

Por isso, defina também um cronograma de e-mails para nutrição desses novos contatos. Em caso de divulgação de ebook, por exemplo, recomenda-se criar um fluxo de automação com uma sequência de e-mails com conteúdos que tenham relação com o material baixado.

Para estratégias de e-mail, conte também com o uso da sua jornada de compra definida e trabalhe com segmentação de leads para conseguir enviar e-mails mais personalizados. Se a sua empresa lida tanto com o cliente final, como com fornecedores, por exemplo, as duas personas devem receber comunicações diferentes.

Leia também: Como obter resultados com e-mail marketing? e Saiba como o fluxo de nutrição ajuda em estratégias de marketing digital.

6 – Defina o seu investimento para o ano

Uma das partes mais importantes de qualquer planejamento é o orçamento. Por isso, defina muito bem a verba que tem disponível para que possa investir na sua estratégia e alcançar ainda mais resultados.

No marketing digital, resultados orgânicos costumam demandar um tempo maior para serem atingidos. Sendo assim, é sempre bem vindo incluir também estratégias de mídia paga e patrocínio, que conseguem atingir resultados mais imediatos diante da possibilidade de segmentar melhor o público.

Mas atenção: estratégias de mídia paga devem ser usadas estrategicamente. Clique aqui para saber mais sobre o assunto.

7 – Utilize modelos de planilhas prontas

Mesmo com todas essas dicas, sabemos que não é fácil desenvolver um plano de Inbound Marketing, principalmente se for você quem irá liderar esse processo.

Fique tranquilo, pois existem modelos e templates de planejamentos na internet. E o melhor: gratuitos.

Você pode encontrar facilmente arquivos prontos para que possa aplicar os ensinamentos que apresentamos aqui, especialmente para organizar todo o seu planejamento de um ano.

Um dos melhores modelos existentes e que nós indicamos é o da Resultados Digitais, uma das maiores agências referência na área da América Latina e da qual somos parceiros.

Com ele, você conseguirá estruturar todo o seu planejamento em 12 meses, desde a etapa de definição dos tópicos básicos até a execução e análise dos resultados. Acesse aqui e aproveite!

Ferramentas que irão ajudar a fazer o seu Plano de Inbound Marketing

Para agilizar o processo de desenvolvimento do seu planejamento de Inbound Marketing, recomendamos que utilize as seguintes ferramentas:

Para criar personas: Gerador de Personas

Para quem ainda não tem uma persona definida ou quer estruturar melhor uma já existente, o Gerador de Personas (ferramenta criada pela Resultados Digitais em parceria com a Rock Content) permite criar um perfil de forma simples, rápida e gratuita!

Basta acessar o Gerador de Personas aqui e seguir os passos indicados pela ferramenta.

Durante o processo, são questionados alguns dos principais pontos para formação da persona (como nome, idade, problemas que enfrenta e o que a sua empresa pode oferecer como solução).

Ao final, é gerado um PDF com todas as informações dadas, que compõe a persona final, de forma clara e visual.

ferramenta para criar persona gerador de personas

Leia também:

Persona: o que é e como criar? Saiba o segredo e evite erros comuns!

Construção da Jornada de Compra: Gerador de Jornada de Compra

Agora, se você ainda não tem uma jornada de compra estruturada ou quer visualizar melhor a que já tem, utilize o Gerador de Jornada de Compra gratuito da Resultados Digitais.

gerador de jornada de compra

Com ele, você vai conseguir:

  • Visualizar os problemas e as necessidades da sua persona e o que fazer para resolvê-los;
  • Ter ideias de conteúdos e títulos para cada etapa da jornada de compra (Aprendizado e Descoberta, Reconhecimento do Problema, Consideração da Solução, Decisão de Compra).

gerador de jornada de compra 2

Acesse aqui a ferramenta Gerador de Jornada de Compra.

Planejamento de Conteúdo: SEMrush 

Para estruturar o conteúdo dentro do seu planejamento de Inbound Marketing é preciso definir as palavras-chave que irão guiar a estratégia. E uma boa ajuda nessa ação é a ferramenta SEMrush.

É uma ferramenta completa para essa função. Com ela, você vai poder analisar o domínio do seu site e descobrir as principais palavras-chave que levam usuários para o seu site hoje.

Ou, se ainda não possui um site, vai ter mais insumos para definir as palavras-chave ideais, já que poderá ter acesso a dados importantes nessa decisão, como volume e concorrência dos termos.

planejamento de conteúdo semrush

A ferramenta possui uma versão gratuita e uma versão paga. Para entender melhor sobre os planos e o que está incluso em cada um, acesse o SEMrush aqui.

Leia também:

Como usar SEMrush para pesquisa de palavras-chave? Aprenda!

Análise de Site: Google Analytics

Se você já possui um site, utilize o Google Analytics para fazer um bom diagnóstico de desempenho e performance antes de começar o seu plano de Inbound Marketing!

Com a ferramenta, é possível saber quais as páginas e conteúdos do seu site que atraem mais tráfego atualmente, a origem desse tráfego, se o tempo de carregamento está adequado, além de diversas outras informações úteis (como número de usuários atraídos, sessões, taxa de rejeição e mais).

E o melhor: tudo de forma gratuita! Comece a configurar o seu Google Analytics agora mesmo aqui.

análise de site google analytics

Para não ficar perdido com nomenclaturas e métricas, leia também este conteúdo: Relatório Google Analytics: o que significam as principais métricas?

Quer conhecer mais ferramentas que são super úteis no dia a dia de quem trabalha com Marketing Digital? Descubra aqui!

Dúvidas Comuns

– Qual a frequência ideal de publicação de conteúdo?

Não existe uma frequência ideal de publicação de conteúdo no Inbound Marketing. Afinal, esse fator vai depender também de o quanto você é capaz de produzir e se tem uma equipe para isso, além de qual a frequência em que o mercado e a concorrência produzem. 

O importante é ter uma frequência bem estabelecida, esforçando-se para que ela seja cumprida ao máximo no decorrer da estratégia.

– É caro colocar em prática um planejamento de Inbound Marketing?

Esse é um grande mito em relação ao Inbound Marketing. Afinal, em comparação com o Marketing Tradicional e o Outbound Marketing, os leads gerados pelo Inbound Marketing são, em média, 61% mais baratos.

Esse é um dado de um levantamento realizado pela Hubspot, empresa internacional referência em Inbound e estratégias digitais.

Leia também:

Quanto custa um Projeto de Inbound Marketing em uma agência?

– Em quanto tempo vou enxergar os resultados?

Sabemos que a ansiedade por resultados é grande ao começar a aplicar uma nova estratégia. Porém, deve-se ter em mente que os principais resultados e benefícios do Inbound Marketing são alcançados em médio a longo prazo.

Leia também:

Você está colhendo resultados com sua estratégia de Marketing?

– Como acompanhar o andamento da estratégia?

Para ter noção da efetividade do seu planejamento de Inbound Marketing, recomendamos que acompanhe os resultados, números e métricas por ferramentas como o Google Analytics e o RD Station

São recursos que permitem fazer análises mais aprofundadas, identificar possíveis erros e adaptar as estratégias, se necessário.

Se ainda não conhece as ferramentas ou quer entender melhor sobre elas, estes outros artigos vão ajudar:

Google Analytics: o que é? Para que serve? Como usar?

Tudo que você precisa saber sobre o RD Station

– Quais as métricas de Inbound Marketing que devo acompanhar?

Para saber se o seu planejamento de Inbound Marketing está sendo efetivo ou não, é importante que você acompanhe frequentemente algumas métricas, principalmente:

 

  • ROI (Retorno Sobre Investimento)
  • CPL (Custo por Lead)
  • CAC (Custo de Aquisição por Cliente)
  • Taxas de Conversão

 

Saiba mais em:

Métricas de Inbound Marketing essenciais para o seu negócio

– Um planejamento de Inbound Marketing pode ser aplicado em qualquer negócio?

Sim, essa é uma das grandes vantagens do Inbound Marketing. Marcas de todos os tamanhos e segmentos conseguem aplicar essa metodologia e alcançar resultados significativos.

Isso se deve, principalmente, à diversidade de estratégias disponíveis dentro do Inbound Marketing.

Leia também: Investir ou não em Inbound Marketing? 12 motivos para ter certeza!

E não se esqueça: o Planejamento de Inbound Marketing deve ser fluido e adaptável

Mesmo que você planeje tudo muito bem e que faça de tudo para prever possíveis problemas, desenvolvendo ações com a certeza de que irão dar certo, imprevistos podem acontecer, concorda?

Por isso, busque desenvolver um plano fluido e esteja preparado para acompanhá-lo frequentemente e adaptá-lo sempre que necessário.

Por mais que esteja certo do título de um conteúdo, por exemplo, depois que publicá-lo pode acontecer de ele não gerar os resultados que esperava. Assim como pode acontecer o contrário: um conteúdo pode te surpreender e te deixar ainda mais próximo do seu objetivo.

Executar um planejamento de Inbound Marketing é um aprendizado constante, em que você deve sempre estar atento para identificar o que não está indo tão bem e buscar melhorar a sua estratégia.

Esse é um dos principais pontos que com certeza farão a diferença para que alcance grandes resultados e uma alta performance com 1 ano.

O que acha de conferir tudo que precisa saber sobre Inbound Marketing em um só lugar? Acesse aqui a nossa categoria e aprofunde-se no assunto!

Imaginamos que você está sempre pesquisando sobre assuntos relacionados ao marketing digital, certo? Por isso, preparamos um e-book completo sobre Inbound Marketing para que possa compreendê-lo de uma vez por todas. Baixe agora mesmo o Guia Completo do Inbound Marketing e bons estudos!

ebook guia completo de inbound marketing eixo
Baixe agora mesmo o Guia Completo do Inbound Marketing! É gratuito!

E por que usar Inbound Marketing? O que você pode esperar da sua estratégia?

É sempre válido ressaltar a importância do Inbound Marketing para uma estratégia e o seu valor como transformador do relacionamento do público com a marca.

E essa mudança acontece com uma ideia simples: o Inbound Marketing não busca vender de imediato nem a todo custo, mas aproveitar o comportamento de busca dos usuários na internet para criar proximidade com eles, em um processo de educar esses potenciais clientes para comprar o produto ou serviço de um negócio.

Durante todo esse processo, a empresa produz conteúdos próprios, personalizados e relevantes para esses usuários, que solucionem problemas do dia a dia, criando assim um relacionamento mais firme e duradouro entre público e marca.

Conteúdo de qualidade e útil para os usuários é a chave para que eles vejam cada vez mais a marca como referência para atender às suas necessidades.

Se você quer se aprofundar mais no Inbound Marketing, leia o nosso artigo completo sobre o assunto: Inbound Marketing: o essencial para não ficar perdido mais.

fale com um dos especialistas da agência eixo digital primeira agência platinum do centro-oeste
A Eixo Digital é a primeira Agência Platinum do Centro-Oeste entre os parceiros da Resultados Digitais. Que tal falar com um de nossos especialistas?

Comentários