Conteúdo para marketing médico: 18 dicas para ter ideias de pauta o tempo todo!

Marketing Médico - Raphael Caitano

Uma das bases para toda estratégia de marketing consistente e profissional é a produção de conteúdos úteis para o público.

Especialmente quando falamos da metodologia de Inbound Marketing – a mais indicada para o marketing médico – oferecer conteúdo de valor é o que vai sustentar toda a estratégia.

Porém, nem sempre é fácil produzir conteúdo regularmente, na frequência necessária e de alta qualidade. Afinal, sobre o que falar? O que as pessoas querem saber? Qual tipo de conteúdo vai ter mais engajamento? Como posso me diferenciar da concorrência?

Se essas dúvidas também te perturbam, listamos neste artigo 18 dicas para te ajudar a ter ideias de pauta o tempo todo!

Vamos lá?

Dicas de pautas de conteúdo para marketing médico

1. Pesquise boas palavras-chave ou hashtags

As redes sociais são uma ótima fonte para ter ideias de conteúdo sobre os temas mais atuais possíveis. Afinal, são nelas que as pessoas comentam sobre o que está acontecendo, a todo momento.

Se existe um procedimento estético que está em alta no momento ou se saiu a notícia de alguma celebridade que faleceu devido a uma doença relacionada à sua especialidade, busque pelo tema nas principais redes (Instagram, Facebook, Twitter) e veja o que as pessoas estão falando, quais as principais dúvidas que estão comentando nas postagens.

Essas dúvidas podem gerar um excelente conteúdo para o seu marketing médico.

👉 Existem ótimas ferramentas que podem ajudar você a encontrar boas palavras-chave e ter ideias de conteúdo para seu marketing médico. Neste artigo você encontra 12 opções!

2. Fique atento a datas comemorativas relevantes pro seu nicho

Existem as datas mais conhecidas, e que geralmente qualquer empresa da área da saúde aborda, como o Novembro Azul, o Outubro Rosa ou o Setembro Amarelo. 

Apesar de ser importante, sim, que seu marketing também se engaje nessas causas e promova esses movimentos, é possível usar essas ocasiões de forma mais criativa, gerando mais curiosidade, interesse e engajamento no seu público, além de se diferenciar do que a concorrência está fazendo.

Por exemplo, em vez de só falar do Setembro Amarelo, conte por que, onde e como esse movimento surgiu. Traga dados curiosos, como falar do carro Mustang amarelo, que era o xodó do jovem que tirou a própria vida por conta da depressão, e essa cor acabou se tornando o símbolo do movimento. Bem mais interessante, não!

Além de ajudar na conscientização sobre temas importantes, aproveitar as datas comemorativas ainda pode ajudar no planejamento dos seus conteúdos, já que são referências que você já pode ter antecipadamente em sua programação.

3. Levante dados/estatísticas interessantes

Outro fator interessante de trazer em seus conteúdos são dados e estatísticas relacionados ao seu segmento.

Não estamos falando aqui de jogar um monte de números para sua audiência, isso só afastaria seu público. A questão aqui é que esse tipo de informação – sem bem utilizada – tem o poder de provocar curiosidade nas pessoas e de gerar autoridade para você ou sua clínica.

Procure se manter em dia com as publicações e estudos de sua área e faça com que seus conteúdos sejam uma ponte entre seu público e informações de qualidade.

Levante informações, como:

  • Percentuais sobre a incidência de determinada doença relacionada à sua especialidade.
  • Se essa incidência aumentou ou diminuiu em determinado período.
  • Se isso teve a ver com algum fator específico;
  • Dados de novos avanços ou descobertas;
  • Grupos mais afetados por determinadas doenças.

Se usados de uma forma leve e criativa, esse tipo de informação em seus conteúdos podem chamar atenção e trazer um diferencial muito positivo para seus conteúdos.

Outra grande dúvida na produção de conteúdo para marketing médico é o que dizer e onde dizer. Quer aprender a fazer isso direito? Então confira essas dicas!

4. Trate questões controversas/polêmicas do seu segmento

Em qualquer especialidade é comum que haja tabus e polêmicas. Certo procedimento é perigoso? Ocorreu algum caso famoso que ganhou a mídia e que divide opiniões? Qual a sua visão sobre isso?

Muitos médicos e profissionais da saúde têm medo de se envolver em polêmicas e controvérsias. Mas esses casos são excelentes oportunidades para você dar a sua opinião como especialista no assunto e reafirmar a sua autoridade naquela área.

Além disso, quando muitos médicos evitam falar sobre o assunto, mas você tem a coragem de abordá-los e esclarecê-los à luz da Ciência, isso traz um grande diferencial para seus conteúdos.

5. Desconstrua mitos da área de forma diferente

Falar sobre mitos e verdades é um tipo de conteúdo comum na área médica. E isso tem explicação. Afinal esse tipo de pauta sempre rende um bom engajamento, pois toca em dúvidas comuns das pessoas, que elas anseiam muito por uma resposta.

Então, como você pode criar conteúdos desmistificando mitos de forma diferente? Como isso é feito hoje e como você pode se destacar?

Não é necessário pensar em ideias mirabolantes. Às vezes, apenas fazer o conteúdo em um formato diferente do que costuma produzir (como vídeo, áudio/podcast ou infográfico) pode ser o suficiente. Ou até mesmo colocar outro especialista da clínica/hospital para falar sobre o assunto dessa vez. Ou ainda tratar com bom humor um tema que costuma ser pesado.

Pequenos ajustes podem fazer a diferença para tornar únicos os conteúdos do seu marketing médico, para que ele se destaque para sua audiência.

6. Reaproveite conteúdos antigos

Pense nos e-mails que você recebe: você lembra do conteúdo dos e-mails que recebeu na semana passada? Ou, ainda, posts nas redes sociais: você consegue se lembrar de todas as postagens que viu nos últimos dias?

Na internet, são tantos conteúdos postados a todo o tempo, que acabam desaparecendo em poucas horas e ninguém mais se lembra deles.

Você pode tirar vantagem desse comportamento para reaproveitar conteúdos antigos e produzir novos conteúdos a partir deles. 

Uma boa ideia para isso, por exemplo, é criar conteúdos em formato diferente dos conteúdos antigos. Se antigamente você produziu um vídeo sobre determinado assunto, que tal agora produzir um artigo para blog, ou post com arte nas redes sociais?

Blog para a área da saúde: construindo uma estratégia de conteúdo de sucesso


E quais conteúdos antigos reaproveitar? Recomendamos que selecione aqueles que renderam os melhores resultados no passado. Pois, a depender do contexto em que foram criados na época, possuem mais chances de obterem um bom resultado novamente.

7. Leve tendências de mercado na sua área para a audiência

Mais uma ideia para gerar mais conteúdo para marketing médico é ficar atento às novidades do seu segmento e trazê-las em primeira mão para sua audiência. 

  • Surgiu algum tratamento mais eficaz, mais rápido ou mais acessível para determinado problema?
  • Se você possui um laboratório, algum estudo de vacina avançou e mostrou bons resultados? 
  • Cuidados e restrições médicas do passado, hoje não são mais necessárias?

Aproveitar e trazer para sua audiência essas informações pode fazer com que sua marca seja vista como atual, antenada e moderna. E todo mundo prefere se tratar em lugares assim, não é?

8. Sempre que possível, cite outras autoridades de sua área

Uma característica da carreira de todo profissional da área médica é recorrer a referências e citações de outros profissionais que são autoridade em determinada área da medicina.

Por que não aproveitar isso para usar como conteúdo em seu marketing?

Em vez de se sentir intimidado ou mesmo incomodado por citar outras referências, enxergue isso como uma forma de dar ainda mais embasamento e autoridade para seus conteúdos, gerando mais confiança e autoridade.

Ou, ainda, para aqueles pacientes mais curiosos, que gostam de pesquisar para entender mais a fundo sobre seu problema de saúde, encontrar todas essas referências em seus conteúdos pode ser um grande diferencial.

Sempre que fizer sentido, cite opiniões, falas, trechos de pesquisas de outros especialistas da sua área sobre dúvidas comuns que você ouve em consultório. E não tenha medo de citar mesmo colegas médicos de sua própria área. Se o seu conteúdo for bom, não será isso que fará alguém deixar de agendar com você, muito pelo contrário!

Quer aprender a avaliar – de forma ética e totalmente legal – as estratégias e conteúdos que sua concorrência está produzindo? Então confira as dicas deste artigo!

9. Aproveite conteúdos de terceiros

Não estamos dizendo aqui para você copiar o que outros médicos e empresas de saúde estão produzindo, mas sim de ficar atento ao que há de bom por aí para gerar inspiração para seu próprio conteúdo original.

E isso não se resume aos conteúdos em si, mas também aos comentários que as pessoas deixam nesses conteúdos, que também são fontes riquíssimas de ideias de pauta para seus próprios conteúdos.

A sacada aqui é usar essas referências, porém adaptadas para SUA linguagem, SEU estilo, tudo isso adaptado para os interesses de SUA audiência.

Inclusive, a partir disso, podem surgir novas ideias de conteúdos originais para você.

Será que você está usando o perfil de sua clínica no Instagram do jeito certo? Confira neste artigo como fazer isso para atrair mais pacientes!

10. Relacione um tema em alta (notícia, meme, filme, série,…) com a sua especialidade

Existe alguma série ou filme que está bombando e aborda um assunto relacionado à sua especialidade ou que possa ser usado como referência? Surgiu algum meme curioso ou notícia que tenha relação com a sua área? 

Aproveite o momento!

Conteúdos produzidos dessa forma, além de serem criativos, ainda possuem mais chances de gerarem boas taxas de engajamento. Já que tratam de pautas quentes, que estão na boca do povo.

👉 Quer potencializar de verdade o conteúdo do seu Marketing Médico, gerando mais conexão e engajamento com seu público? Então baixe nossa Revista Transformação Digital na Saúde, que é gratuita e você acessa neste link ou clicando na imagem abaixo:

11. Conte sua história e de sua clínica

Todo mundo gosta de uma boa história. E no marketing não é diferente.

Resgate histórias significativas de sua clínica/consultório/laboratório/hospital ou mesmo de sua trajetória pessoal como médico, e mostre isso para seu público. Isso pode gerar mais identificação, conexão, engajamento, além de trazer mais confiança e segurança para o paciente, pela sensação de que “conhece” as pessoas que irão tratá-lo.

Reúna informações sobre como e quando a empresa surgiu, seu corpo clínico, suas especialidades, a equipe de atendimento e tudo o mais que possa ser do interesse do público.

O objetivo aqui é levar essas informações de uma forma interessante e criativa para seu público. E a melhor forma de fazer isso é contando histórias!

Em vez de só mencionar o ano em que sua clínica foi criada, conte como foi esse processo e o que motivou essa decisão. Pode ter certeza de que isso vai gerar muito mais interesse e conexão com as pessoas.

Além disso, sempre que for possível, mostre sua equipe – tanto profissionais de saúde quanto a equipe de apoio – nas suas redes sociais. As pessoas adoram conhecer quem está por trás da marca.

Ah, e quem se mostrar disponível, também deve ser estimulado a aparecer nos conteúdos. Essa humanização também costuma gerar bons frutos.

Temos certeza de que você pode encaixar diversas histórias no seu marketing médico… São inúmeras oportunidades de conteúdo para usar durante um longo tempo!

Confira este guia de como usar o Instagram para sua clínica de forma estratégica!

12. Produza conteúdos em formato de lista!

Listas são tipos de conteúdos que são simples, fáceis de fazer e, principalmente, fáceis de serem consumidos! É por isso que costumam gerar tanto engajamento nas redes sociais e em blogs, por exemplo.

Não é à toa que marcas como o BuzzFeed fazem tanto sucesso. Seus conteúdos em lista são um verdadeiro case de sucesso!

Para o seu marketing médico, você pode fazer listas sobre os mais diversos assuntos e temas relacionados à sua especialidade, como:

  • X exames essenciais para as mulheres;
  • X cuidados com a saúde no verão;
  • Checklist de como escolher óculos de sol;
  • X alimentos que fortalecem a imunidade.

13. Aproveite o seu corpo clínico para fazer e publicar entrevistas

Além de ajudar os pacientes a conhecerem os médicos e as médicas que poderão atendê-los – gerando mais confiança para agendar uma consulta – publicar essas entrevistas também multiplica as possibilidades de conteúdos para o seu marketing médico!

Afinal, cada especialista pode ter uma opinião ou visão sobre determinado assunto, trazer uma dúvida ou questionamento interessante de paciente, que coletou durante uma consulta, e pode virar um conteúdo, ou até mesmo ideias de conteúdo próprias!

E não precisa ser nada muito longo. Pequenas “pílulas” de 30 segundos a 1 minuto já são mais do que suficientes para trazer uma orientação rápida sobre o assunto.

Neste outro artigo, trazemos dicas valiosas de como você pode deixar seus vídeos mais humanizados. Vale a pena conferir!

14. Esteja atento aos comentários de pacientes em todos os canais

Comentários em vídeos, nas redes sociais ou nos artigos do Blog, directs no Instagram, nas caixinhas de perguntas… essas são fontes ricas de conteúdo! 

Afinal, você terá ideias de conteúdos que já serão direcionadas para as dúvidas ou perguntas que os pacientes possuem, o que aumenta a assertividade do seu marketing e a satisfação das pessoas com o seu conteúdo. 

Então, se você tem aquela dúvida lá do início deste artigo de “o que as pessoas querem saber?”, olhe os comentários para descobrir e leve o conteúdo que elas querem!

Descubra, neste outro artigo, toda a importância do videomarketing para o seu negócio e passe a usar essa ferramenta poderosa em seus conteúdos! 

15. Agrupe conteúdos sobre temas semelhantes

Separe temas interessantes da sua especialidade e reúna os conteúdos que já possui sobre cada um. Dessa forma, você pode produzir conteúdos do tipo “tudo o que você precisa saber sobre tal assunto”.

Por exemplo, se você tem diversos e-books ou artigos sobre câncer de mama ou qualquer outro tema relacionado à sua especialidade, produza e divulgue um conteúdo sobre isso!

Outra opção é criar categorias em seu Blog e agrupar artigos sobre temas semelhantes. No Blog aqui da Eixo, por exemplo, você encontra neste link todos os nossos artigos sobre Marketing Médico. Veja como funciona e já aproveita para aprender como melhorar o marketing de sua clínica.

16. Publique dicas e orientações sobre produtos

Na maioria das especialidades, existem produtos ou medicamentos que os pacientes costumam usar quase que como senso comum, que são vendidos em farmácias ou lojas sem necessitar de prescrição médica.

Por exemplo, na área de dermatologia, existem cosméticos que os pacientes usam sem saber se são indicados para a sua pele, ou utilizam porque são conhecidos por oferecerem resultados milagrosos, que alguém indicou e por aí vai.

Você pode utilizar esse contexto para gerar conteúdos!

Você pode, por exemplo:

  • Falar sobre certos produtos ou medicamentos, segundo a sua avaliação médica;
  • Trazer informações novas, que as pessoas não saibam, e que você, como especialista, pode fornecer;
  • Ressaltar para quais pessoas ou quais casos o produto ou medicamento é indicado;
  • Dar dicas complementares à manutenção de saúde do seu paciente, como no caso de um dentista que orienta sobre como escolher a escova de dentes certa.

O cuidado aqui é trazer informações de forma técnica, tomando o cuidado para não parecer que você está fazendo prescrições pela internet nem promovendo marcas de produtos específicas.

No Marketing, leads são pessoas que deixaram seus contatos em um formulário, para baixar um conteúdo. Aprenda como gerar leads no seu Marketing Médico!

17. Reúna (e comente) os hábitos ruins dos pacientes

Um oftalmologista, por exemplo, pode falar sobre o costume que as pessoas possuem de coçar os olhos com frequência no dia a dia, e os riscos que isso pode trazer.

Já um ortopedista pode falar sobre os erros mais comuns que as pessoas cometem enquanto fazem academia e que podem trazer danos para os joelhos ou os ombros.

O interessante desse tipo de conteúdo é que eles causam identificação mais facilmente, já que falam sobre situações comuns no dia a dia dos pacientes.

Não são só os pacientes que cometem erros. Neste artigo você confere os principais erros no Marketing Médico que podem te fazer perder dinheiro!

18. Pesquise em fóruns e grupos

Fóruns ou grupos de cuidados da pele, ou com pacientes que fazem tratamento para alguma doença (como câncer de mama) ou de crianças com TDAH são exemplos de assuntos para os quais existem inúmeros grupos e fóruns na internet.

Com certeza existe algum relacionado também à sua especialidade!

Esses canais podem trazer ideias de conteúdos a partir do que as pessoas comentam, suas dúvidas e questionamentos, e até mesmo suas dores, medos, desejos

Ter esse tipo de informação em mãos pode ajudar a gerar conteúdos incríveis e que com grande chance de engajamento para o seu Marketing Médico.

Neste artigo, ensinamos como você pode mapear as dores dos seus pacientes para estratégias de marketing, confira!

Quer um Marketing Médico que atrai pacientes e lota agenda? Conte com a Eixo Digital!

Com as dicas trazidas neste artigo, temos certeza de que não faltarão ideias para suas pautas todos os dias.

Porém, da mesma forma como os cuidados com a saúde devem ser confiados a profissionais experientes e preparados, assim deve ser também com o marketing da sua clínica, consultório, laboratório ou hospital.

Se você quer um time de especialistas a serviço do seu Marketing Médico, considere a Eixo Digital como sua parceira para levar seus resultados ao próximo nível!

Estamos há mais de 7 anos ajudando empresas de diversos segmentos da saúde. Já proporcionamos resultados incríveis para nossos clientes, como você pode conferir aqui.

Queremos fazer o mesmo por você. Então clique no botão abaixo para entrar em contato e conversarmos sobre como podemos te ajudar.

QUERO FALAR COM UM ESPECIALISTA DA EIXO

Quer continuar aprendendo sobre o que pode fazer a diferença para o seu Marketing Médico? Confira aqui todos os artigos sobre Marketing para Saúde que temos disponíveis no nosso Blog.

Além disso, clique aqui para seguir o nosso perfil no Instagram @eixodigitalnasaude, 100% dedicado ao Marketing Médico.

[fbcomments width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]