Plano de redes sociais para clínicas: aprenda a criar uma estratégia focada em vendas

Marketing Médico - Raphael Caitano

O que muita gente ainda não entende é que, diferentemente do uso pessoal de redes sociais, quando falamos do contexto de empresas, essas mídias são poderosos recursos para geração de oportunidades.

Ferramentas como Instagram, YouTube ou mesmo o Facebook (acredite, ainda vale a pena) podem trazer resultados muito além de apenas se relacionar com pacientes ou conseguir alguns likes.

Com um bom plano de redes sociais para clínicas, é possível criar estratégias focadas em vendas – leia-se atrair novos pacientes.

Neste artigo, vamos te dar direcionamentos essenciais para isso.

Confira abaixo!

Passo a passo para um plano de redes sociais para clínicas

1. Defina quem você quer atingir com as suas redes

Que tipo de paciente você quer atrair para a sua clínica? Qual seria aquele perfil ideal de pessoa para o qual seus serviços seriam mais indicados e proveitosos? Quem tem mais chances de agendar uma consulta na sua especialidade?

Ter isso definido desde o planejamento vai ajudar você a pensar em estratégias cada vez mais assertivas para atrair essas pessoas (com linguagem direcionada, conteúdos voltados para elas e informações que as interessam).

👉 Esse perfil ideal de público-alvo é chamado de persona no Marketing Médico. No vídeo abaixo, nosso CEO Raphael Caitano ajuda você a entender mais sobre o assunto:

2. Escolha as redes sociais mais interessantes para a sua clínica

Cada rede social possui o seu próprio funcionamento e pode trazer variados tipos de benefícios. Por isso, não se apegue ao discurso: “tal rede social é a melhor, é a que traz mais resultado”.

Para fazer essa escolha, você precisa olhar especificamente para a sua clínica e para o público que definiu anteriormente:

  • Em quais redes sociais seu potencial paciente está presente?
  • Qual ele mais utiliza?
  • Quais tipos de mídia ele prefere? Vídeos, textos ou imagens?
  • Quais conteúdos mais o interessam?

Refletir sobre essas questões irá ajudar você a decidir. 

Neste outro artigo, explicamos melhor sobre os principais tipos de redes sociais, confira!

3. Crie um calendário editorial

O que você vai falar para os seus atuais e futuros pacientes nas suas redes sociais? Qual tipo de conteúdo irá postar? Quais assuntos e temas irá abordar? Um calendário editorial irá ajudar você a definir essas questões.

Definir um calendário das postagens, vídeos e até artigos do Blog é fundamental para manter a consistência, a organização, a variedade de pautas e para conseguir focar nos temas mais relevantes para os objetivos de sua clínica.

Sem isso, o trabalho se torna aleatório e improvisado. E, pela nossa experiência de mais de 7 anos com marketing para empresas da saúde, sabemos que isso não funciona…

👉 Veja como criar o seu calendário editorial e ter ideias de conteúdo nos artigos abaixos:

Calendário editorial: por que (e como) você deveria fazer

Conteúdo para marketing médico: 10 dicas para ter ideias de pauta o tempo todo!

4. Estabeleça uma frequência de postagens

Coloque-se no lugar do seu paciente: você se daria ao trabalho de seguir o perfil de uma empresa, mesmo que ela não seja ativa nas redes e não faça postagens regulares?

Imagino que não, certo?

Ter uma frequência de postagens bem definida é fundamental por algumas razões:

  • Para o público – Com conteúdos novos sendo postados regularmente, seus seguidores se acostumam a acompanhar suas mídias constantemente, e esse “relacionamento” faz com que eles estejam sempre se lembrando de sua marca.
  • Para o algoritmo das plataformas – Postar conteúdos regulares faz com que o algoritmo das redes sociais valorize e dê mais relevância a isso, entregando para mais pessoas.

Isso não significa ter que produzir novos conteúdos o tempo todo. A frequência com que você fará isso vai depender de sua capacidade, apesar de existirem frequências consideradas ideais para se alcançar bons resultados.

👉 E o seu Marketing Médico de forma geral, como está? Será que você está aplicando as estratégias corretamente? Está aproveitando ao máximo as possibilidades que a internet traz? Para aprender a fazer isso, baixe nossa Revista Transformação Digital na Saúde, que é gratuita e você pode acessar neste link ou clicando na imagem abaixo:

5. Planeje como pretende fazer as interações com sua audiência

Quando colocamos para rodar uma estratégia de marketing profissional, é preciso estar preparado sobre como e de que forma serão conduzidas as interações com o público.

E, para isso, é importante ter claras as respostas para perguntas como:

  • Quem será a pessoa responsável por interagir com os seguidores?
  • A pessoa responsável realmente sabe como usar os recursos (e conhece as características) de cada mídia para fazer isso?
  • Vai responder nos comentários públicos ou via direct?
  • Com que frequência pretende responder? Imediatamente ou quando sobrar tempo?
  • Qual será a postura de interações diante de críticas e reclamações?
  • Quais formas de comunicação serão oferecidas para facilitar agendamentos?

Esses são alguns exemplos de interações estratégicas que, além de estreitar o relacionamento com possíveis pacientes, fazendo-os se sentirem amparados, cuidados e especiais, também irão aumentar as chances de que agendem uma consulta.

Porém, como dissemos, é preciso que isso seja pensado e definido em seu planejamento de Marketing Médico.

6. Tenha ações focadas em atrair novos pacientes

O que você pode fazer nas suas redes sociais para estimular as pessoas a agendarem uma consulta ou exame?

Aqui vão algumas sugestões que costumam trazer bons resultados para os nossos clientes da saúde aqui na Eixo:

  • Conduza as pessoas para o seu site – Tenha em mente que esse é o seu canal principal, com todas as informações que uma pessoa precisa para marcar um atendimento (corpo clínico, localidade, convênios atendidos, serviços, tratamentos e exames oferecidos, horário de atendimento, contatos, entre outros). Você pode, por exemplo, incluir o link do site nos stories e nas postagens sempre que possível, além de deixá-lo explícito na bio/descrição do perfil.
  • Direcione as pessoas também para landing pages – São páginas para baixar um material gratuito, solicitar mais informações ou mesmo acessar um conteúdo exclusivo. Para isso, o usuário precisa preencher algumas de suas informações em um formulário (como nome, e-mail, telefone, preferências). Essas informações são valiosas para que seu marketing possa estimular essas pessoas ao longo do tempo para tomarem uma ação. Uma boa estratégia para isso é utilizar e-mail marketing. Aprenda como fazer isso aqui!
  • Crie páginas de agendamento ou pré-agendamento on-line – Se você quer que as pessoas agendem consultas, então, facilite a vida delas! Com uma página desse tipo, um possível paciente já consegue realizar o que deseja sem precisar ligar para a clínica e aguardar no telefone para ser atendido. E isso a qualquer hora, em qualquer dia, mesmo quando sua clínica estiver fechada.

7. Inclua o uso de anúncios

É possível criar anúncios já direcionados para quem está buscando agendar uma consulta na sua especialidade. E o custo-benefício disso é gigante!

Com uma estratégia de anúncios bem-feita, com textos e imagens atraentes, é possível gerar agendamentos por um valor muito interessante. Imagine que um anúncio custou 10 reais e trouxe para você um paciente que agendou uma consulta particular no valor de 300 reais! Com uma estratégia de anúncios, isso é possível.

Além disso, as redes sociais possuem um perfil muito detalhado dos usuários, com informações precisas sobre interesses, localização, perfil socioeconômico, gênero, entre outros fatores. Ou seja, é possível direcionar anúncios com um alto grau de precisão para o público que você deseja atingir.

👉 Quer saber mais sobre o potencial do uso de anúncios para sua clínica? Neste vídeo do nosso canal do YouTube, nosso CEO Rapha Caitano, explica em detalhes:

8. Defina métricas para acompanhar os resultados

Como você saberá se suas estratégias e ações estão dando certo? Como saber se o que está fazendo nas suas redes sociais realmente está trazendo mais pacientes para a sua clínica? Ter métricas definidas desde o planejamento irá te ajudar nisso!

No decorrer da estratégia, você pode acompanhar dados como engajamento, alcance, impressões e interações, além do número de agendamentos vindos a partir das redes sociais

👉 Explicamos melhor sobre métricas para redes sociais no artigo abaixo, confira:

Monitoramento de redes sociais: 4 principais métricas

O que mais você precisa para criar e executar um bom plano de redes sociais?

Estruturar e executar um plano de redes sociais, com uma estratégia focada em vendas (aumento de agendamentos) é o que vai fazer com que essas plataformas cheias de potencial comercial sejam usadas de forma realmente lucrativa para seu negócio da saúde.

Porém, como dissemos, isso será fruto de uma estratégia mais ampla, com uma jornada definida para seu paciente, desde o primeiro contato que ele tem com sua marca até o momento em que resolve fazer um agendamento.

Para realizar um bom trabalho de redes sociais para clínicas é necessário, por exemplo:

Se você entende que a internet pode ser o divisor de águas nos resultados de sua clínica, considere a Eixo Digital como sua parceira estratégica no digital.

Estamos há mais de 7 anos no mercado do Marketing Médico, já tendo ajudado inúmeros negócios, dos mais diversos segmentos, a alcançarem novos patamares por meio da internet. Confira alguns dos nossos resultados!

Queremos fazer o mesmo por você. Então clique no botão abaixo para entrar em contato e  conversarmos sobre como podemos te ajudar.

QUERO FALAR COM UM ESPECIALISTA DA EIXO

Quer continuar aprendendo sobre o que pode fazer a diferença para o seu Marketing Médico? Confira aqui todos os artigos sobre Marketing para Saúde que temos disponíveis no nosso Blog.

Além disso, clique aqui para seguir o nosso perfil no Instagram @eixodigitalnasaude, 100% dedicado ao Marketing Médico.

[fbcomments width="100%" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]