Como fazer relatório de acompanhamento de sucesso para Inbound Marketing

E então, já começou a colher os resultados do seu Inbound Marketing? Já está alcançando todos aqueles dados e estatísticas surpreendentes que viu por aí?

Se você quer finalmente atingir o sucesso com a sua estratégia atraindo 2x mais visitantes* para o seu negócio, gerando 3x mais leads* e, o melhor, gastando 60% menos**, é essencial que você leia este artigo.

Vamos te ensinar a como construir um relatório de acompanhamento para o seu Inbound Marketing, com tudo aquilo que você deve acompanhar e analisar para alcançar resultados efetivos.

Confira!

*Pesquisa Content Trends 2018.

**Estudo da Demand Metric.

O que você deve incluir no seu relatório?

As principais frentes da sua estratégia de Inbound Marketing.

É muito importante que o seu relatório englobe e represente toda a complexidade do Inbound Marketing.

Por isso, independente se for uma planilha, PPT ou um slide, você deve colocar as principais frentes do Inbound no seu documento: Marketing de Conteúdo, SEO, Mídia Paga, Redes Sociais e o acompanhamento das métricas.

Esses são os principais caminhos e boas práticas dentro do Marketing Digital que você deve utilizar para alcançar os resultados que deseja, com base na jornada de compra do usuário e no funil de vendas que definiu para a sua marca.

E principal: analisar todas essas frentes juntas, em um mesmo relatório, será essencial para confirmar se todas as estratégias estão alinhadas e trabalhando pelos mesmos objetivos — item essencial para o Inbound Marketing.

Como acompanhar os resultados da sua estratégia de Inbound e ter sucesso?

Analise constantemente as principais métricas e KPI’s da sua estratégia de Inbound.

O que, então, você deve analisar dentro de cada frente para saber se está ou não colhendo resultados com o seu Inbound Marketing?

Veja abaixo e adicione nos campos correspondentes do seu relatório.

Marketing de Conteúdo

  • Taxa de Rejeição do Site: esse número mostra quantos usuários entraram em uma página do seu site, mas saíram logo em seguida, sem realizar nenhuma ação ou conversão. Então, se a sua taxa de rejeição for alta, pode significar que o conteúdo que está produzindo na sua página não está relevante o suficiente para a persona, nem de qualidade, atrativo ou útil o bastante.
  • Taxa de Conversão de Landing Pages: se a sua taxa de conversão em LPs for baixa, isso também pode ser um sinal negativo para o conteúdo dessa página. Então, atenção para as taxas consideradas de sucesso!
    • Para LP’s de topo de funil, uma excelente taxa de conversão é de 30%.
    • Para LP’s de meio de funil, a taxa de conversão de 15% está dentro da média do mercado.
    • Para LP’s de fundo de funil, 2% é uma boa taxa de conversão.
  • Taxa de Conversão de e-mails: os e-mails também precisam ser avaliados quanto ao seu conteúdo. Confira as taxas consideradas de sucesso!
    • Taxa de abertura dos e-mails acima de 15%. Dica: uma taxa de abertura abaixo do mercado, indica que o assunto não foi atraente. Mude a abordagem no próximo e-mail.
    • Taxa de cliques acima de 2%. Dica: uma taxa de cliques abaixo do mercado, indica que o seu CTA (Call to Action ou Chamada para a Ação) não está bom ou persuasivo o bastante ou, ainda, que o próprio texto do e-mail não conseguiu engajar o leitor para a realizar a ação necessária. Revise o conteúdo e faça novos testes.
  • Tempo de Permanência do usuário no site: esse é um bom indicativo para saber se o seu conteúdo está sendo relevante para o usuário ou não. Se ele gostar do que está lendo, com certeza irá em busca de outros conteúdos e ficará navegando pelas páginas, o que aumentará o tempo de permanência dele no site. Por isso, fique de olho nesse dado.

SEO

  • SERP (Search Engine Ranking Positions): esse é o dado que indicará se o seu site/página está ou não em uma boa colocação nos resultados de busca do Google. Então, se estiver ranqueado bem, além de ser um sinal de que o seu conteúdo está relevante para o usuário, também vai indicar que as suas estratégias de SEO (escolha de palavras-chave, uso de subtítulos, listas, links internos, etc) estão sendo bem utilizadas e aplicadas.
  • Evolução do Tráfego Orgânico: o SEO é a principal forma dentro do Inbound Marketing de atrair tráfego orgânico para o seu site — o que significa que os usuários estão te encontrando facilmente por pesquisas no Google, sem que pague por isso. Se os números de tráfego orgânico estiverem em queda, pode ser um indicativo de que você precisa melhorar o seu SEO.

Leia também:

Como aumentar o Tráfego Orgânico do site com Inbound

Mídia Paga

  • CTR (Taxa de Clique): aqui você vai saber exatamente quantos usuários viram o seu anúncio, se interessaram e clicaram nele. Ou seja: um baixo CTR nas suas campanhas pode ser um alerta de que precisa melhorá-las, verificando se o público segmentado está correto, se o título e a arte do anúncio são atrativos ou não, dentre outras possibilidades.
  • CPC (Custo Por Clique): com o CPC você saberá quanto cada clique em seus anúncios está custando para o negócio, dividindo o investimento que fez na campanha pelo número de cliques que obteve. Então, um CPC alto significa que você está investindo muito e tendo um baixo retorno em cliques e interesse dos usuários. Nesse caso, verifique também a segmentação e o quanto o anúncio está atrativo como um todo (título, chamada, imagens).
  • CPL (Custo Por Lead): o CPL irá te permitir saber quanto cada lead está custando para o negócio, pois divide o valor investido pelo número de leads gerados. Então, se você estiver pagando cara por um lead, talvez seja a hora de reavaliar os seus anúncios de conversão, em todos os aspectos (concorrência da palavra-chave, atratividade do anúncio, design e oferta).

Confira aqui e obtenha 3 dicas para uma campanha de marketing digital bem-sucedida.

Redes Sociais

  • Número de Reações, Compartilhamentos e Comentários, em comparação com o número de seguidores/curtidas: para medir engajamento real é preciso ir além do número de curtidas e visualizações. É preciso pegar aquelas interações que são mais relevantes e indicam mais engajamento, comparando com a sua possibilidade de alcance.
  • Então, se a sua página no Instagram tem 10.000 seguidores, mas apenas 100 curtidas por publicação e um número muito baixo de comentários, as suas estratégias nas redes sociais precisam melhorar. Vale a pena unificar estratégias orgânicas com estratégias de mídia paga para obter um resultado mais qualificado.

Retorno

  • ROI (Retorno Sobre Investimento): acompanhando a evolução do seu ROI você saberá exatamente qual está sendo o retorno que você está tendo com todo o seu investimento em Inbound Marketing. Um ROI positivo indicará que você está lucrando com essa estratégia digital e realmente alcançando resultados efetivos.
  • CAC (Custo de Aquisição de Clientes): com ele, você saberá quanto está pagando por cada novo cliente que traz para o seu negócio. Ou seja, se o valor estiver caro para o seu segmento, significa que você precisa melhorar e potencializar o seu Inbound, em busca de baratear esse custo.
  • Taxa de Conversão Geral: para analisar o resultado do seu Inbound Marketing como um todo no relatório, com base no funil de vendas e nos visitantes que estão convertendo em oportunidades, você precisa acompanhar algumas taxas gerais de conversão. Conheça as médias do mercado!
    • Conversão de 2% dos visitantes em leads.
    • Conversão de 30% dos leads em oportunidades.
    • Conversão de 30% dessas oportunidades em vendas.

Leia também:

Aprenda a como calcular ROI e CAC do marketing digital

Se a maioria desses números estiverem positivos e acima do esperado no seu relatório, você saberá que está fazendo um bom trabalho e que está com uma estratégia de Inbound Marketing bem estruturada.

Saiba mais em: 10 KPIs que todo gerente de marketing deve acompanhar já.

Quer potencializar o seu Inbound Marketing e alcançar resultados melhores?

Para potencializar os seus resultados de Inbound neste ano, existem algumas tendências que você pode seguir e acrescentar à sua estratégia, que já estão sendo bem recomendadas e apresentando resultados satisfatórios.

São elas:

Caso esteja com dificuldades para organizar a sua estratégia e para fazer um planejamento estruturado, aprenda aqui a desenvolver um plano de Inbound* Marketing para 1 ano.

*lembrando que, com um bom planejamento de conteúdo, você consegue atrair até

3x mais visitantes para o seu site, de acordo com a pesquisa Social Media Trends.

Quer saber mais sobre o Inbound? Baixe agora mesmo gratuitamente o E-Book “Guia Prático do Inbound Marketing” e avance em sua estratégia!

Comentários