O que é link building e como aplicar essa estratégia

Link building pode ser extremamente vantajoso, para garantir uma boa estratégia e um bom ranqueamento, é importante saber como usar bem as técnicas de SEO.

Se você não conhece essa técnica e quer aprimorar os seus conhecimentos, este post pode te ajudar. Prossiga com a leitura e tire possíveis dúvidas.

O que é o link building?

Desde quando surgiram, os mecanismos de buscas sempre deram uma relevância para os links, já que é por meio deles que é possível encontrar diversos tipos de sites.

Sendo assim, o  link building nada mais é do que a ação de conseguir links externos para o site ou página com o objetivo de garantir mais relevância no conteúdo e aumentar o ranqueamento nos mecanismos de buscas.

Por que é tão importante?

Um dos critérios de avaliação do Google para o SEO é através dos links que ele recebe. Isto interfere tanto na reputação quanto na autoridade de um site.

Sendo assim, quando uma página tem links positivos, significa que está informando que aquele conteúdo linkado é confiável, já que a página está indicando para seus leitores um outro conteúdo, o que é visto de maneira positiva para os buscadores.

Case de sucesso de SEO: a Clínica Viver aumentou os visitantes orgânicos do seu site em 1.408% e os pedidos de agendamento em 278%. Clique aqui e veja como a Clínica alcançou esse resultado!

De acordo com uma pesquisa realizada pela MOZ, feita com os melhores profissionais de SEO do mundo, 40% dos fatores que interferem no ranqueamento de uma página tem relação direta com os links.

Como os buscadores avaliam os links?

Diversos fatores são levados em conta para avaliar a relevância de um link. Entre eles estão:

  • O texto que aparece o link
  • Em qual contexto aquele link está inserido
  • Se o link é dofollow ou nofollow (que é quando o buscador permite ou não seguir um link)

Quais são os maiores benefícios do Link Building?

A combinação de uma boa estratégia + conteúdo de qualidade, ocasiona diversos benefícios para página, dentre eles:

Melhor posicionamento nos mecanismos de busca

Com uma boa prática do link building, o ranqueamento nos mecanismos de busca melhora, já que é uma boa técnica para o SEO.

Além disso, o número de visitas no site aumenta, o que, consequentemente, aumenta o número de leads da página. 

Promove um melhor relacionamento entre o cliente-marca

Pela indicação de uma página relevante, o relacionamento entre os potenciais clientes e a marca se torna ainda maior.

Mais valor a página

É bem simples, quanto mais links positivos uma página recebe, mais valor ela tem para os mecanismos de busca.

Como fazer link building e estratégias 2022?

Uma das melhores maneiras de usar o Link Building é com a prática do guest post.

Um grande benefício de fazer o guest post é escolher a âncora do link para a página que você quer linkar. Além disso, é possível focar somente em links com qualidade, que vão fazer realmente diferença autoridade do site.

Vale ressaltar que para fazer um bom guest post é fundamental conhecer bem quem está escrevendo para o seu site e se a pessoa pode oferecer um conteúdo relevante para a sua persona.

Se você deseja conhecer mais sobre a prática do Link Building ou sobre outras estratégias do Marketing Digital, converse com um de nossos especialistas. E se o nosso conteúdo diminuiu suas dúvidas, compartilhe nas suas redes sociais e auxilie outras pessoas!

>>> Veja também: Tiktok Ads: Guia prático

Outras estratégias de Link Building

Links quebrados

O estratégia de link quebrado envolve três etapas simples:

  1. Encontre um link quebrado relevante em um site; Há diversas ferramentas gratuitas disponíveis que descobrem links quebrados de qualquer site.
  2. Crie um ótimo artigo sobre o assunto ou já se antecipe e busque links quebrados sobre artigos já publicados do seu blog.
  3. Entre em contato com a empresa/blog, avise sobre o link quebrado e comente que possui um blog post sobre o assunto.
  • Menções da sua empresa sem link

Com essas menções, você já está no meio do caminho para ganhar um link.

Pense nisso: você sabe que o autor está familiarizado com sua empresa porque ele já mencionou você. Portanto, você tem a desculpa perfeita para entrar em contato e, com sorte, convencê-los a converter essa menção em um link.

Mas como você encontra menções não vinculadas relevantes em primeiro lugar? Existem algumas maneiras diferentes, mas a maneira mais fácil é usar o Explorador de Conteúdo do Ahrefs. Ou simplesmente pesquisando no google o nome da sua empresa ou domínio.

Lembre-se de que o Content Explorer pesquisa toda Internet para menções de qualquer palavra ou frase. Isso é muito útil para encontrar páginas da web relacionadas a um tópico específico, mas você também pode usá-lo para encontrar menções a sua marca na web.

  • Link Building com Infográficos

Conteúdo visual continua sendo uma maneira fantástica de ganhar links.

Imagens e infográficos bem feitos são fáceis de compartilhar e são amados pelos editores e redatores.

Criar e promover infográficos é outra estratégia poderosa que pode aumentar o tráfego do seu site, melhorar sua autoridade de domínio e impulsiona seu SEO. Na verdade, estudos mostram que imagens originais podem ajudar a aumentar o tráfego do site em até 12%, e infográficos são o tipo de conteúdo visual de melhor desempenho.

Se você criar um infográfico que aborde um assunto popular, que inclua estatísticas úteis e dados importantes, ele certamente tem grandes chances de atrair pessoas interessadas nesse tópico e ser compartilhado diversas vezes pela web.

Concluindo

Os links continuam sendo um dos fatores de ranqueamento mais importantes usados pelo Google e outros mecanismos de pesquisa.

Os buscadores descobrem novos conteúdos por meio de links – e é também, em parte, como eles julgam a qualidade desse conteúdo.

Bons links são como votos; eles são testemunhos de quão bom um conteúdo é, e o Google enxerga o perfil de link saudável como um bom sinal.

Por outro lado, com o tempo, o Google aprimorou sua capacidade de detectar padrões de links não naturais. Os mecanismos de pesquisa estão cada vez melhores em descobrir quais tipos de links são – e não são – úteis para os usuários.

Isso significa que estratégias de link antigas (como enviar spam de comentários, usar PBNs e postar em fóruns) não funcionam mais (ou tão bem quanto antes). Então fuja desse tipo de ação e faça seu link building do jeito certo!

O que acha de conferir tudo que precisa saber sobre SEO em um só lugar? Acesse aqui a nossa categoria e aprofunde-se no assunto!

Leia também: 7 Especialistas em SEO que você deve acompanhar neste ano

Contratar uma Agência de Inbound Marketing vale a pena?

Depois de avaliar e perceber todos os benefícios que uma boa estratégia pode proporcionar para o seu negócio, você decidiu que é a hora de contratar uma agência de inbound marketing e SEO para garantir presença online, atingir o seu público e, com isso, aumentar as vendas e o faturamento. Mas, afinal: vale a pena? O que você pode esperar como resultado? Vai compensar o investimento?

E ainda, é realmente necessário contratar uma agência para esse serviço? Ou é possível seguir nessa jornada sem auxílio? Contratar uma Agência de Inbound Marketing é a melhor opção?

Para responder aos seus questionamentos e te mostrar especificamente os benefícios que uma boa agência pode proporcionar a sua organização, prossiga com a leitura do conteúdo.

A Eixo Digital entende bem as suas dúvidas, já vimos esses mesmos questionamentos nos nossos clientes. Esperamos que este artigo seja o que estava buscando para tomar essa decisão.

contrato com agência de inbound marketing

Por que contratar uma Agência de Inbound Marketing?

Esta é uma dúvida constante de toda empresa que deseja começar o investimento na metodologia do Inbound Marketing. Existem pessoas que acreditam que o conhecimento básico na área já é o suficiente para tocarem a estratégia sozinhas, mas não é por aí.

Se você nunca trabalhou ou nunca fez nada nesta área é extremamente arriscado, uma vez que os retornos podem ser distintos do planejado.

Toda estratégia necessita ser desenvolvida com base em estudos sobre a empresa e sobre a persona. Desta forma, é válido entender como uma Agência de Inbound Marketing pode auxiliar e o que deve ser feito para evitar o que nenhuma empresa quer: ‘jogar dinheiro no lixo’.  

Leia também:

Contratar uma Agência de Marketing Digital ou ter uma house?

Quando custa Marketing Digital X Tradicional? Vale a pena hoje?

O que faz uma Agência de Inbound Marketing especializada na área?

Para que uma estratégia de Inbound seja colocada em prática 100%, é necessário investir em alguns pilares essenciais, que costumam ser oferecidos pelas agências de Inbound Marketing mais especializadas na área. Esses pilares são:

Em geral, esses são os principais serviços que agências de Inbound Marketing realizam e que se desdobram para outros recursos já conhecidos do Inbound, como disparo de e-mails marketing e produção de iscas digitais.

Além disso, algumas agências também oferecem serviços extras e que fazem toda a diferença para a implementação completa e efetiva do Inbound Marketing.

A Eixo Digital, por exemplo, oferece uma Consultoria de Inside Sales (considerada a estratégia de vendas mais eficiente), para instruir negócios a como aumentar as suas vendas com a orientação de especialistas. 

Saiba mais sobre a Consultoria em Inside Sales especializada da Eixo Digital aqui.

Por que é importante contar com uma boa consultoria em inbound marketing e SEO?

Especialistas com mais foco em resultados

O primeiro item não poderia ser outro. Contar com uma agência de Inbound Marketing é vantajoso pelo fato da especialização.

Da mesma forma que a sua empresa tem o conhecimento no segmento que ela faz parte, uma agência consegue entender e colocar em prática todos os passos importantes para o bom resultado da sua estratégia.

A capacitação neste campo de atuação facilita que os resultados sejam visíveis por ambos, uma vez que com o Inbound todas os passos são mensurados e podem ser vistos pela empresa que investe na metodologia.

E assim como você, a agência está focada em resultados para o seu negócio, o que faz com que todo o desenvolvimento seja feito minuciosamente para evitar possíveis erros e desperdício de dinheiro e tempo.

Especialistas em todas as áreas essenciais para o Inbound Marketing

Uma boa agência de Inbound Marketing conta com profissionais voltados para as mídias pagas, criação de marketing de conteúdo, como e-books e blog posts, profissionais de planejamento e análise, entre outros especialistas voltados unicamente aos resultados.

O que acha de conferir tudo que precisa saber sobre Inbound Marketing em um só lugar? Acesse aqui a nossa categoria e aprofunde-se no assunto!

Contato com tecnologias específicas

Contar com uma agência de Inbound Marketing é contar com uma série de tecnologias voltadas para os resultados.

Por exemplo, uma agência trabalha com ferramentas de automação de marketing, como a RD Station Marketing, que permitem que todo o processo seja avaliado rigorosamente e minimiza as chances de erros e falhas.

Dentro de uma boa ferramenta é possível conhecer bem os leads, avaliar a jornada de compra e até mesmo manter uma boa nutrição e relacionamento com o seu possível cliente.

Experiência comprovada e cases de sucesso que mostram resultados

A experiência com outros clientes facilita os resultados da empresa. Uma boa agência possui cases que mostram o bom resultado do investimento de outras organizações.

Desta maneira, os projetos são desenvolvidos com focos específicos que aumentam visivelmente o ROI e os indicativos de sucesso.

Veja aqui os cases da Eixo Digital e como conseguirmos gerar resultados incríveis para segmentos altamente concorridos!

Menos preocupação

Quando você investe em uma agência, não precisa se preocupar com a forma como os processos são feitos, o que está e o que não está funcionando… Toda essa responsabilidade é da agência e ela vai procurar os melhores meios de responder às expectativas da contratação e da estratégia desenvolvida com base nos anseios da empresa.

Sendo assim, a empresa só precisa se preocupar com os resultados, já que a execução é desenvolvida pelos profissionais da agência.

Nós preparamos um material especial e gratuito para que possa entender melhor o trabalho de uma agência digital e, principalmente, como cobrar resultados dela. Baixe o E-Book agora mesmo aqui.

cta-ebook-contratei-uma-agencia-e-agora-eixo-digital
Baixe o E-Book “Contratei uma Agência: e agora?” e saiba como acompanhar o seu Marketing Digital!

Quanto custa fazer Inbound Marketing?

O custo total de um projeto de Inbound Marketing em agência é bem variável, pois além de depender da própria agência, trata-se de uma proposta personalizável. Geralmente, o orçamento total é formado por quantidade de entregas de Inbound que serão realizadas durante o projeto.

Por exemplo, quantas iscas digitais serão produzidas? Quantos blog posts? Quantos e-mails e quantos fluxos de automação? E posts nas redes sociais, otimizações de SEO, mídia paga… Como serão colocados em prática?

Portanto, é importante solicitar um orçamento de um projeto de Inbound Marketing em uma agência especializada na área para ter uma noção melhor de quanto será necessário investir, além de sondar uma proposta que seja personalizada para o seu negócio.

Clique aqui para falar diretamente com um dos especialistas da Eixo Digital e solicitar agora mesmo um orçamento para colocar o seu projeto de Inbound Marketing em prática!

O que você precisa saber antes de contratar uma Agência de Inbound Marketing e SEO?

o que é preciso saber antes de contratar uma agência de inbound marketing

Até aqui você já viu os motivos de contratar uma agência de marketing digital para auxiliar na sua estratégia. Agora é importante prestar atenção em alguns pontos:

  • Um critério que facilita a contratação é que a maior parte das agências sérias de Inbound Marketing possui profissionais certificados, o que prova o conhecimento em cada área. Por isso, antes de contratar, verifique se a empresa é certificada e premiada por seus trabalhos, ok?
  • Acompanhe os trabalhos feitos pela agência. Como uma estratégia de Inbound pode ser mensurada e é possível acompanhar em tempo real, analise e verifique se os resultados são bons e se é possível melhorar em algum aspecto.

Descubra aqui como geramos 40% a mais de demanda para um produto complexo.

Agência de Inbound Marketing e SEO em Brasília (DF): conheça a Eixo Digital!

A Eixo Digital é uma agência especializada em Inbound Marketing localizada em Brasília (DF), sendo a única agência Platinum de todo o Centro-Oeste

Todos os nossos profissionais são certificados em Inbound Marketing e capacitados para colocar em prática o seu projeto.

Nós somos obcecados por ROI (Retorno Sobre Investimento) e possuímos comprometimento com a qualidade de entrega de resultados para os nossos clientes, comprovada pelos cases de sucesso que acumulamos para empresas de diversos segmentos, portes e alcance.

Confira aqui os nossos cases e os resultados que também podemos alcançar para o seu negócio!

O seu Projeto de Inbound Marketing pode sair do papel e gerar resultados REAIS em vendas para o seu negócio. E a Eixo Digital, agência especializada em Inbound Marketing, irá ajudá-lo a colocar isso em prática.

Converse com um de nossos especialistas agora mesmo por aqui e esclareça quaisquer dúvidas!

fale com um dos especialistas da agência eixo digital primeira agência platinum do centro-oeste
A Eixo Digital é a primeira Agência Platinum do Centro-Oeste entre os parceiros da Resultados Digitais. Que tal falar com um de nossos especialistas?

Autoridade digital: como se tornar no seu segmento?

Quer se tornar uma autoridade digital? Ver a sua marca ou empresa virar uma referência dentro do seu segmento? Confira abaixo como o Marketing Digital pode ajudar o seu negócio a se tornar uma autoridade em seu campo de atuação!

Uma boa parte das empresas que procuram a Eixo Digital nos questionam sobre como se tornar autoridade em seu segmento e como ser uma referência para seus clientes e concorrentes.

Como essa dúvida é bastante comum, nós resolvemos criar este artigo para lhe mostrar como o Marketing Digital vai ajudar o seu negócio a se tornar uma referência digital em seu mercado.

jornada do marketing

Pronto para trilhar esse novo caminho? Vamos lá!

O que significa ser uma Autoridade Digital? O que é afinal?

Bom, certamente você já ouviu falar em marketing de relacionamento, ou até mesmo marketing de permissão, correto? Se não, te convido a dar uma olhada neste artigo aqui: Marketing de Relacionamento: como aplicá-lo em seu negócio?

Pois bem, o relacionamento é um fator marcante em nossa era e tem sido responsável por mudar a forma com que as empresas fazem marketing e abordam seus clientes.

Perceba que atualmente as pequenas, médias e grandes empresas têm se preocupado em abordar cada cliente de maneira personalizada, como se ele fosse seu único cliente.

Isso porque a ideia de atingir o máximo de pessoas possível (marketing de massa) já não faz mais sentido para muitas organizações, pois o simples fato de tratar cada cliente com exclusividade passa muito mais credibilidade e autoridade, além de criar uma relação mais agradável entre cliente e empresa.

E, quando aplicado ao universo da internet, é isso que torna uma marca uma autoridade digital. Quando os usuários enxergam na empresa valor, mesmo online.

entregar valor no marketing digital

O que acha de conferir tudo que precisa saber sobre Marketing Digital em um só lugar? Acesse aqui a nossa categoria e aprofunde-se no assunto!

Como o Marketing Digital pode te ajudar a se tornar uma autoridade?

Para que a sua marca se torne uma autoridade digital, é necessário mostrar ao público de interesse que a sua empresa tem total domínio sobre um contexto macro de todo o mercado. E é nesse momento que estratégias de Marketing Digital são fundamentais!

E a melhor forma de mostrar domínio e conhecimento de uma marca em um segmento é por meio do Marketing de Conteúdo.

Produção de blog posts como este, e-books e materiais ricos, iscas digitais, vídeos, tutoriais, webnários, etc… Todas essas estratégias fazem parte do Marketing de Conteúdo e vão ajudá-lo a atingir um patamar ainda mais amplo de Inbound Marketing.

Isso significa que, seguindo uma estratégia sólida e completa na essência do Inbound, que é o conteúdo, você fará com que a sua empresa se torne naturalmente uma autoridade e referência digital no assunto, promovendo informação de qualidade e relevante dentro do seu segmento.

É meu amigo, não tem para onde fugir, o Marketing de Conteúdo definitivamente veio para ficar.

Ainda tem dúvidas sobre Marketing de Conteúdo ou Inbound Marketing? Estes conteúdos irão ajudá-lo a esclarecê-las:

Marketing de Conteúdo: aprenda de forma prática o que é e como fazer

Inbound Marketing: o essencial para não ficar perdido mais

Uma Autoridade Digital na prática

Talvez não seja tão fácil elucidar o que estamos querendo dizer, por isso vamos citar o nosso próprio posicionamento.

A Eixo Digital, é uma agência de marketing digital especializada em Inbound Marketing. Nós fomos a primeira agência do Centro-Oeste a alcançar o selo Platinum de parceiros da Resultados Digitais e por esse motivo somos uma referência em Inbound Marketing na região.

Mas, para alcançar isso, nós tivemos um trabalho intenso de produção de conteúdo, desde blog posts à materiais ricos.

materiais ricos ebooks da eixo digital

Clique para conhecer os materiais ricos da Eixo Digital

Em outras palavras, não basta apenas prestar um serviço de qualidade, é necessário comunicar nossos principais públicos de interesse sobre as nossas ações dentro do segmento, pois dessa forma nós estaremos mostrando que dominamos o assunto e somos uma autoridade em nosso mercado.

Quer outro exemplo prático de uma empresa que alcançou a autoridade digital? Clique aqui e veja este case.

E o que eu preciso para iniciar?

Primeiramente, você deve entender que o fato de se tornar uma autoridade está diretamente ligado a necessidade de “abdicar” de explorar áreas mais amplas do seu mercado, isto é, escolha o seu nicho de mercado.

Tendo escolhido o seu nicho, é necessário que você planeje o tipo de abordagem que será utilizada a favor do seu negócio. Você precisa definir o posicionamento que será empregado ao seu negócio, a maneira com que você quer ser visto.

Como aumentar o tráfego qualificado do seu site!

“E o Marketing Digital?”

Bem, essa questão você pode deixar com a gente, afinal, nós somos os especialistas, certo?

Nós queremos lhe ajudar a tornar a sua empresa uma referência em seu mercado, e se você ainda tiver alguma dúvida sobre como se tornar uma autoridade, basta entrar em contato com um dos nossos especialistas, nós vamos colocar o seu negócio no Eixo!

Clique para falar com um especialista!

Também temos outros conteúdos no nosso Blog que irão ajudá-lo nessa jornada. Leia também:

fale com um dos especialistas da agência eixo digital primeira agência platinum do centro-oeste
A Eixo Digital é a primeira Agência Platinum do Centro-Oeste entre os parceiros da Resultados Digitais. Que tal falar com um de nossos especialistas?

Marketing Digital para Iniciantes: como começar do zero e o que você precisa saber

Se você está buscando entender melhor sobre o marketing digital para iniciantes, com certeza foi porque percebeu que a internet é um dos meios de comunicação mais usados no mundo. Com essa mudança frequente para o digital, as marcas e empresas se viram ‘forçadas’ a fazer parte deste meio, uma vez que quem não adere acaba ficando para trás no consumo dos clientes e vendas. 

O acesso 24 horas a internet com conexões 4g e acesso de wi-fi liberado em vários locais, faz com que os possíveis clientes de uma empresa tenham acesso a ela o tempo inteiro, independente de onde estão, o que facilita tanto a compra quanto o relacionamento cliente-marca.

Ainda assim, antes de decidir se o marketing digital é certo para você, você precisa entender o que é marketing digital, incluindo o que o diferencia do marketing tradicional, as habilidades necessárias e como você pode aprendê-las. Para responder a essas perguntas, elaboramos este guia para nos aprofundarmos no assunto!

Ainda não entendeu o que estamos querendo dizer? Calma, vamos te explicar todos os detalhes! Prossiga com a leitura para saber tudo sobre o marketing digital para iniciantes e descobrir por onde começar.

Vamos lá?

O que é o marketing digital?

Para que não restem dúvidas, entender minuciosamente o que é o marketing digital é essencial! O marketing digital nada mais é do que uma forma de divulgação na web através de ferramentas e estratégias digitais.

Em outras palavras, é o nome dado para ações de comunicação de uma empresa que usa a internet e os dispositivos dela para ampliar a relação do cliente com a marca e, consequentemente, aumentar as vendas.

30 termos essenciais do marketing digital para seu negócio!

Por que o Marketing Digital para iniciantes é importante? 

Atualmente a Internet é a maior ferramenta de comunicação do mundo, boa parte dos seus clientes ou até mesmo todos, usam alguma ferramenta ligada a internet como, celular, smart tv, tablet, computador, notebook, redes sociais, google e entre outros. E como já foi informado neste post, é através do marketing digital que a sua empresa pode alcançar os melhores clientes. 

Com o marketing digital a sua empresa pode sair na frente dos concorrentes, construir uma audiência qualificada, falar com público certo na hora certa e analisar resultados com precisão.

3 benefícios que o marketing digital para iniciante proporciona

Para começar, pegue um papel e uma caneta e anote todas as vantagens, ok? Elas podem ser úteis e facilitar muito a sua tomada de decisão de investir nas estratégias do marketing digital.

Dentre os vários benefícios de investir estão:

1 – Manter uma presença online

Como já conversamos, você está ciente da importância de manter uma presença online.

A presença online permite que o cliente encontre a marca, conheça e se familiarize, aumentando as chances de fidelização e atraindo um público em potencial.

2 – Autoridade da marca

As empresas com presença digital ativa, seja ela por meio das redes sociais, site ou blog, principalmente usando o marketing de conteúdo, triplicam as chances de ter uma autoridade da marca.

Desta forma, a empresa pode ser uma referência no setor, formando opiniões e auxiliando os clientes de diversas formas.

3 – Segmentação de público

Bem diferente de outros meios de comunicação, na internet é possível falar com um público específico que tem desejo em um produto/serviço da empresa, aumentando as chances de vendas e alcançando somente quem tem interesse no produto.

Existem outros inúmeros benefícios e é importante conhecer cada um para saber o motivo do investimento.

Depois de analisar, é notável que o marketing digital é uma excelente opção para o seu negócio, certo? Agora é essencial saber quais são os passos primordiais para que a estratégia faça sentido e seja útil para a sua empresa.

1 – Comece a construir a sua presença digital

Outro passo inicial: ser lembrado na internet. Crie um blog, um site e contas em redes sociais com muitos usuários, como é o caso do Facebook e Instagram.

Mesmo sem nenhuma técnica, manter essa presença é fundamental. Além do mais, ao ter contas nessas plataformas é possível saber, por exemplo, onde o seu público é mais presente, o que facilita a criação de uma estratégia específica para os seus objetivos.

2 – Produza conteúdo frequentemente para a sua audiência

Criar uma conta em uma rede social é importante, mas manter a periodicidade é ainda mais.

Crie conteúdos relevantes, tire fotos dos produtos e serviços e ofereça ao seu público diversas chances de conhecer a empresa. Desta forma, é possível aumentar o engajamento e entender o que o cliente gosta e quer ver nas suas páginas.

 Marketing Digital Iniciante

3 – Considere uma agência especializada em marketing digital

É possível trabalhar sozinho em uma estratégia, mas ter o auxílio de uma agência aumenta as chances de resultados positivos, já que ela conta com profissionais capacitados para lidar com cada área da sua estratégia, como a criação de conteúdos, práticas de SEO, entre outros.

Portanto, contratar uma agência de marketing digital pode ser um bom primeiro passo. Contar com profissionais especializados e que trabalham no seguimento facilita tanto a criação de uma estratégia específica para a empresa quanto a gestão dos números e resultados.

Vale ressaltar que conhecer a empresa, buscar cases e certificações é indispensável. Caso contrário, pode ser um investimento falho.

Leia também: Planejamento de Inbound Marketing para 1 ANO COMPLETO: saiba fazer!

O que eu preciso para começar a trabalhar com marketing digital?

À medida que os números aumentam, o marketing digital está se tornando sinônimo de marketing em geral – o que significa que adicionar habilidades digitais ao seu repertório como empreendedor ou profissional marketing vem se tornando uma necessidade.

Por último, mas não menos importante, é fundamental ter em mente que assim como toda estratégia de comunicação é preciso investir e plantar para colher bons frutos futuramente.

Dentro do marketing digital, existe um conjunto de técnicas conhecidas por Inbound Marketing, que é uma maneira de atrair possíveis clientes para a empresa, relacionando, agregando valores e mostrando a relevância de uma marca para o seu possível público.

Pesquise, estude um pouco sobre o quão essencial o marketing digital pode ser para o seu negócio e aumente visivelmente os lucros da sua empresa. Possuímos uma série de conteúdos relevantes que podem te ajudar na tomada de decisão.

Leia também: Dicionário do Marketing Digital: a referência para consultar quando quiser!  

O marketing digital para iniciantes é apenas uma introdução de um mundo de informações disponíveis. Para entender melhor, converse com um de nossos especialistas. Teremos prazer em esclarecer possíveis dúvidas! Conte com a Eixo Digital.

O que acha de conferir tudo que precisa saber sobre Marketing Digital em um só lugar? Acesse aqui a nossa categoria e aprofunde-se no assunto!

Leia também: Contratar uma Agência de Inbound Marketing vale a pena?

Marketing de conteúdo: o que é, como fazer e exemplos

O marketing de conteúdo ou content marketing está integrado no marketing digital, no entanto é o termo utilizado para definir unicamente os conteúdos online.

Antes de entendermos mais sobre como funciona o marketing de conteúdo (também conhecido como content marketing, em inglês), é preciso que tenhamos uma base sobre o marketing digital. Esta noção é fundamental para a colocação da empresa em uma posição no mercado que reverta em novos clientes e vendas.

Basicamente, o marketing digital é todo tipo de propaganda feita em aparelhos digitais que envolvem a Internet e os chamados conteúdos digitais. É de conhecimento geral que a Internet é a maior ferramenta atual de marketing digital.

Por meio de campanhas online, é possível colocar seu produtos nos rankings de busca do Google, ganhar mais seguidores nas redes sociais e reverter todas as ações em vendas e acessos.

O que é marketing de conteúdo? 

Conteúdos online e digitais podem ser variados:

  • Artigos e publicações escritas como posts em blogs e sites, ebooks, white papers, entre outros;
  • Publicações em redes sociais, como Facebook, Instagram ou Twitter.

A chave para o sucesso do marketing de conteúdo é a criação de conteúdo que seja relevante, atrativo, que faça o seu leitor (e potencial cliente) desejar voltar a visitar seu site ou página, indicar  e compartilhar com os amigos e claro: pensar no seu negócio como produto final, tornando-se cliente.

Com a modernização dos meios de comunicação, fazer publicidade tem sido cada vez mais diferente. O marketing tradicional, caracterizado por uma agressividade imediata e exposição total do produto ao potencial consumidor, tem sido cada vez menos praticado.

A ideia com o marketing digital, e sobretudo com a aplicação do marketing de conteúdo, é trazer ao usuário a sensação de estar no comando, escolhendo o que acessar e quando acessar.

Para que a sua plataforma seja escolhida, fica óbvio que o conteúdo precisa ser detalhadamente pensado.

Para que serve marketing de conteúdo?

Fazer esse tipo de marketing não significa apenas criar um blog, produzir os conteúdos e distribuir nas mídias para conquistar tráfego. A importância do Marketing de Conteúdo para uma marca está em construir uma estratégia específica, planejada e completa de conteúdo. É a partir disso que se alcançam resultados realmente satisfatórios.

marketing de conteúdo é estratégia

Como temos o costume de dizer aqui na Eixo Digital, aliar a produção de conteúdo em estratégias de marketing já não é mais um diferencial, é uma obrigação para qualquer empreendedor que queira realmente ter sucesso. No entanto, não basta apenas fazer, é necessário ter objetivos claros e bem definidos.

Como construir uma estratégia de marketing de conteúdo

Produzir conteúdos desenfreadamente, sem planejamento e estruturação, não vai te permitir mensurar e melhorar seus resultados. Fica fácil perder o controle do que está sendo produzido, o que dificulta avaliar se os seus conteúdos estão realmente sendo efetivos para fazer a sua marca decolar.

Aplicando o pensamento estratégico no Marketing de Conteúdo, da maneira que deve ser, é possível mensurar exatamente os pontos onde há a maior presença de erros, os pontos onde há predominância de acertos, aquilo que deve ser melhorado, aquilo que deve ser mantido, e assim por diante, por exemplo.

1º: Trace objetivos claros e bem definidos

A princípio pode parecer redundante, mas quando falamos em objetivos claros e bem definidos, estamos querendo dizer que é importante saber exatamente qual a função de cada conteúdo e quais são as maneiras que eles serão desenvolvidos.

Isso significa estruturar a sua produção de conteúdo com base em questões como:

  • O que se espera alcançar por meio deste material?
  • Que tipo de conversão espera-se obter neste conteúdo?
  • Como será desenvolvido cada conteúdo?
  • Qual será a linguagem?
  • Para quem é este conteúdo?
  • Para qual etapa da jornada de compra?
  • Em quais canais o conteúdo será distribuído?
  • Caso seja distribuído na Fan Page do Facebook ou no Perfil do Instagram, qual valor será investido no impulsionamento?
  • Quais são as ofertas deste conteúdo?
  • Para quais leads estou produzindo?

É super importante saber o porquê de cada coisa, o porquê da linguagem/abordagem utilizada, o porquê de determinado tema, o porquê de determinadas palavras-chave, etc.

2º: Planeje melhor as pautas do seu conteúdo

Além de tudo isso, também temos as questões técnicas quanto ao formato e a estrutura do conteúdo, quer dizer, ao elaborar o planejamento de conteúdo, é essencial mapear todas as informações importantes nas pautas, como:

  • Persona;
  • Formato: artigo, e-book, infográfico, whitepaper ou outras iscas digitais;
  • Palavras-chave;
  • CTA;
  • Etapa da jornada de compra;
  • Title e meta description;
  • Páginas de destino, etc.

Todas essas informações são de suma importância para uma estratégia de marketing de conteúdo bem definida, pois o trabalho torna-se cada vez mais profissional e as métricas tornam-se cada vez mais claras, atingíveis e mensuráveis.

Veja como criar uma estratégia de marketing de conteúdo para atrair mais pacientes para a sua clínica no vídeo abaixo:

Como planejar pautas de conteúdos?

  • Realize a pesquisa de palavras-chave em ferramentas online, como SEMRush, Ubersuggest, Google Keyword Planner, Google Trends, entre outras;
  • Alinhe os termos de busca no conteúdo nas campanhas de mídia paga (Google Ads) da sua empresa, dessa forma o seu site será encontrado de forma paga e orgânica;
  • Tenha as jornadas de compra bem definidas para saber exatamente que tipo de conteúdo produzir;
  • Saiba as metas de conversão para definir quais CTAs utilizar em seu conteúdo;
  • Mapeie detalhadamente a sua persona envolvendo seus dados demográficos, suas dores, metas, objetivos, abordagem de vendas, identificadores chave, e assim por diante.

Ao fazer tudo isso com maestria, automaticamente será perceptível a grande diferença e a enorme evolução que a sua estratégia de marketing de conteúdo terá.

Serão nítidas as diferenças entre uma estratégia de marketing de conteúdo profissional, relevante e que entregue exatamente o conteúdo que seu público de interesse precisa, de um conteúdo superficial, mal desenvolvido, e completamente sem estratégia.

Desenvolvemos um e-book chamado “Qual o X da questão do seu negócio?”. Nesse e-book falamos sobre uma estratégia completa de Inbound Marketing, que inclusive envolve todo o planejamento de marketing de conteúdo, ou seja, tudo o que deve ser feito para alcançar resultados reais para uma empresa. Para baixar gratuitamente, basta clicar no link abaixo:

E-book: Qual o X da questão do seu negócio?

e-book qual o x da questão do seu negócio eixo digital

Como produzir conteúdo para blog?

 

Este é o questionamento de muitas empresas que decidem começar a aplicar o marketing de conteúdo: o que postar?

Para responder a esta pergunta, é preciso, antes de mais nada, que se responda a uma outra pergunta muito importante: quem é o meu público-alvo? Jovens? Adultos? Homens? Mulheres?

Identificar com quem a sua marca precisa conversar é um dos passos essenciais para conseguir entender o que este usuário procura em um blog ou site e como a sua empresa pode ajudá-lo. Não se esqueça: o objetivo base essencial do marketing de conteúdo é ajudar seus leitores com conteúdo útil que os apaixone e conquiste – tornando mais fácil a conversão.

Existem diversas formas de produzir conteúdo online: textos, vídeos, gravar podcast… São vários os tipos de conteúdo que você pode criar para o seu leitor.

O ideal é entender qual dessas maneiras atingirá mais precisamente a sua audiência; só a partir daí é que deve começar a produzir conteúdo com qualidade.

Vamos à alguns exemplos práticos de como pode começar a aplicar o marketing de conteúdo na sua empresa:

1 – Produza artigos de blog (com as famosas técnicas SEO)

Uma das maiores ferramentas para quem possui um site e deseja colocá-lo nas primeiras posições dos mecanismos de busca é a produção de artigos de conteúdo.

Um texto bem produzido, com qualidade e aplicando técnicas SEO – como a utilização de palavras-chave, por exemplo – é facilmente revertido em mais cliques e acessos à página.

Lembre-se: a qualidade e utilidade do conteúdo é fundamental. Procure descobrir o que mais agrada seu público-alvo e invista nesses assuntos, sempre mantendo o tom correto e nunca cometendo erros gramaticais que podem prejudicar toda a aplicação do marketing de conteúdo.

É sempre bom procurar um profissional especializado para este fim e garantir que tudo que será postado seja de fato original, com as técnicas de SEO certas, e claro, com qualidade.

Leia também:

5 dicas de como gerar mais conteúdo (+3 dicas-bônus)

2 – Diversifique o conteúdo e faça vídeos

Produzir vídeos de qualidade pode ser um diferencial da sua marca. Pode não ser algo tão simples de ser feito como conteúdos escritos, mas procurando profissionais especializados, como uma agência de comunicação, será algo altamente vantajoso. Algo que está super em alta hoje é a produção de vídeos com narração e desenhos. Vale a pena investir para dar um ar mais moderno ao seu produto e atrair o público desejado.

3 – Crie imagens e conteúdo de compartilhamento no Facebook

Independente do seu público, todos os usuários de Internet utilizam as redes sociais. Vale a pena criar uma página da sua empresa no Facebook para atrair novos clientes e fidelizar os antigos. Atente-se ao que o seu público procura e faça o conteúdo voltado para ele. Também vale postar links diretos para os artigos do blog da empresa diretamente do Facebook, ajudando a aumentar a audiência.

Como criar conteúdo de venda?

Para produzir um conteúdo de valor é necessário entender as dores e necessidades da sua persona ou cliente.

O Google levantou algumas questões para metrificar um conteúdo de valor, você pode seguir esse direcionamento para produzir o seu conteúdo. 

  • O conteúdo fornece informações, relatórios, pesquisas ou análises originais?
  • O conteúdo fornece uma descrição substancial, completa ou abrangente do tópico?
  • O conteúdo fornece uma análise criteriosa ou informações interessantes que estão além do óbvio?
  • Se o conteúdo se baseia em outras fontes, ele evita simplesmente copiar ou reescrever essas fontes e, em vez disso, fornece valor adicional e originalidade substanciais?
  • O título e / ou o título da página fornecem um resumo descritivo e útil do conteúdo?
  • O título e / ou o título da página evitam ser exagerados ou chocantes por natureza?
  • É esse o tipo de página que você gostaria de marcar, compartilhar com um amigo ou recomendar?
  • Você esperaria ver esse conteúdo ou referenciado por uma revista impressa, enciclopédia ou livro?

Por que usar marketing de conteúdo?

As vantagens de trabalhar no marketing de conteúdo são inúmeras! Duas delas são:

  • Aumenta o tráfego e acessos ao seu site: com a criação de conteúdo de qualidade e bem ranqueado nos mecanismos de busca, o marketing de conteúdo ajuda a aumentar o tráfego do seu site. Os leitores e potenciais clientes podem encontrar com facilidade seus produtos e serviços, pois o conteúdo serve como um cartão de visita da sua empresa;
  • Se torna uma referência: criar conteúdos online permite que a sua empresa mostre seus conhecimentos e serviços no seu setor. Ao fornecer informação útil de forma gratuita e ajudando seus potenciais clientes, a sua “e-reputação” será maior e será visto como uma verdadeira referência no setor.

Por isso, é tão importante investir no marketing de conteúdo. Vale sempre ressaltar: como em qualquer tipo de publicidade, o que vai garantir o sucesso é a forma como as ações são feitas. É necessário sempre buscar conteúdos relevantes, entender o cliente, seus anseios e dúvidas e não poupar esforços para agradá-lo.

Comece hoje mesmo a aplicar as melhores técnicas de marketing e a criar os melhores conteúdos online para sua empresa!

Na nossa página de categoria para Marketing de Conteúdo você vai encontrar tudo o que precisa saber sobre o assunto em um só lugar. Acesse aqui.

3 ferramentas para medir a velocidade do seu site

Um dos itens principais a ser considerado quando pensamos em desempenho e presença na Web é a velocidade de carregamento de um site.  

Não sei você, mas quando eu faço alguma pesquisa no Google a expectativa é que resposta chegue até mim em poucos segundos. Se não for assim, apenas tento outro site que carregue mais rápido.  

Para garantir que seu potencial cliente não desista de você e procure o concorrente, acompanhe este artigo e descubra ótimas ferramentas para medir a velocidade do seu site.  

Veja também:

Como Avaliar o Desempenho de um Site?

Por que ficar atento à velocidade de carregamento do seu site?

Segundo pesquisas, 40% dos usuários abandonam páginas que levam mais de 3 segundos para carregar. 

Esse visitante que desiste pode ser apenas um curioso, tirando alguma dúvida sobre um conteúdo no seu blog, mas também pode ser o seu potencial cliente, que pretendia “adicionar um item ao carrinho” e apenas desistiu.

Zelar por uma navegação rápida é contribuir para que aumentem as chances de conversão em vendas no seu site, sendo algo que não pode ser ignorado por aqueles que buscam o crescimento de um negócio.  

Isso porque quanto menos tempo os usuários navegam no seu site, mais o Google percebe que há algo de errado. E como os mecanismos de buscas querem entregar a melhor experiência a esse visitante, eles passam a considerar que o seu site não está sendo satisfatório.

Consequências: seu site perde posicionamento e dificilmente ocupará as primeiras páginas do Google. Assim, além de prejudicar a experiência do seu cliente, que se sente frustrado ao ter esse contato com a sua empresa, o seu site perde pontos preciosos de SEO, sofrendo com a redução do tráfego orgânico

Se você quer evitar erros comuns de SEO, aproveita para ler também:

Os 8 erros de SEO que te afastam das primeiras posições do Google

A conclusão é que se você deseja vender na internet sem gastar com anúncios as suas chances de sucesso são drasticamente reduzidas quando o seu site está lento. 

Vejamos a seguir 3 ferramentas para medir a velocidade do seu site. 

Descubra 3 ferramentas para medir a velocidade do seu site

WebPageTest 

ferramentas para medir velocidade do site - webpagetest

O Webpagetest é uma ferramenta gratuita e que dispõe de dados confiáveis para medir a velocidade do seu site, sendo capaz de fornecer métricas de carregamento diversificadas. 

Com o seu uso, é possível simular o local de navegação, ou seja, você poderá verificar o carregamento do seu site em vários locais do mundo. Além disso, você poderá testar o seu site em mais de um navegador e conseguirá avaliar a sua performance em desktop ou dispositivos móveis. 

Com essa preocupação você permite um acesso de qualidade pelo usuário independentemente de qual tecnologia ele tiver em mãos. Ainda, será possível testar a velocidade fazendo uso da conexão banda larga ou dos dados móveis (3G, 4G, 5G).

Contar com o suporte dessa ferramenta é uma forma de garantir que os principais canais que geram tráfego para o seu site estejam sempre rodando em uma boa velocidade. 

GTmetrix 

ferramentas para medir velocidade do site - GTmetrix

O GTmetrix é a segunda ferramenta que vamos indicar que você teste hoje mesmo. 

Não é preciso de cadastro para utilizá-la, mas quando ele é realizado são disponibilizadas mais informações. 

O cálculo de velocidade a partir do GTmetrix é feito com base no Google PageSpeed e no Yahoo YSlow. 

Também gratuito, o GTmetrix fornece os resultados de desempenho do seu site e explica os motivos que podem estar deixando sua página lenta. A ferramenta gera um relatório em PDF que traz os pontos de melhoria, tempo de carregamento da página, etc. 

Assim como o WebPageTeste, o GTmetrix consegue averiguar o desempenho nos diversos navegadores da Web. 

Outra funcionalidade é a possibilidade de usar  o Adblock Plus, permitindo que você faça um comparativo do carregamento da página com anúncios e sem anúncios

Faça um teste na ferramenta e descubra o seu potencial 😉

Google PageSpeed Insights 

ferramentas para medir velocidade do site - PageSpeedInsights

O Google PageSpeed Insights é uma ferramenta gratuita que fornece um relatório para informar a média de carregamento das páginas em desktop e dispositivos móveis, dicas de melhorias e nota do desempenho do site.

No Google PageSpeed Insights, os “dados de campo” se referem ao desempenho relativo aos últimos 30 dias e são obtidos através de usuários reais no Chrome

Ocorre que nem sempre há dados suficientes nesse período, de modo que poderão ser analisados os “dados de laboratório”, que não são dados reais de usuários, mas sim obtidos em ambiente controlado por análise da Google Lighthouse.

A nota dada vai de 0 a 100 e utiliza critérios de boas práticas criados pelo próprio Google, daí a relevância em fazer uso da ferramenta. 

Reunimos nossas melhores dicas de SEO em um ebook completo, com tudo o que você precisa saber para melhorar o alcance de seus conteúdos. E o melhor: de graça! Clique e baixe agora!

Case de sucesso de SEO: a Clínica Viver aumentou os visitantes orgânicos do seu site em 1.408% e os pedidos de agendamento em 278%. Clique aqui e veja como a Clínica alcançou esse resultado!

Boas práticas que podem ajudar na velocidade do seu site

Otimize as imagens utilizadas 

Otimizar as imagens do seu site faz parte do checklist que ajuda no carregamento mais rápido da página. 

Reduzir o seu tamanho e optar pelo formato JPEG são duas formas simples de otimizar a sua imagens e contribuir com a velocidade do seu site. 

Cuidado apenas para não perder a qualidade!

Adotar páginas com AMP (Accelerated Mobile Pages)

Adotar páginas com AMP, ou as chamadas Páginas Aceleradas Para Dispositivos Móveis, como o nome já dá a entender, permite que as páginas carreguem rapidamente quando acessadas por dispositivos móveis. 

Isso é possível com a redução de recursos que não são úteis quando se navega por dispositivos móveis, garantindo uma experiência tanto mais básica quanto rápida.

Com o AMP a página do seu site carregará quase que instantaneamente, colaborando para a experiência do usuário, que poderá seguir pesquisando na sua página, sem a necessidade de mudar para o desktop. 

Reduza os elementos 

Você já percebeu como a página inicial do Google é super simples? 

Ela entrega apenas os elementos que o usuário precisa, possuindo design minimalista e que descomplica o caminho a ser percorrido pelo usuário. 

O interessante é que além de páginas simples e com poucos elementos auxiliarem a jornada do visitante, que não se sente confuso em meio a um mar de informações, ganha-se tempo no carregamento da página.

Quando o design do seu site é simplificado, junto com a redução dos elementos, são reduzidas as solicitações em HTTPS (cada elemento precisa de uma solicitação), melhorando o desempenho do seu site

Vale dizer que comunicação clara é uma das dicas para que seu site venda mais. Para conhecer mais dicas veja também o artigo abaixo:

Descubra como fazer seu site vender mais com 5 dicas!

Vamos ao próximo passo?

Agora que você já conhece ótimas ferramentas para medir a velocidade do seu site e que, ainda por cima, fazem isso de forma gratuita chegou a hora de testá-las!

Mas não apenas isso.

Vamos lá!

Como dissemos ao longo do artigo, essas ferramentas fornecem relatórios simples e objetivos que indicam os principais pontos de melhoria. 

Uma vez que não há dúvidas quanto à importância do carregamento de um site, chegou a hora de aplicar as mudanças que forem necessárias, melhorando a experiência do usuário e, consequentemente, as chances de conversões em vendas.

Baixe aqui o E-book gratuito e tire todas as suas dúvidas sobre SEO!

Leia também:

6 FERRAMENTAS GRATUITAS DE PALAVRAS-CHAVE: COMECE A ATRAIR MAIS CLIENTES HOJE MESMO!

Marketing Médico 2024: Tudo que Você Precisa Saber

O Marketing Médico é um tipo de estratégia voltada especificamente para o segmento da saúde, como forma de promover profissionais da área, serviços e instituições e atrair mais pacientes. Para aplicá-lo, é preciso estar atento aos limites da legislação e do código de ética.

Reunir estratégias inovadoras de marketing para práticas médicas pode ser uma tarefa assustadora e, muitas vezes, totalmente confusa.

Com o que parece ser uma infinidade de opções de canais de marketing e publicidade e, muitas vezes, informações contraditórias on-line sobre qual é a melhor opção para ter resultado no marketing digital. A última coisa que você deseja fazer é tomar uma decisão errada e gastar tempo, dinheiro e recursos valiosos para descobrir que a iniciativa foi uma perda de tempo com baixo retorno.

O nosso objetivo com este artigo é reunir, em um só lugar, tudo o que você precisa saber e fazer para alavancar o seu marketing médico. Utilize esse conteúdo como referência para consultar sempre que for necessário. Assim, não ficará perdido no processo de colocar em prática a sua estratégia.

Vamos lá?

O que é Marketing Médico?

Marketing Médico é um conjunto de ações de Comunicação e Marketing voltado para profissionais e estabelecimentos da área da saúde, como o próprio nome sugere. Tem por objetivo promover profissionais, serviços e instituições de forma a educar e atrair o paciente.

Usado em meios online e offline, o Marketing Médico possui uma série de restrições impostas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) como consta na Resolução 1.947/11.

Tal norma visa coibir abusos e estabelecer limites para que a publicidade médica seja feita de maneira profissional sem que haja o comprometimento da relação médico/paciente.

O que é permitido no marketing médico?

O CFM desenvolveu uma cartilha com uma série de observações em relação à publicidade na área da saúde. Para não ir contra tais princípios é preciso entendê-los. Conheça os principais!

Anúncios no Marketing Médico

Em anúncios de um profissional ou estabelecimento médico devem conter o nome e a especialidade do profissional, assim como o número do registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) e o Registro de Qualificação de Especialista, se esse for o caso.

Comissão de Divulgação de Assuntos Médicos (Codame)

Por mais que as informações divulgadas pelo conselho sejam claras, ainda assim dúvidas podem surgir na hora de colocar uma propaganda para circular.

Para tirar dúvidas e não incorrer em situações que possam ser punidas, o conselho indica a consulta ao Codame por parte do médico ou dos profissionais de marketing. Desta forma os dispositivos legais serão cumpridos.

O que NÃO é permitido no marketing médico?

O profissional de Comunicação e Marketing de um negócio vinculado à área da saúde precisa estar atento às normas do CFM para que o estabelecimento não seja penalizado por estar em desacordo com o que prega a instituição.

E para não correr o risco de colocar em prática uma dessas atividades proibidas, listamos as principais ações que não podem ser feitas no Marketing Médico. Acompanhe:

Desenvolver propagandas enganosas no Marketing Médico

Nenhum empreendimento deve fazer ações de comunicação e marketing enganosas. Porém, quando tais negócios estão relacionados ao bem-estar e à saúde, a responsabilidade em relação ao conteúdo de uma mensagem torna-se ainda maior pelo fato de estar atrelada à vida.

Mostrar fotos de pacientes em antes e depois

O código de conduta dos médicos impede que pacientes sejam expostos como forma de promoção profissional. Por isso, imagens de antes e depois ou até mesmo as famosas selfies são proibidas. E mesmo que haja consentimento, ainda assim as publicações continuam não sendo aceitas.

Divulgar aparelhos como forma de atendimento superior

Propagar aparelhos usados em tratamentos médicos como forma de comercialização dos serviços é proibido. Sendo assim, as clínicas não devem anunciar as máquinas como forma de mostrar que o atendimento é melhor ou mais eficiente.

Transmitir o valor dos equipamentos é possível por meio de conteúdos relevantes que sejam informativos.

Fazer promessas de resultados

Outra ação que é vedada pelo CFM é a de desenvolver propagandas com garantia de resultados. Seja por meio de tratamentos, de remédios ou de aparelhos, o conselho proíbe a ação.

Como fazer marketing médico?

Quem quer colocar em prática o marketing médico adequadamente não pode deixar de criar um plano de marketing. Além de permitir que entenda melhor a sua clínica e o cenário em que ela atua, o planejamento também vai ajudá-lo a ter uma visão geral do que precisa fazer para alcançar os resultados que deseja.

Confira abaixo tudo aquilo que é essencial incluir no plano de marketing da sua clínica médica para que tenha retornos positivos.

1. Análise interna e de concorrência

Qual é a situação atual da sua clínica? Você tem plena consciência disso? Você sabe o que está bom, o que precisa reforçar e o que precisa melhorar em questões de marketing? Quais os seus problemas de comunicação hoje? Esse tipo de análise interna é essencial para que possa planejar o seu marketing médico.

Além dessas questões, também é importante que faça uma análise interna considerando pontos de SWOT (do inglês Strengths, Weaknesses, Opportunities e Threats). 

Resumidamente, você deve levantar as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças da sua clínica.

  • Forças e pontos fortes: o que a sua clínica oferece de diferencial?

Aqui, pense no que realmente torna a sua clínica especial e o que pode ser o principal atrativo na mente de futuros pacientes. Nesse ponto, muitos costumam considerar o atendimento como diferencial, mas vá além disso, ok?

  • Fraquezas e pontos fracos: o que você identifica que precisa melhorar na sua clínica?

Uma boa dica para descobrir isso é analisar os feedbacks que tem recebido, tanto presencialmente na sua clínica quanto em canais digitais, como redes sociais.

  • Oportunidades: existe algo que está deixando passar?

O que está acontecendo no mercado que você pode aproveitar na sua clínica? Analisar tendências, pesquisas e fazer benchmarks são boas ações para identificar oportunidades.

  • Ameaças: o que está acontecendo no mercado que pode impactar negativamente na sua clínica?

Existe algum cenário externo que você precisa se preocupar ou se preparar futuramente? Uma crise, por exemplo, é um exemplo de ameaça.

Além da análise interna, também é imprescindível que estude os seus concorrentes de forma aprofundada. Quais as clínicas que concorrem diretamente com o seu negócio? E os concorrentes indiretos? Como eles realizam a comunicação e o marketing deles? Quais são os diferenciais que a sua concorrência oferece? 

Esse tipo de análise é importante para entender melhor o mercado e a área de atuação da sua empresa, além de ter ideias de melhorias na sua própria clínica.

2. Objetivos e metas

Que tipo de resultado você quer com o marketing médico? O que deseja alcançar? O que quer melhorar? Quando quer alcançar bons retornos? Ter essas questões definidas vai ajudar a estabelecer foco para o seu marketing e torná-lo ainda mais assertivo, aumentando as chances de sucesso.

Exemplos de objetivos para Marketing Médico:

  • Aumentar o número de pacientes;
  • Melhorar a satisfação dos meus pacientes;
  • Estabelecer uma presença digital sólida para a minha clínica;
  • Aumentar a porcentagem de pacientes vindos da internet;
  • Tornar a minha clínica referência no segmento, tanto para pacientes quanto para concorrentes.

Exemplos de metas para Marketing Médico:

  • Alcançar a marca de X% de pacientes vindos por meio do digital em X meses;
  • Atrair X usuários para o site da clínica em 1 ano;
  • Conseguir X seguidores nas redes sociais dentro de 1 ano.

*Lembre-se que metas devem ser mensuráveis! Por isso a importância de definir números e períodos.

3. Persona

Mais que definir um público-alvo para a sua clínica, é fundamental que tenha uma visão melhor de quem é o seu público-alvo. E uma forma de fazer isso é por meio da definição de personas, que são representações mais concretas e específicas da audiência que quer atingir.

É como se você estruturasse melhor quem é o seu paciente ideal, como uma pessoa real, definindo pontos como o gênero, idade, condição financeira, problemas e desejos/sonhos, gostos, preferências e comportamento de compra, entre outras características.

Para saber como criar personas para a sua clínica adequadamente, leia este outro conteúdo.

4. Planejamento de Ações e Estratégias

Agora que você já tem uma noção melhor da sua clínica e do mercado em que está, sabe onde quer chegar com ela e tem consciência de quem quer atingir, quais as ações de marketing que precisa executar para alcançar os resultados que quer? O que você precisa fazer, de fato, para o seu marketing médico trazer retorno?

A diversidade de ações e estratégias que pode aplicar é gigante, como verá mais à frente. É importante considerar aquelas que melhor se adaptam para os seus objetivos, metas e para o seu público.

Além disso, é essencial que estabeleça um plano de ação para que essas ações sejam executadas e também um cronograma, para que não se perca no seu marketing médico e evite que as coisas fujam do controle.

5. KPI’s

Como você irá saber se está perto de atingir os seus objetivos e metas? Como irá descobrir se as suas ações estão dando certo ou não estão funcionando? E se algo não estiver dando o retorno que esperava e você não estiver consciente disso? É aí que os KPI’s entram.

KPI’s são indicadores de performance que irão te dizer se o seu marketing médico está dando certo ou se precisa de ajustes.

Lembre-se: um planejamento funciona como um guia, mas não é definitivo. Imprevistos podem acontecer, ações podem não ir como planejado, e você deve ser capaz de saber quando isso acontece e quando é necessário fazer ajustes.

Como fazer inboudn marketing para médicos?

Milhares de pessoas buscam informações sobre doenças, sintomas, tratamentos e médicos na internet. E é justamente pelo fato de que esses internautas podem ser potenciais pacientes de um consultório ou hospital que os gestores de tais empreendimentos precisam estar atentos à presença online das instituições.

E para ser encontrado em pesquisas feitas em mecanismos de busca, existem uma série de táticas de Inbound Marketing que um negócio no segmento da saúde deve adotar para ter destaque em relação à concorrência.

Leia também:

Marketing Digital para Empreendedores na CRISE: entenda a importância

O que é Inbound Marketing Para Médicos?

Inbound Marketing é um conjunto de técnicas aplicadas no meio virtual por meio de criação e publicação de conteúdos relevantes e de interesse para públicos potenciais de um empreendimento. Por meio dessa aplicação é possível ganhar a atenção de tais pessoas de maneira espontânea, o que difere das ações efetivadas pelo Marketing Tradicional.

Dentre os quatro pilares do Inbound Marketing estão: SEO, Marketing de Conteúdo, Links Patrocinados e Redes Sociais.

Para que todos eles sejam aplicados, o primeiro passo é o de produzir uma página para a clínica ou hospital.

1. Site

O site é a porta de entrada de um empreendimento médico na web. É por meio dele que um consultório terá uma apresentação no ambiente virtual, facilitando o reconhecimento por possíveis pacientes.

Além do espaço para informações institucionais e esclarecedoras quanto aos atendimentos e serviços prestados, é nessa página que deverá estar vinculado um blog. Tal espaço é destinado à educação de potenciais pacientes e demais pessoas que já conhecem o trabalho da instituição.

2. SEO

Search Engine Optimization (SEO) é um conjunto de ações aplicadas no site por meio de uso de palavras-chave, tags, métodos de escaneabilidade de conteúdo, etc.

Quando a aplicação é feita corretamente, ela ajuda o site a aparecer melhor nos mecanismos de busca por meio de temáticas similares ou iguais às presentes nas páginas.

3. Marketing de Conteúdo

As técnicas de Marketing de Conteúdo deverão ser aplicadas no blog como forma de atrair e de educar os visitantes. É por meio delas também que mecanismos de busca poderão posicionar melhor um site de forma a fazer com que tal página tenha mais visibilidade na web.

4. Redes Sociais

Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, dentre outras, são apenas algumas das principais plataformas sociais online que devem ser usadas por clínicas médicas.

Os benefícios de ter um perfil em tais páginas são inúmeros e estão relacionados à divulgação do espaço, construção de autoridade, propagação de informações de qualidade sobre o segmento em que a clínica atua e ao relacionamento com o potenciais pacientes.

5. Tráfego Pago

Google Ads e Meta Ads são sistemas de mídias pagas das plataformas que levam os nomes. Os investimentos feitos nelas possibilitam posicionamentos melhores nos mecanismos de busca e na rede social, o que favorece o tráfego nos canais da clínica e potencializam as vendas.

Investir em anúncios pagos é fundamental para quem quer ter uma presença online mais marcante e imediata. Porém, é importante ressaltar que tal estratégia, para resultados melhores e menos gastos, precisa ser atrelada a outras já citadas.

Porque investir em marketing médico?

Catálogos de plano de saúde e o famoso boca a boca perderam vez nas indicações de médicos depois que a internet passou a ser usada de maneira constante para a realização de pesquisas na área da saúde, sendo assim, clínicas e hospitais precisam investir em estratégias de Marketing Digital e agências especializadas em marketing médico para que os empreendimentos estejam bem posicionados nos mecanismos de busca e possam ser facilmente encontrados por quem os deseja.

Sendo assim, o que uma agência de marketing médico pode oferecer para a sua clínica ou hospital? 

1. Estratégias de inbound marketing para gerar mais leads e vendas

Leads são pessoas que trocam informações pessoais por algum tipo de informação útil, que pode ser um e-book, um vídeo, um infográfico, dentre outros formatos.

E a partir da captação de tais informações, os profissionais da saúde, auxiliados por profissionais de marketing, poderão desenvolver uma série de estratégias para educar essas pessoas e fazer com que elas virem pacientes.

2. Estratégia marketing médico para aumentar a autoridade da sua clínica

Médicos e demais profissionais da saúde, quando vistos como referências nos segmentos em que atuam, conseguem atrair a atenção de mais pessoas que procuram por seus serviços, sendo assim, para ter autoridade e desenvolver o nome do empreendimento no mercado é importante levar conteúdo informativo e relevante aos potenciais pacientes.

3. Estratégias marketing para aprimorar o relacionamento com o seu cliente

Todo negócio, independente do segmento, precisa ser lembrado pelo público que ele deseja alcançar. E para isso, desenvolver um relacionamento com quem já é paciente e quem pode vir a ser é importante. E para isso, ações de Inbound Marketing relacionadas aos envio de e-mails, redes sociais, dentre outros, é bastante eficiente.

4. Monitoramento em tempo real dos resultados

Ao contrário de outras ações de Comunicação e Marketing feitas no ambiente offline, as realizadas no mundo virtual permitem ser analisadas em tempo real.

Os benefícios dessa possibilidade são o de conseguir fazer reformulações para aprimoramento das ações de maneira rápida e eficiente, o que otimiza os recursos e gera mais vendas.

Marketing Médico: saiba como funciona

Ferramentas de Inbound Marketing para Médico

Para que as ações de Inbound Marketing sejam efetivas e tragam resultados positivos, é importante o uso de ferramentas que otimizam o trabalho e que ofereçam diagnósticos, sendo assim, aproveite já que Inúmeras são disponibilizadas no mercado e podem ser empregadas.  

RD Station

A plataforma de automação de marketing desenvolvida no Brasil é uma das ferramentas mais poderosas do Inbound Marketing e deve ser usada em uma estratégia de Marketing Médico.

Com ela é possível captar e gerenciar leads por meio da construção de Landing Pages otimizadas, dar notas para cada um deles de forma a mostrar o momento de compra (Lead Scoring), Testes A/B, integração de blog, integração de blog, acompanhamento de palavras-chave, etc.

CRM

Customer Relationship Management, ou simplesmente CRM, é um software de gestão que auxilia o contato entre o vendedor e o cliente. Com a possibilidade de ser integrada ao RD Station, tal ferramenta deve ser usada para aprimorar o relacionamento entre cliente e empresa.

E-mail

Outra importante e já conhecida ferramenta do marketing digital é o e-mail. Por meio dele tem-se uma personalização no contato e maior aproximação entre potenciais pacientes, pacientes e empresa. Em uma estratégia de Inbound Marketing é usado para o envio de newsletter, para o desenrolar de um Fluxo de Nutrição, dentre outras atividades.

Palavras-chave

Existem várias outras ferramentas que serão usadas de acordo com a necessidade da estratégia, tais como a do Google Ads, Keyword Tool e SemRush que permitem, dentre outras funções, a busca e encontro de palavras-chave estratégicas.

Por que contratar uma Agência de Inbound Marketing Especializada na Saúde para fazer o meu Marketing Médico?

Existem particularidades na aplicabilidade do Marketing Médico, como dito anteriormente, que somente profissionais especializados são capazes de atender, e com isso, por mais que existam pessoas qualificadas para desenvolver estratégias de Marketing e Comunicação, elas precisam ter conhecimentos específicos sobre o que diz o Conselho Federal de Medicina em relação à publicidade Médica.

E para não errar no desenvolvimento de campanhas e ações na internet, nada melhor do que contar com uma Agência de Inbound Marketing especialista no planejamento e implementação de atividades em Comunicação e Marketing voltadas para o segmento da saúde.

A Eixo Digital é uma agência especializada em Inbound Marketing. Na área da saúde, já auxiliamos diversos clientes a chegar aos resultados que queriam, como a Audiofisa, que ajudamos a gerar 100 oportunidades por mês para clínica com o nosso trabalho. Confira a história completa aqui.

fale com um dos especialistas da agência eixo digital primeira agência platinum do centro-oeste
A Eixo Digital é a primeira Agência Platinum do Centro-Oeste entre os parceiros da Resultados Digitais. Que tal falar com um de nossos especialistas?

Guest Post: o que é? Confira nossas dicas e estratégias para ter sucesso!

Ganhar autoridade digital é, sem dúvidas, um dos principais focos de uma estratégia de SEO. Mas, quem trabalha na área sabe que essa não é uma tarefa tão fácil. É aí que entra o Guest Post, um tipo de conteúdo estratégico que fará os seus resultados em SEO decolarem!

Como isso soa para você?

resultados do guest post

É por isso que decidimos preparar este artigo para te explicar melhor o que é Guest Post e por que é tão importante investir nessa tática. Isso se você quiser atingir resultados realmente sólidos em SEO, claro (e quem não quer, certo?).

Confira!

O que é um Guest Post na prática?

Um Guest Post nada mais é que a prática de publicar e escrever artigos em blogs ou sites de outra pessoa/empresa. Se você possui um blog, por exemplo, é como se convidasse alguém para escrever um conteúdo sobre um determinado assunto para o seu site. Esse conteúdo é um Guest Post.

exemplo de guest post
Exemplo de Guest Post que nós publicamos no blog da Resultados Digitais.

E não é só para a estratégia de SEO que esse tipo de tática serve. Guest Posts também são de total relevância em uma estratégia de Marketing de Conteúdo.

Afinal, criar um conteúdo interessante para a persona é o ponto mais importante aqui. Além disso, manter constância e excelência nestes conteúdos é essencial para manter o fluxo de visitas de uma página.

Sendo assim, uma boa alternativa para garantir boas publicações é publicar posts escritos por outras pessoas no seu blog — geralmente autores convidados — o que também é conhecido como Guest Post. Dessa forma, o site não perde a frequência das publicações.

Além disso, é possível conseguir um material inteligente e uma postagem com bom conteúdo e bom acesso trazendo especialistas de diversos assuntos ao site.

Mas, como o foco deste conteúdo é SEO, vamos focar no Guest Post como uma estratégia para conseguir com que o seu conteúdo seja publicado em outros sites, ok?

Entenda melhor abaixo como esse trabalho é feito.

Como é feito um trabalho de Guest Post?

Táticas de Guest Post funcionam da seguinte forma: o dono do site cede um pequeno espaço no seu blog para que a outra pessoa possa promover um conteúdo de qualidade e, assim, agregar mais valor aquela página.

O autor convidado também pode agregar no conteúdo alguns links e textos âncora (trechos que contém os links) que direcionam o leitor para o seu próprio blog.

Dessa forma, é uma relação de troca e benefício mútuo, em que ambas as partes envolvidads saem ganhando.

O autor parceiro ganha publicando e expandindo seu conteúdo e o blog que recebe ganha por um texto bem escrito e útil para a sua persona, que com certeza irá agregar mais valor no seu site.

O que acha de conferir tudo que precisa saber sobre SEO em um só lugar? Acesse aqui a nossa categoria e aprofunde-se no assunto!

Afinal, por que Guest Posts fazem tanta diferença em uma estratégia de SEO? Veja as principais vantagens

A principal vantagem do Guest Post é, sem dúvidas, a divulgação dos trabalhos e expansão do alcance de uma marca, tanto de quem escreve, quanto de quem recebe o conteúdo. Mas, quando se trata especificamente de SEO, existem outras vantagens de peso, como:

Ganho de backlinks

Para quem usa as técnicas de SEO para garantir um bom ranqueamento ao site, os backlinks são de extrema importância e ajudam a aumentar a autoridade de domínio.

Uma marca que consegue fazer com que um bom guest post seja publicado em outros sites relevantes, por exemplo, com links direcionando para o seu domínio, consegue backlinks de qualidade que vão melhorar a sua autoridade digital e fazer com que o site ganhe mais relevância aos olhos do Google, facilitando com que suba posições nos resultados de busca.

Gera mais influência digital no mercado

Quando uma marca se posiciona como autoridade no assunto para outras pessoas, aumenta o segmento e pode até receber outras propostas para Guest Posts, além de virar uma referência diante do público.

Lembre-se que SEO também é sobre usuários, não apenas algoritmos. Então, se os usuários passam a enxergar a sua marca como especialista no mercado, seus resultados orgânicos tendem a crescer.

Transferência de influência e autoridade

Quando um autor escreve Guest Posts para alguns blogs grandes pode ser reconhecido pelo trabalho, o que também acontece com uma empresa que recebe um conteúdo de um grande “influenciador”, que pode levar para o site o público que ele já possui.

Além disso, a relação de links entre dois domínios que guest posts criam causa uma transferência de autoridade de domínio. É como se, caso você consiga publicar um guest post em um site de alta relevância, também atraísse um pouco dessa relevância para a sua própria página, por meio dos links que inseriu no conteúdo.

Estes outros conteúdos também podem ser úteis para você, leia:

Links Externos: o que são e dicar de como aplicar com foco em ranquear melhor no Google

Link Building: entenda o que é e como ele pode auxiliar na sua estratégia

vantagens guest post

Qual o melhor momento para propor um Guest Post?

Algumas situações facilitam com que um site consiga publicar um conteúdo em outro domínio. Para identificar os melhores momentos para propor um guest post, fique atendo aos seguintes acontecimentos:

  • Quando o blog indica você, seu serviço e/ou produto;
  • Existe uma menção sobre você nas redes sociais;
  • Quando o blog já publicou outros Guest Posts.

São situações que demonstram que o outro site já conhece e tem interesse na sua marca, o que já facilita qualquer contato para fechar possíveis parcerias de guest posts.

Saiba mais em:

Guest Post: Os 4 passos para seu artigo ser publicado em grandes sites

Como saber se um Guest Post deu certo e está potencializando os resultados de SEO?

Como tudo feito dentro de uma estratégia de marketing digital, é importante medir o resultado de um Guest Post para saber se funcionou ou não para você. Para isso, analise todos os dados e todos os resultados gerados, como aumento do tráfego orgânico e do fluxo de novos usuários no seu site. Verifique também se ouve melhora na sua autoridade de domínio.

Para checar essas métricas, recomendamos duas ferramentas: SEMrush e Google Analytics. Na primeira, é possível conferir a autoridade de domínio e na segunda você consegue conferir as principais métricas relacionadas à trafego e acessos do seu site.

Saiba mais em:

Google Analytics: o que é? Para que serve? Como usar?

Orientações importantes para Guest Posts

orientações importantes

É indispensável, para o bom funcionamento do Guest Post, que o autor convidado siga algumas orientações de escrever sobre temas específicos relacionados ao que se refere a página, manter o padrão de comunicação do blog e certificar-se de oferecer um material com relevância.

Além disso, algumas empresas não conhecem muito bem a importância e a relevância do Guest Post, muito menos as vantagens mútuas que ele pode trazer. Sendo assim, é indispensável uma conversa e uma proposta que mostre os benefícios dessa prática para ambas as partes.

Se você deseja entender melhor sobre a técnica e ter outras informações de como fazer sua empresa crescer, converse com um dos nossos especialistas!

Reunimos nossas melhores dicas de SEO em um ebook completo, com tudo o que você precisa saber para melhorar o alcance de seus conteúdos. E o melhor: de graça! Clique e baixe agora!

GUIA: 4 passos para seu Guest Post ser publicado em grandes sites

Guest Post (“Post Convidado”, em uma tradução literal para o português), é quando você produz um artigo para outro site, a fim de que este tenha um backlink para o seu próprio endereço na web.

Em outras palavras, é como se fosse uma moeda de troca: você fornece a outra marca um conteúdo que seja interessante para o seu segmento, e ela o recompensa promovendo a sua empresa para o público dela. É ou não é um bom macete?

Essa parceria pode ser benéfica para os dois lados, desde que conteúdos relevantes e otimizados sejam divulgados e que os dois sites em questão sejam vistos com autoridade pelo Google. 

Nesse sentido, impulsionar seu conteúdo em um site cuja reputação seja ruim (um site sem https, por exemplo, ou com muito spam, vírus ou conteúdos plagiados) só contará negativamente para a sua marca, e vice-versa.

Então, acompanhe este artigo para saber como mirar nos grandes sites — que já possuem uma boa autoridade na internet — com as estratégias corretas!

1) Arrume o seu site para receber mais visitantes

Antes de pesquisar sobre sites relevantes para o uso de guest post, seu próprio site e blog devem estar preparados para receber os visitantes que pretende atrair.

Afinal, de que adiantaria atrair pessoas novas para o seu site, mas não conseguir engajá-las com o seu conteúdo? 

Nesse sentido, seu site deve fornecer uma boa experiência ao usuário, apresentando, de forma clara, o que é o seu negócio, e possibilitando caminhos de conversão para esse novo visitante — por meio de formulários, indicação de conteúdos para leitura, landing pages personalizadas para uma campanha específica, dentre outras possibilidades.

Tem dúvidas sobre a utilidade de uma Landing Page? Então confira o link a seguir:

O que é e para que serve uma Landing Page?

Seu próprio blog também deve ser atualizado com regularidade, não apenas para sustentar suas próprias estratégias de engajamento e autoridade, como também para que ele sirva de portfólio para que os editores e donos de grandes sites avaliem a qualidade dos seus textos.

Para aprender a criar um blog, e entender por que ele é tão importante, dê uma lida nestes artigos:

Como criar um Blog para Empresas?

Blog Empresarial: por que eu preciso de um?

E atenção: grandes sites priorizam aqueles que já possuem alguma autoridade na web! Para chamar a atenção desses grandes nomes, invista na sua presença digital qualificada, ok?

2) Segmente os sites relevantes de acordo com o seu nicho de mercado

Publicar nos sites pequenos de menor visibilidade pode ser até simples. Agora, conseguir com que uma grande marca ou autoridade na web indique sua marca para seus milhares de seguidores e visitantes, já é um desafio mais difícil.

Mas, para um resultado realmente relevante, desconsidere publicar em sites que compartilham seus artigos para a grande massa. De outro modo, segmente os sites relevantes de acordo com o seu nicho de mercado, considerando um perfil de público-alvo similar ao da sua marca. Para te ajudar nessa, acompanhe o próximo tópico!

Dicas práticas para ajudar em sua estratégia de guest post

  • Fuja de sites com layouts ruins e que possam estar praticando Black hat de link building;
  • Selecione apenas os sites em que seu público-alvo possa estar. No site Quantcast, você insere a URL de qualquer endereço web e ele disponibiliza informações demográficas dos seus visitantes. Avalie se eles são semelhantes aos seus;
  • Ver uma estimativa de tráfego do site também pode te ajudar. Acesse o WebsiteIQ e insira qualquer URL: ele irá apresentar um gráfico de estimativa de como é o tráfego de visitas daquele site.
  • Tente descobrir o número de visitantes e seguidores daquele endereço web. No campo de assinatura Newsletter, por exemplo (geralmente fica na barra lateral, superior ou inferior da página), costuma exibir o número de assinantes. Caso não apareça, consultar as redes sociais da marca pode te dar uma noção do seu alcance de público.
  • O Youtube e o Instagram são os melhores lugares para encontrar influenciadores no ramo do seu negócio. Se quiser a atenção dos que possuem mais seguidores, comece fazendo um trabalho cuidadoso de prospect, e considere, se for viável, conquistar os influenciadores menores primeiro.
  • No Linkedin, pesquise os editores e colunistas dos sites que possuem grande autoridade. Os nomes deles provavelmente estarão no início ou final dos artigos que eles publicam na web. Iniciar uma conversa pelo Linkedin é uma boa tática para chamar a atenção deles.

Caso queira saber mais sobre como aproveitar as redes sociais para suas estratégias, leia os seguintes artigos:

Como usar as redes sociais a favor da sua estratégia de Marketing Digital?

As redes sociais mais utilizadas no Brasil e no Mundo

3) Faça a abordagem: use técnicas de copywriting e não seja ignorado

A forma de fazer a abordagem inicial será importantíssima para garantir um retorno positivo da potencial marca parceira. Os sites que possuem uma maior autoridade ou influenciadores que possuem muitos seguidores, recebem uma série de abordagens, propostas e sugestões diariamente. O segredo, portanto, é não ser mais um dentre tantos!

Na hora de enviar a sua proposta de guest post, seja curto e simples, porém personalizado. Se for enviar um e-mail, use títulos chamativos impossíveis de serem ignorados, e desperte o desejo e o interesse no seu texto.

Convide-os a conhecer o seu portfólio e mostre-se acessível para escrever para eles, segundo suas próprias regras editoriais e políticas. E, claro, comprove a relevância do assunto que deseja explorar para a marca.

Uma boa dica é investigar ao máximo o site em questão, identificando assuntos estratégicos para a marca e que ainda não foram explorados. Nesse caso, é importante que a sua empresa tenha certa autoridade para falar sobre o assunto identificado como promissor. 

Desse modo, você apresenta a sua proposta, ressaltando o quão vantajosa ela será para os dois lados (argumente de forma honesta e objetiva aqui).

E mais: apresente dados! Mostre o volume de pesquisa para aquela palavra-chave e o quanto de visitante ela poderá atrair para aquele site. Seguindo com essas estratégias de argumentação, será difícil ouvir um não.

Quer algumas dicas de Copywriting e produção de conteúdo? Então leia estes artigos:

Copywriting: o que é e como utilizar?

8 práticas que fazem a diferença em uma produção de conteúdo

Foi ignorado? Não descarte o site ainda

Caso seu primeiro contato seja ignorado, aguarde algumas semanas e envie um email de follow-up, lembrando sobre a mensagem enviada semanas atrás. Vale a pena tentar um contato telefônico também, caso este seja disponível. 

Se mesmo assim você não receber uma resposta, jogue esse site para o final da lista e priorize os próximos.

4) Produzindo seu Guest Post: em que não devo errar?

Se você obteve uma resposta positiva depois do seu trabalho de prospecção e abordagem, meus parabéns! Agora é colocar a mão na massa e escrever um artigo arrebatador.

O que você precisa fazer, basicamente, é escrever um artigo ainda melhor do que aqueles publicados regularmente no seu próprio blog, direcionando o conteúdo para o público do outro site.

Veja algumas dicas que podem te ajudar:

  • Se você puder escolher o assunto do artigo, priorize aqueles do topo do funil de vendas, ou do que chamamos de jornada de compra do usuário. Eles possuem mais chances de abocanhar o grande público do site para o qual você está escrevendo;
  • Utilize ferramentas online de pesquisas de palavra-chave, para te ajudar a escolher os assuntos que mais interessam ao público;
  • Mesmo ramo do negócio, mas personas diferentes: esqueça a sua persona, e foque em escrever para o público daquele site, e não para o seu;
  • Às vezes, produzir um artigo em formato de entrevista pode ser uma boa maneira de atrair visitantes e gerar autoridade para seu site. Inclua fala de especialistas que trabalham com você: mostre que você domina o assunto!
  • A menção da sua marca deve ser algo discreto! A ideia principal de um guest post é conseguir um backlink de um site com uma boa autoridade. Então foque no assunto do artigo, e mencione sua marca apenas dentro de um contexto.
  • Textos curtos podem ser vistos como spam e ser penalizados pelo Google. Sem contar que, provavelmente, o editor do site, para quem você está fazendo o artigo, poderia descartá-lo imediatamente. Faça um texto completo e condizente ao tema proposto;
  • Pense em seu guest post como um serviço que você está prestando aos visitantes, mas que desperte o interesse para que conheçam o seu site.

Ter o seu artigo publicado em um grande site, ou ver sua marca sendo divulgada por influenciadores importantes da área, pode levar tempo. Mas com as dicas que demos aqui, logo logo os resultados irão aparecer para você.

Entendendo a importância de um guest post

A principal utilidade de um guest post é aumentar os links externos para a sua página, fazendo com o que o Google interprete o seu site como relevante e útil.

Na prática, você ganhará mais autoridade e irá melhorar suas posições nos resultados de busca.

Além disso, existem outras vantagens de fazer guest posts:

  • Aumenta a visibilidade do seu site;
  • Ajuda a promover a sua marca;
  • Ajuda a obter mais leads;
  • Aumenta seu networking dentro do seu nicho de mercado.

Mas, cuidado! O Google penaliza quem pratica o chamado Black Hat SEO, que basicamente refere-se a práticas desonestas, para enganar as variáveis que o Google utiliza para medir a relevância e o engajamento de uma página na web.

Fuja de textos spam e produza um guest post arrebatador! 

O que acha de conferir tudo que precisa saber sobre SEO em um só lugar? Acesse aqui a nossa categoria e aprofunde-se no assunto!

Leia também:

Case de sucesso de SEO: a Clínica Viver aumentou os visitantes orgânicos do seu site em 1.408% e os pedidos de agendamento em 278%. Clique aqui e veja como a Clínica alcançou esse resultado!

O que o Google sabe sobre mim? Saiba quais informações são coletadas

Já viu uma cena de filme, daquelas onde a pessoa anda, entra em uma loja e outra, pega um táxi (ou um uber) e tem sempre um detetive olhando todos os passos dela?

E se você soubesse que essa é uma realidade mais próxima do que parece?

Na internet, tudo pode ser monitorado. O Google, que é o maior mecanismo de buscas, sabe muito sobre você e consegue acompanhar os seus passos na internet.

“Como assim? O que o Google sabe sobre mim?”

Calma, não entre em desespero. Saber essas informações é importante para a internet e para o consumidor de um modo geral. 

Prossiga com a leitura para entender melhor o que tudo isso quer dizer!

Porquê e o que o Google sabe sobre mim? Realmente é o site que sabe tudo sobre sua vida?

Considerado o ‘gigante das buscas’, ele é o olho-que-tudo-vê.

“E para que serve?”

Os dados recolhidos pelo Google servem para oferecer publicidade mais assertiva e anúncios com mais relevância, o que facilita que os anunciantes encontrem o público-alvo desejado.

Mas é fundamental saber que é possível que o usuário saiba quais são os dados coletados, e se não se sentir confortável, interrompa a opção do uso de dados para anúncios.

“Mas então, Google o que você sabe sobre mim?”

Os dados salvos pelo Google são muito mais úteis para o usuário do que parece, uma vez que é possível que o buscador ofereça mais serviços e vantagens.

A ferramenta onde é possível descobrir tudo que o Google sabe, é chamada de My Activity (minha atividade), onde o usuário tem acesso às pesquisas e informações e pode escolher o período que deseja receber os dados.

Gerenciando informações

Ao clicar neste link, a janela aberta mostra uma série de opções relacionadas ao histórico do usuário na internet, como as pesquisas feitas – além de pesquisas no YouTube -, os lugares que esteve e outras informações dos dispositivos, o que você vai acompanhar detalhadamente agora:

Histórico no YouTube

Para recomendar vídeos novos do interesse do usuário, o Google guarda as informações sobre as pesquisas feitas no site.

Pesquisas realizadas

O Google registra as pesquisas a partir das buscas realizadas em sites, para saber quais são os conteúdos que têm maior relevância para cada utilizador e, assim, a publicidade é mais exata.

Localização

Serviços como o Google Now permite que a empresa tenha acesso a localização do usuário. Mas vale ressaltar que para isso é necessário aceitar o termo que permite o acesso.

O histórico de localização também destaca as viagens feitas e as fotos tiradas em determinados locais.

Informações complementares de tudo o que o Google sabe sobre mim e você

A iniciativa de deixar os dados livres para saber quais são as informações que o Google coleta aumenta o poder de decisão, uma vez que é possível, caso o usuário não queria, que os dados não sejam usados para anúncios, por exemplo.

Além do Google, já existem outros sites, como é o caso do Facebook, que fazem atividades similares. Mas diferente dessas outras plataformas, o Google permite aceitar ou não que os dados sejam usados.

É importante citar que o utilizador também pode decidir quais temas serão exibidos nos anúncios através do link disponível pela ferramenta.  

O que fazer com as informações que o Google sabe sobre mim? É possível usar os dados a favor da minha empresa, por exemplo? Para responder aos questionamentos, entre em contato com um de nossos especialistas e descubra como a Eixo Digital trabalha e pode ajudar!

Análise de SEO: saiba como avaliar a situação do seu site

A análise de SEO é o que você precisa para entender qual a situação do seu site e descobrir possíveis erros, quais pontos precisam ser melhorados e o que está dando certo. 

Se você chegou até aqui, provavelmente já sabe da importância do SEO para aumentar o tráfego do seu site e potencializar suas estratégias de Inbound Marketing. A questão é que, na maioria dos casos, as pessoas acreditam que basta aplicar algumas técnicas de SEO uma vez e pronto, seu site/blog já estará otimizado. 

A verdade é que SEO é um processo complexo, cheio de variáveis, e não basta aplicá-lo apenas uma vez em determinado item. Você precisa reciclar suas otimizações constantemente, acompanhar e mensurar resultados através de uma análise ou auditoria de SEO minuciosa. 

Se você não sabe como fazer a análise de SEO em seu site, neste artigo vamos dar algumas dicas para quem quer começar a analisar suas otimizações. São métodos simples e acessíveis, mas não se engane, são muito eficazes. 


Veja neste artigo:


Como fazer uma análise de SEO de um site?

Criar um site é como construir uma loja. Se você construí-la em uma rua pouco movimentada, certamente estará deixando de captar clientes por falta de exposição. Agora se essa mesma loja estiver em uma avenida com grande fluxo de pedestres, as chances de atrair mais visitas e vender mais aumentam consideravelmente.

Essa lógica é bastante parecida quando estamos falando de um site. Se o site atrai poucos ou nenhum visitante, ele será um canal de vendas fraco. Simples assim. É preciso colocá-lo em “uma rua bem movimentada”, ou seja, na primeira página do Google: é lá que você terá uma ótima oportunidade de atrair visitantes e conseguir novos clientes.

Separamos portanto alguns pontos cruciais na hora de analisar o SEO de um site. São os principais pontos de partida que você deve avaliar ao fazer um diagnóstico da situação atual no que se refere a otimização para motores de busca.

Reunimos nossas melhores dicas de SEO em um ebook completo, com tudo o que você precisa saber para melhorar o alcance de seus conteúdos. E o melhor: de graça! Clique e baixe agora!

Veja se o seu site é rastreável

A primeira dica de análise é começar pelo básico, ou seja, descobrir se o seu site está sendo realmente rastreado pelo Google e aparecendo nas pesquisas. É preciso pesquisar o seu site no Google para ver se ele aparece nos resultados e se as suas páginas estão ranqueadas.

Como fazer isso? Basta digitar “site:url do seu site” na barra de pesquisa do Google (dessa forma, sem espaço entre os dois pontos) e checar os resultados.

Por exemplo, no nosso caso, é só digitar “site:https://eixo.digital”. O seu resultado deve ser semelhante ao abaixo.

Veja se o seu site é rastreável

As principais páginas do nosso site representam os primeiros links, um bom indicativo de estratégia de SEO bem aplicada. 

Estratégia de SEO para otimizar o seu site

Confira se a estruturação do site está correta

Cada site e página tem uma URL, não é? Partindo desse princípio, cada página do seu site/blog tem uma classificação de SEO, concorda? É por isso que na análise de SEO você precisa conferir se a estruturação do seu site e das páginas estão corretas. 

Existem algumas ferramentas muito úteis para te ajudar nesse processo de validação do SEO On-page (todas as estratégias e otimizações feitas dentro de uma página), por exemplo, a sessão de Otimização de Página (SEO) do RD Station. 

2. Confira se a estruturação do site está correta
Relatório da sessão Otimização de Página (SEO) do RD Station. A ferramenta apresenta um score geral da página além dos pontos a serem melhorados, a partir dos principais critérios de ranqueamento de uma página de acordo com o Google

Outra ferramenta útil é a extensão do Chrome, Mozbar. Nela é possível avaliar indicadores como Domain Authority (DA) e Page Authority (PA) – autoridade de domínio e autoridade das páginas. Ambos indicadores mostram o potencial do seu domínio e página para atingir as primeiras posições nos resultados de busca do Google. 

Além dos aspectos On-Page de uma página, também é importante avaliar a hierarquia de conteúdos proposta pelo seu site. Recomenda-se que sejam necessários, no máximo, três cliques para que o usuário consiga chegar a qualquer página desejada em seu site. 

Por exemplo, aqui na Eixo, quem deseja encontrar conteúdos sobre SEO precisa apenas seguir esse fluxo: acessar a home > clicar para acessar o Blog > selecionar a categoria SEO. Nesse processo, o usuário faz apenas dois cliques no site até encontrar os conteúdos de SEO que estava buscando.

Esse tipo de organização e fluxo de usuário acontece hoje no seu site? Para isso, as categorias do seu site precisam ser claras, a fim de favorecer uma boa navegação e experiência ao usuário.

Caso tenha dúvidas sobre a arquitetura de sites, basta conferir este outro conteúdo.

E, para conferir todos os conteúdos de SEO existentes no Blog da Eixo, clique aqui.

O conteúdo está entregando valor ao usuário? 

Não se esqueça das perguntas básicas que vão nortear a sua estratégia e te ajudar a performar melhor. Entenda se as palavras-chave para as quais você é rankeado estão de acordo com o conteúdo proposto e com a sua estratégia de negócio.

No Search Console (ferramenta gratuita do Google para analisar o status de indexação e otimizar a visibilidade dos sites), vá em “desempenho” e veja quais são as consultas e palavras-chave para as quais seu conteúdo é rankeado. 

Lembre-se: a otimização de SEO deve ser feita pensando principalmente no usuário, não no algoritmo

Então, quando um usuário pesquisa por aquela palavra-chave que identificou no Search Console e chega ao seu conteúdo, ele encontra o que está buscando? Considere esse tipo de pensamento para avaliar este tópico.

O conteúdo está entregando valor ao usuário? 

Se tem dúvidas sobre como utilizar o Search Console e checar o desempenho dos seus conteúdos, leia também este outro artigo.

Quem te menciona? 

Não basta ter links que fazem referência ao seu site (backlink), é preciso que eles sejam de qualidade. Não adianta ter vários sites te referenciando se estes links estiverem quebrados, levarem para conteúdos desatualizados no seu site, vierem de domínios com baixa autoridade ou irrelevantes para o seu negócio, por exemplo. 

Para auditar esse critério, o Semrush é uma boa ferramenta que te ajuda a ver os sites que te referenciam e a qualidade desses links. Basicamente, a ferramenta fornece um auditor de backlinks que permite, além de outras coisas, descobrir e remover backlinks perigosos que podem ser penalizados pelo Google. 

Veja abaixo um exemplo de relatório de backlinks do SEMrush.

Auditoria de SEO

A auditoria de SEO pode se estender bastante e aumentar, consideravelmente, o volume de atividades para cada item mencionado. O que trouxe, portanto, é apenas um manual básico para um ponto de partida.

Entenda cada etapa e procure por mais ferramentas que poderão te ajudar nesse processo. Até a próxima!

Ferramentas de análise de SEO

Essas ferramentas ajudam você a descobrir os tópicos que seu público está procurando, além de analisar e apontar erros do seu site:

1. Answer The Public

A ferramenta Answer The Public puxa as perguntas que as pessoas estão fazendo (e alguns outros tipos de consultas) dos resultados do preenchimento automático do Google. É bastante útil para gerar ideias de tópicos, sendo possível encontrar mais de 150 ideias de palavras-chave em segundos. A ferramenta também encontra perguntas que as pessoas fazem em fóruns, blogs e nas redes sociais.

2. Google Keyword Planner: planejador de palavras-chave do google

O Google Keyword Planner é a ferramenta oficial de pesquisa de palavras-chave do Google. Use-a para gerar ideias de palavras-chave com base em até dez palavras-chave iniciais ou de um site ou URL. Embora o Planejador de palavras-chave tenha limitações, ele é útil para encontrar ideias de palavras-chave que você pode ter dificuldade em encontrar usando as ferramentas tradicionais.

3. Ahrefs

O Gerador de palavras-chave do Ahrefs permite encontrar as melhores ideias de palavras-chave ou frases, mostrando o volume de pesquisa mensal estimado para cada sugestão, mais pontuações de dificuldade de palavras-chave (KD) para as primeiras dez ideias. A ferramenta também é ótima para análise de backlinks.

4. Google Trends

O Google Trends mostra a popularidade de um tópico ao longo do tempo. Use-o para entender as tendências de buscas e evitar criar conteúdo sobre aqueles assuntos com interesse minguante.

5. Keyword Surfer

Keyword Surfer é uma extensão gratuita do Chrome que mostra os volumes de pesquisa globais e mensais estimados para qualquer consulta digitada no Google. Você também pode ver as palavras-chave semelhantes e termos relacionados na barra lateral. A extensão torna mais fácil para você fazer pesquisas de palavras-chave e análises competitivas sem precisar sair da SERP.

6. Rank Math

Rank Math é um plugin de SEO para WordPress que ajuda com SEO on-page e técnico. Alguns pontos em que ele pode ajudar:

  • Adicionar títulos, meta descrições e meta tags a posts e páginas;
  • Adicionar marcação de dados estruturados para rich snippets;
  • Redirecionamento de URLs;
  • Encontrar e corrigir links quebrados em seu site.

Para saber mais sobre como utilizar técnicas de SEO para rankear melhor seu conteúdo na internet e analisar suas otimizações,  CLIQUE AQUI para falar com um de nossos especialistas. 

eixo digital agencia platinum

Case de sucesso de SEO: a Clínica Viver aumentou os visitantes orgânicos do seu site em 1.408% e os pedidos de agendamento em 278%. Clique aqui e veja como a Clínica alcançou esse resultado!